Depois da tensão com Itália, França está disponível para acolher migrantes do Aquarius

Christophe Petit Tesson / EPA

O Presidente francês, Emmanuel Macron

França está disponível para acolher migrantes do navio Aquarius que se enquadrem “nos critérios do direito de asilo”, anunciou, esta quinta-feira, o Ministério dos Negócios Estrangeiros.

Em comunicado, o Governo francês referiu que a proposta foi “acolhida favoravelmente por Espanha”, país onde o navio deverá atracar no sábado com 629 migrantes a bordo.

O Aquarius, da organização não-governamental francesa SOS Mediterranée, foi proibido de atracar no domingo passado em Itália e, depois, em Malta, situação que só foi desbloqueada no dia seguinte com a oferta do novo primeiro-ministro espanhol, Pedro Sánchez, de o acolher no porto de Valência.

O navio partiu na terça-feira para Espanha, escoltado por duas embarcações da Marinha italiana, com as quais repartiu os migrantes que se encontravam a bordo, 123 dos quais são menores não acompanhados e sete grávidas.

Na quarta-feira, o novo ministro do Interior italiano, Matteo Salvini, desafiou o Presidente francês, Emmanuele Macron, a provar a “generosidade” no acolhimento aos migrantes, considerando que França não respeitou os compromissos nesta matéria.

Ao intervir no Senado, o ainda presidente da Liga disse que França se comprometeu a acolher “9.816 migrantes” chegados nos últimos anos a Itália, mas que não acolheu mais de 640. Convidou mesmo o chefe de Estado francês a “passar da palavra aos atos” e a dar “um sinal de generosidade”, acolhendo estes imigrantes.

Macron e o novo chefe do Governo italiano, Giuseppe Conte, têm encontro marcado para esta sexta-feira mas a tensão provocada pelo caso Aquarius parecia ter posto em causa essa reunião. Porém, segundo o Público, bastou um telefonema para resolver a questão.

Vários membros do Governo de Conte, sobretudo os líderes dos partidos vencedores sas eleições de Março, Matteo Salvini e Luigi Di Maio, exigiram um pedido de desculpas a Macron para que o encontro não fosse anulado.

Em vez disso, o Presidente francês telefonou a Conte e assegurou não ter feito “nenhuma declaração com o objetivo de ofender a Itália e o povo italiano”, sem retirar uma palavra ao que dissera sobre o seu Governo, avança o jornal.

A duas semanas do Conselho Europeu onde os líderes vão tentar chegar a acordo para um conjunto de regras comuns sobre fronteiras e direito de asilo, Macron e Conte pretendem “aprofundar a sua cooperação bilateral e europeia para desenvolver uma política de imigração eficaz com os países de origem e de trânsito, pondo em prática uma melhor gestão comum das fronteiras e um mecanismo europeu de solidariedade no acolhimento de refugiados”, cita ainda o diário.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Mais de mil condutores ficaram sem carta por perda de pontos

Mais de mil condutores ficaram sem carta de condução por perderem pontos, avança o Jornal de Notícias, dando conta que quase 300 pessoas tiveram que voltar à escola de condução para voltarem a ter permissão …

Confinado num hotel de luxo, funcionário abre 1400 torneiras a cada cinco dias

O diretor de engenharia do hotel W Barcelona, em Espanha, está a viver sozinho no estabelecimento turístico para garantir o seu pleno funcionamento até ao dia da reabertura. No âmbito das medidas impostas pelo Governo espanhol para …

Prisão preventiva para suspeito de matar estudante de psicologia em Lisboa

O suspeito de matar a estudante universitária de psicologia Beatriz Lebre, de 23 anos, ficou em prisão preventiva, depois de presente a primeiro interrogatório judicial, em Lisboa, disse à agência Lusa o advogado do arguido. Miguel …

BPI quer cobrar dívida de quase 5 milhões ao marido de Isabel dos Santos

O BPI interpôs um processo no Tribunal do Funchal, na Madeira, para cobrar uma dívida de 5 cinco milhões de euros ao marido da empresária Isabel dos Santos. A notícia é avançada este sábado pelo Diário …

Mais 13 mortes e 257 infetados. Região de Lisboa concentra 90% dos novos casos

Portugal regista este sábado 1.396 mortes relacionadas com a covid-19, mais 13 do que na sexta-feira, e 32.203 infetados, mais 257, segundo o boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Geral da Saúde. Registou-se um aumento de 0,8% no …

Recibos verdes e sócios-gerentes já podem pedir apoio relativo a maio

O formulário para os trabalhadores independentes e sócios-gerentes pedirem o apoio criado no âmbito da pandemia covid-19, relativo a maio, fica hoje disponível na Segurança Social Direta, podendo ser entregue até 9 de junho. O prazo …

Director nacional da PJ defende "recompensa garantida" para Rui Pinto

O director nacional da Polícia Judiciária (PJ), Luís Neves, realça a colaboração de Rui Pinto como tendo sido essencial para apurar a "verdade material" no caso de pirataria informática que o envolve e defende, por …

Lufthansa aceita condições do resgate. Vai ceder aviões e perder "slots"

O Governo da Alemanha e a Comissão Europeia (CE) chegaram a um acordo sobre o resgate da Lufthansa e que poderá evitar a falência da companhia aérea, anunciaram, na sexta-feira, fontes próximas das negociações e …

Chipre vai pagar despesas das férias a turistas que ficarem infetados no país

O Chipre vai pagar o custo das férias aos turistas que testaram positivo depois de viajarem para o país. Entre as despesas está o alojamento, a alimentação e os medicamentos. O Chipre comprometeu-se a pagar todas …

Tribunais vão vender máscaras a um euro. "É uma margem de lucro de 45 por cento"

Os tribunais vão ter máscaras cirúrgicas à venda para advogados e testemunhas, de modo a garantir que podem entrar nas salas de audiência a partir de quarta-feira, dia em que a Justiça retoma as sessões …