Forças Armadas criticadas por publicar fotografia com informações confidenciais

Uma fotografia publicada pelas Forças Armadas está a ser criticada por mostrar informações secretas sobre o centro de ciberdefesa. Mas nem tudo é o que parece.

Uma fotografia publicada pelas Forças Armadas em abril do ano passado no seu site está a ser criticada nas redes sociais por alegadamente expor informações confidenciais que colocariam em causa a cibersegurança nacional.

No entanto, em resposta ao Observador, as Forças Armadas esclareceram que essa informação “não tinha qualquer risco, nem representava qualquer ameaça quando se colocou à vista para consulta dos utilizadores externos ao centro, à data do exercício ou mesmo depois do exercício ter terminado”.

“Por não representar qualquer risco é que a fotografia está pública no nosso portal da Internet e onde permanecerá inalterada”, explicou o porta-voz das Forças Armadas.

A imagem, publicada a 23 de abril de 2018, serviu para ilustrar a notícia de que Portugal se iria juntar ao Centro Multinacional e Interdisciplinar de Conhecimento na Área da Ciberdefesa da NATO (CCDCOE), um grupo composto pelos países mais avançados em termos de ciberdefesa.

Como resultado dessa entrada, Portugal participou num exercício de ciberdefesa internacional, o “Locked Shields”, organizado pelo Centro. Foi durante esse exercício que a equipa de relações públicas tirou a fotografia e a colocou na Internet.

Quase um ano depois, o tecnólogo Vítor Domingos publicou um tweet a adjetivar o centro de “uma anedota”-.

O centro de cibersegurança é uma anedota. O Exército português publicou uma fotografia onde mostram a defesa do próprio centro de cibersegurança com passwords nas paredes, endereços IP, topologia de rede e até publicidade a uma imobiliária”. Mais tarde, Vítor também aponta que na mesma imagem é possível ver “o contrato de compra de licença VMware perto dos detalhes do router” e “o cartão comercial da NCI debaixo do monitor à esquerda.

Para Vítor Domingos, o facto de a fotografia ilustrar meramente um exercício, mesmo com informações inofensivas à mostra, é “ainda mais impressionante”: “O pior comentário que recebi foi que ‘não é real, é um exercício’. Que é ainda mais impressionante do que pensei visto que as pessoas em exercício tentam fazer as coisas melhor do que na vida real porque é planeado e detalhado”.

As Forças Armadas garantem que todas as informações visíveis na fotografia se referem a “uma rede de cenário criada de propósito em ambiente simulado de CyberRange (treino) em ambiente fechado, que foi estabelecida para efeitos de treino da Blue Team (“Forças amigas”) tendo em vista a sua proteção face aos ataques da Red Team (“adversários”)”.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Num golpe de "fake it until you make it", Hong Kong vai a eleições a saber o vencedor

Hong Kong prepara-se para as primeiras eleições legislativas após as mudanças no sistema eleitoral implementadas pela China para garantir a vitória dos seus aliados. Aos olhares mais desatentos, as eleições em Hong Kong são mais um …

Stefano Pioli propõe regra de basquetebol que contribui para um "futebol de ataque"

O treinador do Milan, Stefano Pioli, propõe uma alteração nas regras do futebol que promete revolucionar o desporto rei. De forma semelhante ao basquetebol, uma vez dentro do meio campo adversário, as equipas não poderiam voltar …

Um dos maiores sites de dados sobre a covid-19 na Austrália é, afinal, gerido por adolescentes

Aproveitando o momento em que passaram a integrar as estatísticas que os próprios fazem chegar diariamente à população australiana, o grupo de três jovens revelou a sua identidade para surpresa de muitos dos seus seguidores. …

Mais cinco mortes e 713 casos confirmados em Portugal

Portugal registou, este sábado, mais cinco mortes e 713 casos confirmados de covid-19, de acordo com o mais recente boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Este sábado registaram-se mais cinco mortes e 713 novos casos …

Dirigente da Huawei detida no Canadá pode voltar à China após acordo com EUA

A justiça dos EUA aceitou hoje o acordo entre o Departamento da Justiça e a Huawei, que vai permitir à filha do fundador e diretora financeira do conglomerado chinês de telecomunicações regressar à China. Uma juíza …

Depois do coro de críticas, brasões da Praça do Império passam do jardim para a calçada

Os brasões florais que representam as capitais de distrito e as ex-colónias portuguesas vão mesmo ser retirados da Praça do Império, em Lisboa, mas passarão a estar representados em pedra da calçada. É a solução …

Vulcão, La Palma

Aeroporto de Las Palmas inoperacional devido à acumulação de cinzas

O aeroporto de La Palma, na Ilha de Tenerife, nas Canárias, está inoperacional por acumulação de cinzas, resultante da erupção do vulcão Cumbre Vieja, informou hoje a empresa gestora dos aeroportos e do tráfego aéreo …

Siza Vieira reforça que é "trabalho" dos Bancos discutir com os clientes o reembolso das moratórias

O ministro da Economia, Pedro Siza Vieira, reforça que cabe aos Bancos "discutir com os seus clientes que têm moratórias nos sectores mais afectados" pela pandemia o reembolso das dívidas após o fim destes mecanismos …

Domingos Soares de Oliveira de saída do Benfica

Além de João Varandas Fernandes e José Eduardo Moniz, o administrador Domingos Soares de Oliveira também não vai integrar a lista de Rui Costa para as próximas eleições. Rui Costa confirmou na terça-feira que é candidato …

Depois do Bayern, Barcelona também está atento a Luis Díaz

Luis Díaz continua a somar boas exibições e clubes interessados na sua contratação. Agora fala-se do desejo do Barcelona em contratar o colombiano em janeiro. Luis Díaz atravessa um momento de forma excecional ao serviço do …