Força Aérea autorizada a alugar 26 aeronaves para combater fogos

Paulo Cunha / Lusa

A Força Aérea foi autorizada a alugar 26 meios aéreos de combate aos incêndios florestais para o período de 2020 a 2024. A maioria é para substituir 22 aeronaves, cujos contratos terminam este ano.

O Governo autorizou a realização de despesa referente à “aquisição, pela Força Aérea, de serviços de disponibilização e locação dos meios aéreos que constituem o dispositivo aéreo complementar do Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Rurais de 2020 a 2024”, segundo o comunicado do Conselho de Ministro.

Fonte do Ministério da Defesa disse à agência Lusa que se trata de 26 aeronaves, mas não avançou o valor em causa. Entre os meios aéreos que a Força Aérea vai alugar estão helicópteros ligeiros e pesados, aviões anfíbios médios e pesados e aviões ligeiros de coordenação.

Estas aeronaves serão para o período de 2020 a 2024 e vão substituir os meios aéreos que terminam o contrato no final deste ano.

Segundo o Ministério da Defesa, 22 aviões e helicópteros que integram o atual Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Rurais terminam os contratos iniciados em 2018 e em 31 de dezembro de 2019. Conta também com mais 35 meios aéreos, alugados este ano e com contrato até outubro de 2022.

O Ministério da Defesa ressalva que se pretende, “de forma gradual e até 2023, edificar uma capacidade própria e permanente de meios aéreos do Estado para o combate aos incêndios rurais”.

No entanto, sustenta, que continua a ser necessário, nos próximos anos, “recorrer à aquisição de serviços de disponibilização e locação de meios aéreos, em função da disponibilidade dos meios aéreos próprios do Estado”.

O dispositivo de combate a incêndios conta este ano com 61 meios aéreos, incluindo um helicóptero para a Madeira.

A1, A25 e IC2 cortadas devido a fogo

A Autoestrada do Norte (A1), a A25 e o IC2 estão cortadas devido a um incêndio no concelho de Albergaria-a-Velha, Aveiro, que mobiliza 227 operacionais, segundo a Proteção Civil.

De acordo com o Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Aveiro, estão cortadas a A1 (Albergaria – Aveiro Sul), a A25 (no nó de Angeja Carvoeiro), na Estrada Nacional 16-2 junto às localidades de Afilhó e Alquerubim e o IC2.

Em declarações à agência Lusa, o comandante operacional, António Ribeiro, explicou que foi necessário o corte das estradas por causa do incêndio que deflagrou às 11h28 de quinta-feira na localidade de Paus, freguesia de Alquerubim, concelho de Albergaria-a-Velha. Ao início da manhã, o fogo estava com duas frentes ativas e mobilizava 253 operacionais, com o apoio de 77 veículos.

O incêndio ainda não está dominado. Durante a noite foi preciso proteger algumas habitações. Este incêndio atravessou o perímetro urbano”, disse, acrescentando que o vento forte está a dificultar o combate.

Também no distrito de Aveiro, no concelho de Águeda continuava às 7h30 por dominar o fogo que começou às 16h28 de quinta-feira em Veiga, na freguesia de Valongo do Vouga. Este incêndio tem uma frente ativa e está a ser combatido por 247 operacionais, com o apoio de 76 veículos.

“À semelhança do de Albergaria, também este incêndio continua por dominar. Também houve habitações em risco. O combate é difícil devido ao vento forte que facilita as projeções”, disse o comandante António Ribeiro. De acordo com o comandante, de manhã se as condições climatéricas (vento forte) e o fumo o permitirem, o combate vai ser reforçado com meios aéreos.

Ainda no distrito de Aveiro, continuava às 7h30 ativo o fogo que deflagrou na quinta-feira às 11h29 na freguesia de Macinhata do Vouga, Águeda, mobilizando 132 operacionais, com o auxílio de 40 operacionais.

Por causa deste incêndio, estavam às 750 cortados alguns nós da A1, A25 e IC2 (no nó de Albergaria e Lamas do Vouga). Por dominar esta sexta-feira de manhã, está ainda o fogo que deflagrou às 23h36 nas freguesias de Teixeira e Teixeiró, concelho de Baião, no distrito do Porto, que estava às 7h30 a ser combatido por 125 operacionais, com o apoio de 40 veículos.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Rara cobra de duas cabeças e dois cérebros independentes encontrada na Florida

Uma rara cobra com duas cabeças e dois cérebros independentes foi resgatada no estado norte-americano da Florida por uma equipa de especialistas do organização Florida Fish and Wildlife Conservation Commission. Na rede social Facebook, a organização, …

Benfica 2-0 Belenenses SAD | Darwinismo rende arranque histórico

O Benfica cumpriu e venceu o Belenenses SAD por 2-0, no Estádio da Luz, na partida que encerrou a quinta jornada da Liga NOS. Foi o quinto triunfo benfiquista no campeonato em cinco partidas, o …

Uma tarefa doméstica está a poluir sorrateiramente o ambiente

O que vestimos e como lavamos as nossas roupas influencia o número de microfibras sintéticas que libertamos no meio ambiente. Há uma tarefa doméstica a poluir sorrateiramente o ambiente. Um novo artigo científico, publicado na PLOS …

A companhia aérea que faliu devido à covid-19 está de volta

A pandemia de covid-19 foi traiçoeira para muitas empresas. A Flybe, uma das primeiras vítimas, está agora a ressuscitar - e pode voltar a rasgar os céus já no próximo ano. A economia mundial foi muito …

Dormir bem antes de tomar a vacina da gripe pode ajudar a aumentar a sua eficácia

Segundo os especialistas, uma boa noite de sono pode mesmo ajudar a aumentar a eficácia da vacina da gripe, que neste ano ganha particular relevância em plena pandemia de covid-19. De acordo com Matthew Walker, autor …

Há um petroleiro abandonado há mais de uma década nas Caraíbas (e é uma "bomba-relógio")

Um navio de armazenamento de petróleo venezuelano está ancorado no Golfo de Paria, um trecho de mar fechado entre a Venezuela e a ilha de Trinidad, há mais de uma década. Antes de os Estados Unidos …

Portugal deve bater recorde de doentes em cuidados intensivos ainda esta semana

Portugal deverá ultrapassar, esta quarta-feira, o recorde de doentes em unidades de cuidados intensivos, alertou a ministra da Saúde, Marta Temido, em conferência de imprensa sobre a capacidade do Serviço Nacional de Saúde para combater …

A Budapest Eye foi restaurante por um dia (e com estrela Michelin)

Um restaurante com estrela Michelin em Budapeste, na Hungria, ofereceu aos clientes uma experiência gastronómica na famosa roda gigante Budapest Eye. Atraiçoado pela queda de faturação após o desaparecimento de turistas estrangeiros, o restaurante Costes, premiado …

Antigo ministro da Saúde Leal da Costa admite novo estado de emergência

O antigo ministro da Saúde Fernando Leal da Costa defendeu hoje que em algum momento deve ser decretado de novo o estado de emergência, para que o Governo possa tomar medidas na luta contra a …

Marcelo promulga uso obrigatório de máscara na rua por 70 dias

O Presidente da República promulgou esta segunda-feira o decreto da Assembleia da República que determina o uso obrigatório de máscara na rua, por um período de 70 dias, sempre que não seja possível cumprir o …