“Foi chato”. Mas temos que nos habituar, disse Bruno.

Estela Silva / Lusa

Bruno de Carvalho

O presidente Bruno de Carvalho afirmou esta terça-feira que a equipa do Sporting vai estar no Jamor para disputar a final da Taça de Portugal de futebol e apontou o dedo ao Governo pelo que aconteceu na Academia de Alcochete.

“Os jogadores num primeiro momento ficaram em estado de choque, mas vamos estar no Jamor. Muita gente não queria, mas vamos lá estar. Os jogadores estão tristes com o que aconteceu, mas querem jogar”, disse Bruno de Carvalho em declarações à Sporting TV.

Para o dirigente ‘leonino’, o Governo e das entidades que tutelam o desporto em Portugal têm “muita responsabilidade” pelo que aconteceu no centro de treinos do clube, sobretudo pela “inércia” que têm demonstrado.

“Lamento ter ouvido o secretário de Estado do Desporto a dizer que é preciso tomar medidas corajosas, mas não disse quais são essas medidas”, referiu o presidente do Sporting, acrescentado que o clube anda “há muito tempo a alertar para a violência das claques”.

Bruno de Carvalho considerou que o que se passou em Alcochete foi “um crime público” e garantiu que o clube vai averiguar “internamente” o que aconteceu, para que tal episódio não volte a acontecer.

“Iremos agir em conformidade, caso estes atos tenham sido cometidos por associados do clube. É um dia triste, mais um para o futebol português. Temos que pensar que muitas dessas pessoas já foram detidos e isso é positivo”, disse.

“Foi chato, amanhã é um novo dia”

O presidente do Sporting ‘atirou-se’ ainda a alguns comentadores televisivos, que estão a aproveitar as agressões que aconteceram em Alcochete para o atacar, e negou algumas “teorias mirabolantes” desses mesmos comentadores.

“Já ouvi dizer que este é o meu modo de atuar, mas isso é falso. Não é meu modo de atuar gostar de ver atletas e staff a serem agredidos. São a minha família”, referiu.

“Garantidamente”, disse ainda Bruno de Carvalho, “primeiro, não gostamos disto, segundo, repudiamos, terceiro, todos nós temos família e há linhas que não se passam, já disse isso várias vezes, e foi chato ver os familiares dos jogadores a ligar preocupados, do staff, os meus próprios pais, a minha mulher, as minhas filhas.

“Felizmente, as coisas estão a correr dentro da normalidade, amanhã é um novo dia, e temos que nos habituar que isto faz parte também do dia-a-dia, o crime faz parte do dia-a-dia, e o crime tem que ser punido no sítio certo, no momento certo”, sustentou o presidente leonino na sua entrevista à Sporting TV.

Cerca de meia centena de indivíduos, de cara tapada, alegadamente adeptos ‘leoninos’, invadiram hoje a Academia de Alcochete e, depois de terem percorrido os relvados, chegaram ao balneário da equipa principal, agredindo vários jogadores, entre os quais Bas Dost, Acuña, Rui Patrício, William Carvalho, Battaglia e Misic, assim como o treinador Jorge Jesus e outros membros da equipa técnica.

Fonte da GNR confirmou à Lusa estar a proceder à “identificação presencial de indivíduos que presumivelmente estiveram envolvidos” na ocorrência, recusando confirmar se foram efetuadas detenções no local ou nas imediações.

A equipa principal do Sporting cumpria o primeiro treino da semana, depois da derrota no terreno do Marítimo (2-1), que relegou a equipa para o terceiro lugar da I Liga, iniciando a preparação para a final da Taça de Portugal, no domingo, frente ao Desportivo das Aves.

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Uma frase tirado do contesto, não gosto do presidente do Sporting, mas tenho que lhe dar razão quando os meios de comunicação social, sublinham frases para lhes dar outro significado o que eu OUVI na televisão foi SER CONTRA e considerar um CRIME a atuação desses marginais.

  2. Juan só ouves o que convém…. Ele foi quem orquestrou tudo ou pensas que é sorte ele não estar presente em nenhum dos casos que houve depois do Marítimo? Em que não disse nada e ainda lançou mais ódio contra equipa. Ele é responsável por tudo que aconteceu.

    • Diz o povo com a sua imensa sabedoria: quem semeia ventos colhe tempestades!!! Deixo apenas uma questão: quem foram os 90% que legitimaram o homem ? Agora não foi ninguém foi tudo manipulação do polvo !!!

RESPONDER

Polícias de elite da PSP convocados para trabalhar nas obras

Operacionais da Unidade Especial de Polícia (UEP) da PSP estão a ser chamados para colaborarem como voluntários nas obras de remodelação da messe localizada na Quinta das Águas Livres, em Belas, Sintra. Segundo o Correio da …

Portugueses são dos que menos gastam em viagens turísticas

Os portugueses são dos cidadãos europeus que menos gastam em deslocações de turismo, ao desembolsar em média 136 euros por viagem turística, menos de metade da média da União Europeia, de 336 euros, revelam dados …

Ex-diretor da CIA admite recorrer à Justiça contra Donald Trump

O ex-diretor da CIA John Brennan admitiu neste domingo recorrer à Justiça, depois de o Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, lhe ter cancelado o acesso a informação confidencial e à Casa Branca. “Se esse é …

Trabalhadores da CGD em greve contra a perda de privilégios

O novo Acordo de Empresa que a Administração da Caixa Geral de Depósitos (CGD) pretende implementar está a gerar revolta entre os trabalhadores e já levou à convocação de uma greve para sexta-feira, 24 de …

Asia Argento terá pago a jovem ator que a acusou de assédio sexual

A atriz e realizadora italiana terá pago 380 mil dólares para silenciar um jovem ator e músico que a acusa de assédio sexual quando tinha apenas 17 anos. Asia Argento foi uma das primeiras mulheres da …

Governo está a preparar descida dos impostos e aumento das pensões

São cinco as prioridades do Governo para o próximo Orçamento do Estado, segundo revela Marques Mendes no seu habitual espaço de comentário na SIC, nomeando o aumento das pensões, o alívio no IRS, a descida …

Bomba que matou 40 crianças no Iémen foi vendida pelos EUA em 2015

A bomba que matou de 40 crianças num autocarro escolar no Iémen, a 9 de agosto, foi fabricada pelos Estados Unidos e vendida à Arábia Saudita em 2015. De acordo com a CNN, que avança …

GNR "desfalcada" devido à transferência de mil militares para os incêndios

Nos últimos meses, mais de mil militares da GNR foram "reconvertidos" em bombeiros especialistas, membros do Grupo de Intervenção de Proteção e Socorro (GIPS), que atuam no combate a incêndios. Com esta alocação, a situação …

Em 17 anos, o número de inspetores na educação caiu 41%

Entre 2001 e 2017, o número de inspetores a Inspeção-Geral da Educação e Ciência (IGEC) passou de 304 funcionários a exercer essas funções para 179, registando assim uma queda de 41%. O Sindicato dos Inspetores da …

Mais de 400 mortos nas inundações em Kerala, no sul da Índia

Mais de 400 pessoas morreram na sequência das inundações que atingiram Kerala, na Índia, as mais graves em 100 anos naquele estado do sul do país, de acordo com um balanço feito nesta segunda-feira pelas …