FMI propõe imposto temporário sobre altos rendimentos para pagar crise pandémica

International Monetary Fund / Flickr

Vítor Gaspar

O diretor do departamento dos Assuntos Orçamentais do Fundo Monetário Internacional (FMI), Vítor Gaspar, propôs que os governos das economias desenvolvidas criem uma contribuição temporária sobre os rendimentos mais elevados para pagar o custo da crise pandémica.

Segundo noticiou esta quarta-feira o ECO, num dos textos que acompanha o Fiscal Monitor divulgado esta quarta-feira, o antigo ministro das Finanças português apontou igualmente para uma reforma dos sistemas de tributação nacionais e internacionais para melhorar a justiça fiscal e proteger o ambiente, incluindo o imposto sobre as gigantes tecnológicas.

“Para ajudar a dar resposta às necessidades relacionadas com a pandemia, uma contribuição temporária para a recuperação da covid-19 imposta aos rendimentos elevados é uma opção”, escreveu Vítor Gaspar.

Esta sugestão já tinha sido lançada pela economista Susana Peralta, em fevereiro, gerando uma discussão à volta do tema. Contudo, recentemente, o atual ministro das Finanças, João Leão, reafirmou que os impostos não iam aumentar, estando o Governo a preparar uma reforma nos escalões do IRS.

Vítor Gaspar referiu que é necessário encontrar um equilíbrio entre apoio à economia e a manutenção da dívida. “Alguns países”, onde se pode incluir Portugal, terão de começar a “reconstruir amortecedores orçamentais” para diminuir o impacto de choques futuros, sendo “vital” ter uma estratégia “credível” para a trajetória da receita e da despesa pública que permita manter a sustentabilidade das contas públicas.

Até que a pandemia seja controlada, continuou, a política orçamental deve manter-se “flexível e de apoio”, focada no apoio aos cidadãos mais vulneráveis e na economia informal. De seguida, é preciso começar a criar as condições para a “transição económica”.

No documento, assinado também pelos economistas W. Raphael Lam, Paolo Mauro e Mehdi Raissi, Vítor Gaspar apontou ainda para um investimento nos sistemas de saúde, na educação e nas infraestruturas; um apoio para os trabalhadores voltarem ao mercado ou mudarem de emprego; um fortalecimento dos sistemas de proteção social e um corte nos “desperdícios” da despesa.

Taísa Pagno Taísa Pagno //

PARTILHAR

RESPONDER

Há milhares de trabalhadores sem avaliação na Função Pública

Há milhares de trabalhadores sem avaliação na Função Pública. O Governo está em negociações com os sindicatos para rever o sistema. O Governo e sindicatos da Administração Pública começaram a negociar a revisão do Sistema Integrado …

Maioria dos cuidadores informais desconhecem que podem aceder a um estatuto

A maioria dos cuidadores informais inquiridos num estudo do movimento que lhes quer "dar voz" revela desconhecer o estatuto em vigor há um ano e queixa-se da falta de apoios para prestar cuidados, mas também …

Novo Banco avança com ação contra empresas de Berardo para cobrar 3,5 milhões de euros

O Novo Banco avançou com uma nova ação de execução contra duas empresas de José Berardo, no valor de 3,5 milhões de euros. O Novo Banco interpôs uma ação de execução ordinária contra a Metalgest e …

Fauci prevê que seja retomado o uso da vacina da Johnson & Johnson nos EUA

Anthony Fauci prevê que o regulador norte-americano ponha fim à pausa temporária do uso da vacina da Johnson & Johnson (J&J) contra a covid-19. Acrescentou ainda que acredita que a decisão será tomada até sexta-feira. "A …

Relatório secreto aponta o dedo à CMVM, auditoras e Angola na queda do BES

O Banco de Portugal não será o único culpado pela queda do BES. O Relatório Costa Pinto aponta o dedo à CMVM, à KPMG e PwC, e ao Banco Nacional de Angola. O Relatório Costa Pinto …

Avança 3.ª fase do desconfinamento. Shoppings, lojas, restaurantes e espetáculos de volta

Esta segunda-feira, a generalidade do país avança para a terceira fase do processo de desconfinamento. A última fase acontece daqui a duas semanas, a 3 de maio. Na generalidade do território nacional vai ser possível, a …

José Mourinho despedido do Tottenham

José Mourinho foi despedido do comando técnico do Tottenham. Os maus resultados da equipa ditaram a saída do treinador. A notícia é avançada esta segunda-feira pelo portal britânico The Athletic. O lugar do português já há …

Ventura vai "atrás" de Costa (e espera um milhão de votos nas legislativas)

O Chega organizou, este domingo, uma manifestação contra a ilegalização do partido. André Ventura sublinhou que o partido não tem medo e que "só o povo" pode fazê-lo. O presidente do Chega afirmou, este domingo, que …

Juiz-Anti-Confinamento

"Pelos castelos de Portugal" em protestos ilegais, juiz anti-confinamento não pode ser detido

O juiz Rui Fonseca e Castro, que se tornou conhecido pela postura anti-confinamento tem reunido vários apoiantes em protestos sem máscaras e sem distanciamento social. Mas, apesar da detenção de alguns desses apoiantes, o magistrado …

Navalny. Ministros europeus analisam situação de opositor russo

Os ministros dos Negócios Estrangeiros europeus vão analisar a situação de Alexei Navalny, opositor à Presidência russa cujo estado de saúde se agravou devido à greve de fome que iniciou na prisão, anunciou este domingo …