FMI arrasa orçamento de Centeno, que “ameaça saída da crise”

International Monetary Fund / Flickr

Christine Lagarde, diretora-geral do FMI

O Fundo Monetário Internacional (FMI) terminou a terceira avaliação a Portugal, no seguimento do Programa de Assistência Económica, e avisa que a estratégia do governo de António Costa vai travar a recuperação em curso.

Os técnicos do FMI que, na quarta-feira, terminaram a análise às medidas previstas no Orçamento de Estado elaborado pelo ministro das Finanças Mário Centeno não têm boas expectativas para a economia portuguesa no curto prazo.

Depois de analisarem apenas o esboço do Orçamento, sem conhecerem as medidas adicionais negociadas pelo Executivo com os técnicos da Comissão Europeia, os representantes do FMI vaticinam um défice de 3,2%  e um crescimento de apenas 1,4%.

O Orçamento de Centeno prevê um crescimento de 2,1% e um défice de 2,6%.

Contudo, para o FMI, as “perspectivas de crescimento continuarão condicionadas pelos elevados níveis de endividamento e os estrangulamentos estruturais“, conforme se salienta na declaração final após a avaliação, citada pelo Dinheiro Vivo.

Perante este cenário, “o crescimento diminuirá gradualmente à medida que se dissipe o impacto das condições externas favoráveis”, salienta-se na mesma nota, citada pelo Diário Económico.

Os riscos continuam a ser significativos, com destaque para a subida dos prémios de risco soberano, a elevada incerteza em relação ao crescimento mundial e os desdobramentos recentes no sector financeiro”, frisa o FMI.

“Para além de objectivos orçamentais suficientemente ambiciosos, as autoridades deveriam considerar a possibilidade de manter amortecedores adequados para fazer face aos riscos orçamentais”, alerta ainda o Fundo.

Relevando “os esforços para fortalecer a rede de segurança social” como “positivos”, o FMI avisa contudo, que “o aumento recente do salário mínimo pode vir a diminuir as possibilidades de que trabalhadores pouco qualificados encontrem emprego”.

“Um esmorecimento do ímpeto das reformas daqui em diante poderá diminuir as perspectivas de crescimento, emprego e rendimento de médio prazo”, destaca ainda o organismo, que revê em baixa todos os critérios definidos pelo governo no Orçamento de Estado.

Assim, o FMI prevê que o consumo privado vai crescer 1,5% ao invés de 2,6%; que o investimento desacelera para 3% contra os 4,9% apontados pelo Executivo; e que as exportações avançam 3,9% contra os 5,9% previstos pelo governo.

Em resumo, o Fundo teme que “a recuperação em curso” esteja ameaçada.

Entretanto, também a Comissão Europeia (CE) fez uma revisão mais negativas para a economia portuguesa, apontando para um crescimento de apenas 1,6% e para um défice de 3,4%, em consonância com as estimativas do FMI e em divergência com os números mais positivos do governo.

A CE nota ainda que o consumo privado deverá ficar-se pelos 1,9% e situa o investimento na ordem dos 3%. colocando as exportações em níveis de 4,3%.

ZAP

PARTILHAR

23 COMENTÁRIOS

  1. Estes amigos do FMI têm algum crédito? A chefe máximo esteve envolvida em esquemas menos lícitos e no que respeita a contas falham como as notas de mil, ditado popular. Credibilidade procura-se nestes organismos financeiros.

  2. Mas agora a máfia do FMI tem alguma credibilidade?!
    Estes parasitas, além de sanguessugas incompetentes, ainda se atrevem a mandar bitaites?!
    Estavam tão bem caladinhos enquanto nos sugam milhões….

  3. têm todo o crédito, não fossem as entidades independentes, estávamos falidos. O políticos são uns incompetentes, apenas pensam e arranjar clientelas, favorecer amigos e enriquecer, seja agora seja depois ao cobrar os favores que fazem. Já escrevi isto diversas vezes, mas nuca é demais, o melhor governo para o povo não é o que mais promete ou mais dá, pois tudo o que der será tirado das famílias em impostos ou aumentando a divida, o que com juros ainda é pior. O Governo não faz dinheiro ! o Governo cobra impostos para pagar tudo o que nos dá, quanto mais der mais vai cobrar. É tão simples .. e não há milagres, os impostos calham a todos, seja nos combustíveis, seja nos bancos seja onde for, tudo virá parar aos contribuintes … não adianta taxar bancos, companhias ricas, EDP, o que for os custos serão transferidos para nós.

    • Renato, repare… As tais clientelas de que você fala foram exactamente as que Passos Coelho quis servir. São clientelas supra-partidárias, de grandes interesses económicos que querem comprar o Erário Público a preço da saldo nessas privatizações criminosas, que a PAF levou a cabo.

      A estratégia é simples: Enquanto o voto democrático tiver influência em quem manda nos dinheiros, como acontece no sector público, a população ainda consegue incomodar com o voto. Não te portas bem, não ficas no Governo daqui a 4 anos. Agora se você passa o controlo dos dinheiros todos e dos sectores estratégicos de uma nação, para a mão de interesses corporativos em quem a população não vota… É o fim da democracia! Porque passaremos a votar em fantoches enquanto o verdadeiro poder está em quem não se vota.

      Acha que a solução é essa? Acha que esses intertesses económicos têm alguma razão para se preocupar com o seu bem estar e o meu? Ou acha que eles nos vêm como força de trabalho, cujo custo importa reduzir ao mínimo possível?

  4. Estes “amigos”, querem o povo português de cócoras.
    Eles dão lá aval a governos de centro esquerda, que lhe batam o pé… Mesmo que o que esteja em causa sejam as necessidades mais básicas, do povo ou dos trabalhadores.
    Vamos lá mas é esmifrar os portugueses e pôr mais dinheiro nos bancos, para depois os vender ao preço da uva mijona… Venha de lá o próximo… Ainda devem haver amigos, candidatos à mesma técnica.

  5. O que o FMI quer sei eu…

    O FMI faz parte de uma “agenda” internacional de tentativa de controlo de nações inteiras por determinados grupos privados de interesses económicos.

    Passos Coelho estava a fazer-lhes um favor ao privatizar o nosso País, vendendo-o aos tais interesses económicos pra quem o FMI trabalha, e mantendo a população no limiar da pobreza. Manter as pessoas nos mínimos vitais é uma estratégia conhecida de controlo das populações. Já no Feudalismo Medieval era essa a estratégia de controlo utilizada. O que ganhou Passos Coelho com isso? Pagou muitos favores que devia a amigos bem colocados nesses mesmos interesses económicos e garantiu o eu futuro como se verá.

    Claro que o FMI estava contente com o trabalho de Passos Coelho… E claro que detesta quem defenda o fortalecimento do Estado contra esses interesses e as condições de vida dos cidadãos.

    Mas mais do que defender os cidadadãos, este governo está a lutar para manter o Estado forte. Se o faz com interesse próprio e da sua clientela, isso são outros quinhentos paus mas… Só com um Estado forte a nação se mantem independente de grupos económicos privados. Isso para nós cidadãos tem importância porque nós votamos em quem manda no Estado, não votamos em quem manda nas corporações económicas. Já repararam que um dos pilares da Troika, a Comissão Europeia, tal como o FMI não é eleita pelos cidadãos… Exactamente porque representa interesses económicos que não querem estar à mercê da democracia e da vontade dos eleitores, para os poderem esmagar à vontade sem temer as consequências.

    E é na opinião desses interesses económicos da Troika que nós vamos confiar para nos dizerem o que é melhor pra nós?… Será que a malta não percebe que quem defende isso está a agir debaixo de medo e a ceder a chantagens? Isto nada tem a ver com não pagar a dívida. Isto tem a ver com pagar a dívida sim, mas a um ritmo compatível com o crescimento e a dignidade das condições de vida dos cidadãos… E não deixar que sejam interesses económicos escravizantes a conduzir o nosso destino. Ou será que somos tão ingénuos que estamos a confiar que a Troika nos quer apontar o caminho para a prosperidade? Acordem caramba!.. O objectivo deles é manter as populações e os países “ligados à máquina” para sempre! Ligados a um respirador com o dedo deles no interruptor!

  6. Amiguinhos…é sempre assim. Uns arrumam, outros desarrumam.
    Uns Constroem, outros levam à banca rota.
    Mas é o que o povo gosta.
    Não é para pagar e não…enfim.
    Se ao menos respeitassem os netos e família, mas nem assim.
    Eu defendo PRISÃO EFECTIVA para artistas que se candidatam, manobram habilidosamente tudo e todos e nada lhes acontece de seguida.
    Porque os que insistem em fazer estas borraditas, continuam e querem sempre continuar. Insistem em continuar, nem que para isso seja necessário vender até os próprios entes queridos e endivida-los!
    Enfim…já nem se ouve nem se recorda aqueles abraços suarentos (também de suor) ao amiguinhos gregos…kkk
    É isto que o povo gosta….mas não o POVO RESPONSÁVEL nos COMPROMISSOS do que é ser PORTUGUÊS!
    FELICIDADES POVO…

    • Concordo plenamente, Zé!.. Cadeia com o Passos Coelho, que ainda há pouco se soube que aumentou 3 gajos da aviação civil em 150% com só um deles a ganhar 16 mile euros… Que entregou 90 milhões do Orçamento de Estado ao banco do Ministro demitido Relvas que até em relação ao Curso mentiu!… Cadeia com o gajo que deixou as finanças no caos que se sabe e um défice muito acima do que ele próprio previu nas suas mentiras eleitoralistas!

      Agora os que vêm atrás que fechem a porta, não é?

  7. Eu vaticino um défice de 1,0% e um crescimento de 7,2%. Onde fui buscar estes números? “Pulled right out of my ass,” tal como os do FMI.

  8. Recuperação em curso!!!… só se for a dos Bancos. Gostava de ver esta gente preocupada em ir atrás do dinheiro. Para onde é que o dinheiro desapareceu???… Diz-se que os prejuízos na Banca ascendem a 52 milhões de euros. Quem são os responsáveis???… porque razão não lhes são confiscados a totalidade dos seus bens incluindo os de familiares e associados que tenham usufruído ilicitamente deste roubo???… porque não vão atrás dos empresários (corruptos) que fizeram negócios danosos para o sistema financeiro??? Enfim continua a nascer dinheiro fácil para os ricos e aldrabões e também continua a escravizar-se o pobre com a maior das facilidades e as televisões a “fazer” a cabeça das pessoas. Uma humanidade minada por uma selvajaria económica onde poucas dezenas de pessoas são donos da quase totalidade da riqueza mundial não vai longe!

    • Simples. Os eleitos não deixam alterar a lei porque não lhes é conveniente. Alegam, Blá, Blá, Blá…entende? Nem eu. Eu lembro de que os eleitos (verdadeiramente eleitos e que por habilidades não governam) propuseram à assembleia essa possibilidade e alteração, para uma justiça mais célere e de mão muito mais pesada. Mas os agora governantes, os três da videirada, disseram que não!
      A propósito, sabem onde está mais concentrada a riqueza do país? Na esquerda ou o que se denomina, da direita? Sabem???
      Se não sabem, preocupem-se e depois irão concluir que de facto é a favor do POVO e dos TRABALHADORES!
      Sincalistas com ordenados de 5000€…e ainda o povo agradeçe..KKKK
      Mas não o POVO PORTUGUÊS porque esse é sempre penalizado..até tanto darem com a cabeça na parede e reconhecer a verdade e com humildade reconhecerem de quem está certo.
      Mas é um processo que demorará gerações, porque somos bons em algumas coisas mas, em matéria de QI deixamos muito a desejar.
      Gostamos muito de noitadas e de bons vinhos e abundância.
      Não é verdade?
      Os nossos valores estão espelhados pelos eleitos…mais nada amigos!

      • Não merece utilizar a denominação “Zé Povinho”. Especialmente depois do elogio á PAF!
        Numa resposta á sua pergunta “A propósito, sabem onde está mais concentrada a riqueza do país? Na esquerda ou o que se denomina, da direita? Sabem???” Sei! N a direita! Ou melhor… No grande capital, ou seja, Amorins, Belmiros, etc. Acha que essa gente tem algum ideal de esquerda? Se os tivessem nunca teriam sido tão “bem sucedidos”…
        Vou-lhe fazer um resumo muito claro e conciso: Direita = números (capital). Esquerda = povo (e os seus interesses).
        Você chama-lhe “habilidades” eu chamo-lhe Constituição da República Portuguesa (a mesma que permitiu a geringonça do PSD e CDS, caso a memória lhe tenha falhado). Não sabia? Quem tem maior representação (maioria absoluta) na Assembleia, governa… Sabia? Sabia que se o PSD não se tivesse “geringonçado” com o CDS (o terceiro mais votado e não o segundo) o Passo não teria maioria absoluta (e pôr Portugal no estado em que está agora?)? Não sabia? Fica agora a saber. Mas sabe porquê? Porque está previsto na CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA DE PORTUGAL!!!

  9. Pendurem nos postes que assim já aprendem, tenho muita pena que as pessoas que se suicidam por estarem fartas deste mundo e nada conseguirem não se lembrem primeiro de limpar alguns que por ai andam e que por vezes até são os causadores da situação.
    Já não a nada nem ninguém politicamente que possa mudar o nosso rumo a miséria total a não ser quando tanta gente se queixa como por aqui mas nada de concreto fazem, e vamos lá ver a verdade quando a um grande jogo de futebol enchem estádios com 45 mil ou mais pessoas mas quando é para fazer algo pelo Pais aparecem nas ruas meia dúzia de gatos pingados como eles gostam.
    E então em que ficamos, de quem é a culpa afinal ?

  10. O que vem aí é mais défice, menos crescimento o que vai dar em mais inflação e menos emprego e por conseguinte os prometidos ganhos com o pequeno aumento de salário serão todos absorvidos com novos aumentos de impostos e a inflação, não vale a pena tentar fazer truques porque a realidade terá que vir ao de cima, estar contra o FMI ou outra instituição de crédito culpabilizando-os do desastre não basta, não serão dos melhores em contas estou de acordo mas é lá que os falidos vão bater à porta depois de terem gasto mais do que aquilo que produzem e pelos vistos não conseguem outra alternativa melhor e pior do que isso não se sabem retratar para se emendarem de vez.

  11. “O problema das politicas de esquerda é que eventualmente gastam todo o dinheiro dos outros.” – Margaret Thatcher

    Pessoal de esquerda é só uma cambada de chupistas subsídio-dependentes, comunistas nem se fala, e os que trabalham na função publica são dos piores, não querem fazer NADA o dia inteiro, só querem fazer qualquer coisa fora de horas para receberem horas extraordinárias.

    Há dois tipos gentinha que vota na esquerda, os chupistas que querem subsídios, e os ignorantes que não têm nada na cabeça.

    Não é a toa que os comunas e o bloco de esquerda andam a décadas nas escolas secundárias e faculdades a fazer lavagens cerebrais a pessoas fracas de espírito.

    Mas pelo menos vão dar 90 cêntimos por mês aos reformados, tirar as pessoas da miséria como disseram vezes sem conta na campanha eleitoral das eleições que perderam…

    • hades dizer donde é que moras qué pra te dar um subsidio pra chupares e uma cabeça pra preencher esse nada que tanto te aflige tudo isto se vai passar ao centro nada de esquerda/dirêta iss é pró magalinhas.

    • Ressabiada já se viu que é. Pouco inteligente também, caso conträrio náo bostava ( é mesmo assim, vindo de “bosta”) tanta idiotice.
      Presumo que deve ter andado em escola privada, pois aí, por oposição, a lavagem cerebral que lhe fizeram foi direitalha, típica de meninas mimadas e, geralmente, estúpidas, mas que, curiosamente, passam com 20 valores. Vá-se lá perceber porquê!
      Percebe-se bem a cretinice de modelo social que defende. Bom mesmo, na sua optica, é ter um País cheio de famintos à mingúa das migalhinhas que meia duzia de “lordes” deixam cair. É do mais retrógado que aqui me lembro de ler.
      Escreveu também que os chupistas querem é subsidios…outra estupidez! Refere-se a que chupistas? Ao “desgraçado” que ficou desempregado ou ao chupista do patrão ranhoso e mal formado que vai sugar subsidios ao Estado pra tudo e mais alguma coisa, com o pretexto de gerar emprego e riqueza mas que, na volta, usa o nosso dinheiro para comprar casas e carros de luxo, para alimentar a sua vaidade saloia e bacoca?
      Já agora, sabe quem foi Adam Smith? Se não sabe, eu digo-lhe, foi o pai da teoria económica do liberalismo. Sabe o que ele disse pouco antes de morrer? Não deve saber mas eu digo-lhe, em jeito de resposta a si e à citação que referiu da Sra Thatcher.
      “A minha teoria economica era perfeita se não fosse aplicada pelos homens”. Reflita nisto, caso o seu unico neurónio o permita!
      Por ultimo, as eleições. Percebe-se que inteligência não há muita mas, para si, quando um universo de eleitores vota 60% à esquerda e 40% à direita, quem é que lhe parece que querem a governar? Parece obvia a resposta nào? Não me vai dizer que ficou escandalizada porque a “coligação de esquerda” só se fez depois dos resultados eleitorais porque assim, terei de lhe recordar, que a coligação pafiosa ( psd/cds) fez exatamente o mesmo nas eleicoes anteriores. Ou já não se recorda?

  12. Claudia Monteiro, tem graça que a direita dá ao patrão para tirar ao pobre, já a esquerda dá mais ao pobre.
    É o que dá falar de barriga cheia.
    Pa direita fecha a torneira, pa esquerda abre a torneira! 😉

  13. Pois se o homem ameaça acabar com a mama do fundo dos mamões invertidos é caso para eles o arrasarem. os únicos números que eles, a cee as agencias etc. acertaram nestes anos que tem andado a viver á nossa custa foi os do dinheiro que nos roubam em juros, os brutos soldos livres de impostos que recebem pelo trabalho mercenário e as mordomias que sacam aos sitiados.

  14. Não é esta artista que está enterrada até ao pescoço numa escandaleira qualquer de corrupção lá no país dela?
    Então vá dar bitates ao c…lho!

RESPONDER

Relatório revela envolvimento da Igreja Católica em 100 casos de pedofilia na Polónia

Uma comissão estatal que analisou as denúncias de crimes de pedofilia registadas na Polónia entre 2017 e 2020 denunciou na terça-feira que quase um terço dos casos estudados, num total superior a 300 processos, envolvem …

Polícias voltam aos protestos por causa do subsídio de risco em dia de nova reunião com o Governo

Elementos da PSP e da GNR voltam esta quarta-feira aos protestos por causa do subsídio de risco, uma concentração que vai decorrer enquanto os sindicatos e associações socioprofissionais estão reunidos no Ministério da Administração Interna …

Vieira continua em domiciliária. MP vai pedir reforço de garantias de caução

O Ministério Público (MP) vai pedir reforço de garantias de caução por entender que o uso das ações da SAD do Benfica não é a forma apropriada. O Correio da Manhã avança, esta manhã, que o …

Investigadores suecos pagam 23 dólares a quem se vacinar contra a covid-19

Recompensa surge no âmbito de uma pesquisa que pretende avaliar o nível de eficácia de diferentes incentivos à vacinação contra a Covid-19. O estudo conta com a participação de 8.200 voluntários com menos de 60 …

Costa diz que Estado se curva "perante a memória" de Otelo. Mas BE condena ausência de luto nacional

O primeiro ministro, António Costa, e o presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, decidiram não declarar luto nacional pela morte de Otelo Saraiva de Carvalho, Capitão de Abril. A líder do BE e o …

Catarina Martins volta a bater o pé e Jerónimo sublinha: "Ainda não há Orçamento"

Marcelo Rebelo de Sousa recebeu, esta terça-feira, o Bloco de Esquerda, o PCP e o CDS, em mais uma ronda de reuniões com os partidos com assento parlamentar. Se o objetivo do Presidente da República era …

Simone Biles, Jogos Olímpicos de Tóquio 2020

Simone Biles. O ouro olímpico não é sinónimo de paz, muito menos interior

Na sequência do escândalo Nassar, a opinião pública dos EUA concordou que não valia tudo no caminho até ao ouro olímpico — principalmente quando está em causa a dignidade humana. Com a sua principal estrela …

"Sinto que desci ao inferno". Polícias recordam ataque ao Capitólio

"É assim que vou morrer", "sinto que desci ao inferno" e "corri o risco de ser morto" são alguns dos relatos de polícias que presenciaram a invasão ao Capitólio. Começaram as audiências na comissão da Câmara …

Pandemia aumentou o preço dos carros usados. Venda de veículos novos caiu a pique

A procura por usados aumentou com a pandemia. Com menos carros novos a saírem dos concessionários, também por causa da crise dos chips, a oferta de usados é escassa, levando os preços a subirem. Um choque …

Jogos Olímpicos: três polémicas de arbitragem em 24 horas

Depois da pontuação controversa no surf, uma decisão que quase ninguém entendeu, no basquetebol, e uma revisão discutível no judo. A arbitragem não é, ou não é suposto ser, o foco de qualquer edição dos Jogos …