Florestas ancestrais dos Himalaias encontradas nas profundezas do oceano (e já se sabe como foram lá parar)

Os restos de florestas ancestrais foram encontradas nas profundezas do oceano, a milhares de quilómetros de distância das suas origens montanhosas. Os cientistas encontraram madeira com 19 milhões de anos nas camadas de sedimentos do fundo do Golfo de Bengala.

Investigadores liderados por Sarah Feakins, da Universidade da Califórnia do Sul, em Los Angeles, mergulharam mais de três metros, recuperando sedimentos a 800 metros abaixo do fundo do mar. Ao analisar a amostra principal, a equipa conseguiu ver que as árvores foram levadas para o oceano há milhões de anos antes de ficarem presas no chão.

Observando as lascas de madeira no núcleo, a equipa conseguiu determinar de onde as árvores tinham vindo. Na maioria dos casos, a madeira era de árvores que cresciam em planícies, perto do oceano.

No entanto, uma camada foi encontrada com madeira de árvores que teriam crescido nas montanhas dos Himalaias, cerca de três quilómetros acima do nível do mar.

No estudo, publicado em setembro na revista especializada Proceedings of the National Academy of Sciences, a equipa defende que as árvores de uma floresta ancestral foram arrancadas por uma enorme libertação de água – potencialmente por um barragem natural criada por um glaciar ou um deslizamento de terra.

As árvores terão sido transportadas por milhares de quilómetros ao longo de uma enorme onda de água – de ciclones, monções ou inundações, por exemplo – antes de serem libertadas no chamado “ventilador de Bengala”, o maior ventilador submarino da Terra.

A equipa sugere que esta é a primeira evidência que mostra que as árvores podem ser transportadas por milhares de quilómetros, desde as montanhas até às profundezas do mar. As descoberta demonstram também o papel da madeira do ciclo de carbono da Terra – a forma como o carbono viaja da atmosfera até ao planeta e aos seus organismos e vice-versa.

O carbono armazenado nas plantas é libertado quando é consumido, deteriorado ou queimado. Como as árvores foram transportadas logo após serem arrancadas, não se decompuseram. Em vez disso, a madeira fresca foi trancada nos sedimentos do fundo do mar – potencialmente representando um meio pelo qual o carbono pode ser armazenado durante milhões de anos.

Compreender quanto carbono pode ser trancado como consequência do transporte de florestas para o oceano é importante para entender as mudanças climáticas futuras, segundo Fearkins. “Não sabíamos da existência desta floresta de árvores fragmentadas enterradas no fundo do oceano”, disse em comunicado, divulgado pelo EurekAlert. “Agora precisamos de adicionar isto à equação.”

Agora, os cientistas estão a trabalhar para entender o ciclo de carbono. Um relatório divulgado recentemente mostrou que menos de 1% do carbono total da Terra está acima da superfície – nos oceanos, na terra e na atmosfera. O resto está trancado na crosta, manto e núcleo do planeta.

ZAP //

PARTILHAR

9 COMENTÁRIOS

  1. Honestamente, acho o mesmo. Estou a tentar justificar a escrita, mas não vejo grande lógica. Ninguém mergulharia 3 metros para colocar uma sonda que desceria 800 metros no solo.

RESPONDER

Nicotina contribui para cancro do pulmão formar metástases no cérebro

A nicotina, uma substância não carcinogénica presente no tabaco, contribui para que o cancro no pulmão se dissemine no cérebro, formando metástases, concluiu um estudo publicado na revista Journal of Experimental Medicine. Uma equipa de investigadores …

Nas montanhas suíças, há quartos de hotel sem paredes nem teto

Dois artistas concetuais suíços criaram sete "quartos de hotel" ao ar livre, sem paredes nem teto, mas com vistas para as montanhas da Suíça e de Liechtenstein. A dupla suíça, os irmãos gémeos Frank e Patrik …

Risco de segunda vaga de covid-19 é alto em França

Um estudo publicado esta sexta-feira revela que a chamada "imunidade de grupo" está longe de ser alcançada em França. O risco de uma segunda vaga de covid-19 em França é "extremamente elevado", de acordo com um …

Desvendado mistério das cartas censuradas entre a rainha Maria Antonieta e o seu suposto amante

A natureza da relação entre a rainha Maria Antonieta e o conde sueco Axel de Fersen continua a intrigar os historiadores há mais de um século. Eram realmente amantes? Agora, graças a uma nova análise …

Ministra do Madagáscar afastada por querer gastar 1,8 milhões em rebuçados para disfarçar sabor de "Covid-Organics"

A ministra da Educação do Madagáscar foi destituída esta quinta-feira, depois de ter proposto gastar 1,8 milhões de euros em rebuçados, para distribuir em escolas e atenuar o sabor de uma infusão para a covid-19. A …

Santa Clara 3-2 SC Braga | Açorianos estreiam-se na nova casa com vitória sobre os minhotos

O Santa Clara venceu hoje o Sporting de Braga por 3-2, em jogo da 25.ª jornada da I Liga de futebol em que se assinalou também a estreia da Cidade do Futebol como palco de …

O maior e mais antigo monumento Maia já conhecido foi descoberto no México

O maior e mais antigo monumento já conhecido construído pela civilização Maia, batizado como Aguada Fénix, foi encontrado no sudeste do México. De acordo com o site New Scientist, o Aguada Fénix é uma enorme …

Twitter bloqueia vídeo de campanha de Donald Trump com tributo a George Floyd

O Twitter bloqueou um vídeo de tributo a George Floyd feito pela campanha de reeleição do Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. A rede social colocou um rótulo no vídeo da página da conta @TeamTrump, dizendo …

Depois da covid-19, poder haver uma outra doença respiratória à nossa espera

Com o desconfinamento, vamos gradualmente regressando ao normal, mas agora possivelmente com um novo inimigo. A doença dos legionários pode estar escondida nos edifícios que deixamos para trás. Surtos globais de coronavírus forçaram o encerramento de …

Apple está a seguir iPhones roubados das lojas durante os protestos nos EUA

Os iPhones que têm sido roubados das lojas da Apple durante os protestos contra a violência policial, nos Estados Unidos, foram desativados e estão a ser seguidos pela empresa. De acordo com a revista Newsweek, as …