/

Flamengo acelera compra do Tondela e planeia chegar à Champions em sete anos

2

O Flamengo quer concluir a compra do Tondela até ao final do ano e planeia levar o clube à Liga Europa dentro de quatro anos e à Champions dentro de sete a oito anos.

Num modelo semelhante ao City Football Group, que detém o Manchester City, o Flamengo quer “comprar” parte de um clube português. O Tondela parece ser o clube escolhido e, segundo o vice-presidente de finanças do emblema brasileiro, a ideia é fechar o negócio ainda antes do final do ano.

Rodrigo Tostes explicou que aquisição dos beirões se trata apenas do primeiro passo para um plano muito maior. O plano é colocar o Tondela no top 6 da Liga Bwin nos próximos três anos. O Flamengo está em contacto com investidores para reunir 50 milhões de euros para a aquisição do clube viseense.

“É só o primeiro passo. Esta estratégia não vai funcionar se for um clube só fora do Brasil. Todos com quem estamos a conversar colocam isso e nós também. Queremos ter um clube na Alemanha, um em Espanha, um em França, em África, na China, nos Estados Unidos, ou seja, não é um projeto de um clube só”, disse o dirigente flamenguista em declarações ao Globoesporte.

“Precisamos de pelo menos três anos para maturar este projeto, levar o clube para as primeiras posições do campeonato português. Esta é a ideia. Depois disso pensamos na fase dois”, acrescentou.

Tostes diz que o clube está a trabalhar arduamente para fechar o negócio o mais rapidamente possível. O vice-presidente de finanças explicou ainda que os 50 milhões de euros serão fornecidos totalmente por investidores, sendo que o Flamengo apenas vai contribuir com a sua marca.

“Mudar a cor do equipamento? Eu diria que não faria isso. Mas acho que teremos de contratar gente especializada para apresentar uma proposta”, disse Tostes relativamente à possibilidade de mudar a cor do equipamento do Tondela.

O documento apresentado pelo Flamengo aos investidores revela que foram analisados oito clubes portugueses, seis deles com uma estrutura que consideram adequada.

O Tondela acabou por ser o escolhido por ser “o único da lista com apenas um acionista no controlo e estrutura ‘bem localizada’ no país” e “o único ‘representante da região central de Portugal”.

O documento frisa ainda que o Flamengo planeia uma chegada do Tondela à Liga Europa em quatro anos e à Liga dos Campeões dentro de sete a oito anos.

Segundo o portal Goal, Rodrigo Tostes também conversou com Mafra, do segundo escalão português.

  Daniel Costa, ZAP //

2 Comments

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.