Fitch tira Portugal do lixo ao subir rating em dois níveis

A agência de notação financeira Fitch retirou Portugal do ‘lixo’ melhorando em dois patamares o ‘rating’ atribuído à dívida pública portuguesa, de ‘BB+’ para ‘BBB’, o segundo nível da categoria de investimento.

Num anúncio feito ontem, a Fitch sobe o ‘rating’ atribuído à dívida pública e coloca-o sob uma perspetiva positiva, o que significa que se deve manter assim.

A melhoria da sustentabilidade da dívida pública e a redução das vulnerabilidades externas foram os dois principais fatores chave para que a Fitch melhorasse o ‘rating’ atribuído a Portugal.

A agência de ‘rating’ afirma que a dívida pública deverá descer “mais de três pontos percentuais” do Produto Interno Bruto (PIB) este ano, ficando abaixo dos 127% do PIB, o que representa “a primeira descida” desde a crise das dívidas soberanas.

A Fitch entende que “a trajetória da dívida está numa tendência forte de descida” e que se vai manter no médio prazo, explicando que esta dinâmica favorável é conduzida “pela combinação de medidas estruturais, a recuperação cíclica e uma melhoria substancial nas condições de financiamento”.

A agência refere também a redução nas vulnerabilidades externas: “a balança corrente terá este ano o quinto excedente consecutivo apesar do forte crescimento da procura interna, que é balanceado pela melhoria estrutural na competitividade externa”.

Ainda assim, a Fitch alerta que a dívida externa líquida, a rondar os 90%, continua “muito elevada” comparando com outros países com classificação ‘BBB’, mas considera que a redução desse endividamento “está a progredir a um ritmo gradual”.

A Fitch destaca também a “melhoria significativa” na frente orçamental, estimando que o défice orçamental desça para 1,4% do PIB no final deste ano (depois de ter atingido 7,2% em 2015), a “forte recuperação económica” desde meados de 2016 e a “forte performance do mercado de trabalho” com a redução da taxa de desemprego para 8,6% em setembro.

“Apesar da forte performance nos trimestres recentes, a Fitch mantém a sua assunção de um crescimento potencial de médio prazo em torno dos 1,5%“, lê-se no relatório da agência.

Em relação à estabilidade financeira, a Fitch considera que a recapitalização da Caixa Geral de Depósitos (CGD) e do BCP e que a venda do Novo Banco “ajudam a mitigar os riscos”, alertando no entanto que o nível elevado de crédito não performativo (NPL, na sigla em inglês) “continua uma preocupação e uma limitação ao crescimento no médio prazo”.

Por fim, entre os fatores positivos está a melhoria das condições de financiamento, com a agência de ‘rating’ a estimar que a despesa orçamental com juros desça de 3,9% do PIB este ano para 3,6% do PIB em 2018.

A Fitch é a segunda das três grandes companhias de ‘rating’ internacionais a retirar Portugal da notação especulativa (ou ‘lixo’), depois de a Standard and Poor’s (S&P) o ter feito em meados de setembro passado. Apenas a Moody’s continua a atribuir uma nota abaixo do investimento a Portugal.

// Lusa

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Realmente… Este governo só tem feito mal ao pais… Chiça! MAs agora a sério… Bendita a hora em que a maioria parlamentar do actual executivo escorraçou a corja da PAF deste país. Para ser melhor, o actual Governo só precisava de resolver os problemas do taxchismo. De resto tem feito um excelente trabalho! Parabéns Geringonça (e eu que nem votei nela, mas o que me interessa é ver o país a melhorar).

    (3,2,1…) Contagem decrescente para comentários de gente que prefere o mal do próprio país do que reconhecer o mérito ao clube adversário do futebolismo partidário.

    • Que fracasso. Ninguém comentou. De qualquer forma aposto que nem sabe dizer o que é que o governo fez de jeito porque a realidade é que não fez nada a não ser aumentar os impostos, gabar-se e fazer umas quantas asneiras pelo caminho como pagar 200€ pelas perguntas certas. Suponho que tenha conseguido enganar os tolos. Entratanto a dívida vai subindo para variar. Enfim os portugueses têm o que merecem.

      • Fracasso nada… Comentou você que não resistiu. A minha previsão acertou. Então quer dizer… Você tem o que merece, já percebi. Eu da minha parte agradeço você dizer que eu mereço as melhorias que o país teve (reconhecido em todo o mundo menos no próprio Portugal dos pequeninos ressabiados de Direita).

        Já agora… quem aumentou os impostos foi o anterior governo, a começar pelo da restauração. Este Governo se aumentou alguma coisa foi salários e reformas. Os impostos diminuiu o da restauração, criou escalões mais justos para o IRS e abaixo de 600 e tal euros, deixou de se pagar IRS. Você não está bem…

      • Não sabe do que fala. Alguns impostos aumentaram de facto,como por exemplo dos combustiveis. Mas esse é só para quem anda de carro, não é certamente para que ganha o salário minimo. è preferivel aumentar esse imposto e aumentar os salários do que roubar nos salários e não mexer no imposto dos combustiveis, como fez o anterior governo que foi buscar tudo aos mais pobres e classe média, deixando os ricos intocáveis

RESPONDER

Temperatura do planeta pode estabilizar nos valores de há três milhões de anos

A temperatura no planeta pode estabilizar nos valores de há três milhões a cinco milhões de anos, caso a humanidade consiga estancar as emissões de gases com efeito de estufa até 2030, diz a especialista …

Operação Lex. Juiz Vaz das Neves arguido por corrupção e abuso de poder

O ex-presidente do Tribunal da Relação de Lisboa Vaz das Neves é arguido na Operação Lex por suspeitas de corrupção e abuso de poder relacionadas com a distribuição eletrónica de processos, disse à Lusa fonte …

Governo quer licenças de trabalho parcial pagas para pais no primeiro ano dos filhos

O Governo quer implementar licenças de trabalho parcial remuneradas para pais e mães de crianças no seu primeiro ano de vida, no âmbito do programa para a conciliação entre vida profissional e vida familiar e …

Covid-19. Portugal "tem de preparar-se para o pior" e ter plano de contingência

Ricardo Mexia, presidente da Associação Nacional de Médicos de Saúde Pública, defende que Portugal tem de se preparar para o pior e, por esta altura, já devia ser conhecido o plano de contingência em ação. "Convém …

Misteriosa mensagem esculpida numa rocha em França foi finalmente decifrada

A inscrição, gravada há 250 anos numa rocha na região francesa da Bretanha, foi finalmente decifrada graças a um concurso lançado pelo município. O mistério, que há muitos anos intrigava a comunidade científica e curiosos de …

Transferência de Bruno Fernandes rendeu 16 milhões ao BCP e ao Novo Banco

A transferência de Bruno Fernandes do Sporting para o Manchester United foi rentável não apenas para o clube de Alvalade, mas também para os Bancos que são os principais financiadores do emblema. Millennium BCP e …

Braga 0-1 Rangers | "Guerreiros" eliminados por pé Kent

O Sporting de Braga caiu nos 16 avos-de-final da Liga Europa. Após a derrota por 3-2 na visita ao Rangers na semana passada, após estar a vencer por 2-0, os “arsenalistas” foram donos e senhores …

Violada, drogada e raptada. Cantora Duffy explica o seu desaparecimento da cena musical

A cantora galesa Duffy que fez sucesso, em 2008, com a música "Mercy", esteve vários anos afastada dos holofotes do mundo da música e explica, agora, que isso se deveu ao facto de ter sido …

Neeleman continua na TAP, mesmo com a entrada da Lufthansa

David Neeleman vai manter-se como acionista da companhia aérea portuguesa, mesmo que a Lufthansa venha a entrar no capital da TAP. Sabe-se que a Lufthansa está a estudar, juntamente com a United Airlines, a aquisição dos …

Escócia aprova plano para dar tampões e pensos grátis a todas as mulheres

O Parlamento escocês aprovou, esta terça-feira, um projeto de lei para disponibilizar gratuitamente produtos de higiene feminina a todas as mulheres. A Escócia será o primeiro país a avançar com uma medida deste tipo. O plano …