Finanças ajudam dona do Montepio a ter lucro com crédito de 800 milhões de euros

António Cotrim / Lusa

A Associação Mutualista Montepio, dona do Banco Montepio, passou de capitais próprios negativos de 251 milhões de euros para positivos de 510 milhões, beneficiando de créditos fiscais aprovados pelo Estado.

Em comunicado, a Associação Mutualista Montepio anuncia que “apurou, em 2017, um resultado líquido positivo de 587,5 milhões de euros“, acrescentando que estes resultados apurados em base individual (ou seja, sem incluir os resultados das empresas que a detêm) “vêm elevar o capital próprio em base consolidada, passando agora para um valor positivo de 510 milhões de euros”.

Em 2016, a Mutualista apresentou um resultado negativo de 251 milhões de euros.

O comunicado explica que, em 2017, a Associação Mutualista Montepio passou a estar sujeita a pagar IRC (imposto sobre os lucros das empresas), por decisão das Finanças, após um “pedido de informação vinculativa” da própria associação, isto apesar de manter o estatuto de IPSS – Instituição Particular de Solidariedade Social.

Com essa alteração do regime fiscal, a Associação Mutualista passou a poder beneficiar do mecanismo que permite diferir impostos superiores a 800 milhões de euros.

Está em causa um mecanismo fiscal que permite transformar as perdas financeiras em créditos fiscais. Assim, esses créditos passam da tabela dos passivos para a dos activos, o que se reflecte positivamente nas contas. O Estado assume a dívida, com a entidade envolvida a comprometer-se a pagar posteriormente, quando tiver meios para esse efeito.

“Em conformidade, a Associação Mutualista Montepio, no cumprimento das normas internacionais de contabilidade, refletiu nas suas demonstrações financeiras o apuramento de activos por impostos diferidos no montante de 808,6 milhões de euros”, explica a entidade.

A Associação Mutualista anuncia, ainda, que teve de reconhecer mais imparidades (provisões para eventuais perdas) com a Caixa Económica Montepio Geral (o banco Montepio), e com as empresas de seguros “no montante global de 233,4 milhões de euros”.

Santa Casa e outras IPSS vão comprar 2% do Montepio por 48 milhões

Entretanto, o processo de entrada da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa no capital do banco Montepio estará prestes a concluir-se com uma mudança significativa, relativamente ao cenário inicial que indicava a eventual aquisição de 10% da entidade financeira a troco de 200 milhões de euros.

O Eco assegura que a Santa Casa vai, afinal, adquirir apenas 2% do Montepio, numa parceria com outras Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS), de norte a sul do país. A publicação atesta que o negócio está praticamente fechado e que deverá envolver, no seu conjunto, 48 milhões de euros.

“Para já, não se sabe ainda quantas instituições entram” neste processo, refere o Eco, notando que “a entrada destes novos accionistas será feita ao preço nominal das acções da Caixa Económica, com o valor unitário de um euro”.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Pela primeira vez, uma astronauta corrige página da Wikipédia a partir do Espaço

Pela primeira vez na história da Humanidade, a astronauta norte-americana Christina H. Koch fez a edição de uma página da Wikipedia na Internet a partir da Estação Espacial Internacional (EEI), enquanto orbitava o planeta Terra. A …

Rover Mars 2020 vai procurar fósseis microscópicos

Cientistas do rover Mars 2020 da NASA descobriram o que poderá ser um dos melhores locais para procurar sinais de vida antiga na Cratera Jezero, onde o veículo vai pousar no dia 18 de fevereiro …

MP quer passar a ouvir todas as crianças expostas a violência doméstica

A procuradora-geral da República quer que os magistrados do Ministério Público peçam sempre ao juiz de instrução criminal que as crianças expostas a violência doméstica sejam ouvidas em tribunal para memória futura. A procuradora-geral da República, …

Greta Thunberg no Parlamento entre final do mês e início de dezembro

A ativista sueca aceitou participar numa sessão na Assembleia da República, em Lisboa, promovida pela comissão parlamentar de Ambiente, Energia e Ordenamento do Território, que se realizará entre o final deste mês e início de …

Phineas Fisher. O "hacker fantoche" que está a pagar para piratearem bancos e petrolíferas

Phineas Fisher é um hackers mais infames do mundo e procura agora renovar esse estatuto ao oferecer 100 mil dólares a quem piratear instituições capitalistas, como bancos e empresas petrolíferas. O hacker ficou conhecido após ter …

Conselho Superior da Magistratura arquiva processo disciplinar a Carlos Alexandre

O Conselho Superior da Magistratura decidiu arquivar o processo disciplinar relativo ao juiz do Tribunal de Instrução Criminal por declarações sobre o sorteio da fase de instrução do processo Operação Marquês. "O plenário de hoje do …

Jardins e complexo de estufas descobertos num dos bunker de Hitler

Um grupo de especialistas descobriu jardins e um complexo de estufas, que serviu para cultivar legumes e frutas, num dos maiores quartéis generais de Adolf Hitler durante a II Guerra Mundial, o bunker conhecido como …

Ataque a Alcochete. Advogados pedem impugnação do auto de notícia da GNR

Uma discrepância nas datas de elaboração e de assinatura do auto de notícia que relata a invasão à academia do Sporting motivou, esta terça-feira, a apresentação de um requerimento de impugnação subscrito por vários advogados. No …

Japão diz que é seguro libertar água radioativa de Fukushima no Pacífico

O Ministério da Economia, Comércio e Indústria do Japão afirmou esta segunda-feira que é seguro libertar água contaminada de Fukushima no Oceano Pacífico, de acordo com o jornal local Japan Today. A central nuclear, recorde-se, sofreu …

Dez autarcas e quatro clubes entre os 68 acusados na operação Ajuste Secreto

O Ministério Público da Feira deduziu acusação contra 68 arguidos, incluindo dez autarcas e ex-autarcas, quatro clubes desportivos e os seus respetivos presidentes, no âmbito da operação "Ajuste Secreto". Numa nota publicada no seu site oficial, …