/

Fim das moratórias vai baixar preço das casas

A consultora Imovendo estima que os preços das casas vão baixar nos próximos seis a nove meses.

A Renascença consultou o relatório regional de fevereiro, no qual se lê que haverá “uma crescente erosão dos preços dos imóveis nos próximos seis a nove meses”, apesar do mercado ainda manter preços de venda elevados, o que demonstra “uma boa capacidade de resiliência do setor imobiliário face à pandemia”.

Em janeiro, 64% dos municípios já evidenciavam uma estagnação ou arrefecimento no preço dos apartamentos, contra apenas 42% no segmento das moradias. Esta “realidade tenderá a agravar-se à medida que as moratórias acabarem e a oferta imobiliária aumentar mais do que a procura residencial”, avança a consultora.

De acordo com a Imovendo, há apenas três meses, o peso dos municípios que já experimentavam alguma desaceleração dos preços nos apartamentos era de 58%, enquanto que nas moradias era de apenas 29%.

O relatório justifica que esta é uma consequência do “crescente impacto do aumento do desemprego, do aumento da incerteza sobre o desempenho económico nacional nos próximos seis meses e, sobretudo, o antecipar do fim das moratórias“.

A consultora acrescenta ainda que, se as moratórias não terminarem de forma gradual e controlada, é colocada “uma pressão adicional do lado da procura para que os preços sejam fortemente ajustados em baixa”.

Este ano será “sinónimo de inversão do mercado e de novas oportunidades de investimento a preços mais competitivos”, aponta.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.