Filho de Robert F. Kennedy revela nome do “verdadeiro assassino” do pai

Robert F. Kennedy, senador e procurador-geral dos Estados Unidos, foi mortalmente baleado há 50 anos. Agora, o seu filho revelou o nome do “verdadeiro assassino” que matou o pai.

Robert F. Kennedy, senador dos Estados Unidos e irmão do antigo presidente norte-americano John F. Kennedy, foi assassinado em 1968 num hotel em Los Angeles, na mesma noite em que proferiu o discurso de vitória nas eleições primárias presidenciais do Partido Democrata da Califórnia.

O político, na altura com 46 anos, foi baleado com três tiros por Sirhan Sirhan, um imigrante palestiniano, durante uma campanha presidencial.

Sirhan Sirhan foi condenado à morte, uma sentença que, mais tarde, passou para pena de prisão perpétua, depois da abolição da pena de morte. Agora, segundo o Correio da Manhã, Robert Kennedy Jr utilizou o Instagram para confessar que o “verdadeiro assassino” do pai foi o segurança do hotel, Thane Eugene Cesar.

View this post on Instagram

Thane Eugene Cesar died today in the Philippines. Compelling evidence suggests that Cesar murdered my father. On June 5, 1968, Cesar, an employee in a classified section of Lockheed’s Burbank facility, was moonlighting as a security guard at the Ambassador Hotel. He had landed the job about one week earlier. Cesar waited in the pantry as my father spoke in the ballroom, then grabbed my father by the elbow and guided him toward Sirhan. With 77 people in the pantry, every eyewitness said Sirhan was always in front on my father at a 3-6 feet distance. Sirhan fired two shots toward my father before he was tackled. From under the dog pile, Sirhan emptied his 8 chamber revolver firing 6 more shots in the opposite direction 5 of them striking bystanders and one going wild . By his own account, Cesar was directly behind my dad holding his right elbow with his own gun drawn when my dad fell backwards on top of him. Cesar repeatedly changed his story about exactly when he drew his weapon. According to the Coroner, Dr. Thomas Noguchi, all 4 shots that struck my father were “contact” shots fired from behind my dad with the barrel touching or nearly touching his body. As my dad fell,he reached back and tore off Cesar’s clip on tie. Cesar sold his .22 to a co-worker weeks after the assassination warning him that it had been used in a crime. Cesar lied to police claiming that he'd disposed of the gun months before the assassination. Cesar was a bigot who hated the Kennedys for their advocacy of Civil Rights for blacks. I had plans to meet Thane Eugene Cesar in the Philippines last June until he demanded a payment of $25,000 through his agent Dan Moldea. Ironically, Moldea penned a meticulous and compelling indictment of Cesar in a 1995 book and then suddenly exculpated him by fiat in a bizarre and nonsensical final chapter. Police have never seriously investigated Cesar's role in my father’s killing.

A post shared by Robert F. Kennedy Jr. (@robertfkennedyjr) on

Apesar de Sirhan também ter disparado contra o político norte-americano, Kennedy Jr acredita que os tiros fatais foram disparados por Thane, que estava nas costas de Robert, a segurar-lhe no braço.

“Evidências convincentes sugerem que Thane Eugene Cesar matou o meu pai. Em 5 de junho de 1968, Cesar, um funcionário de uma secção classificada das instalações da Lockheed em Burbank, trabalhava como segurança no Ambassador Hotel, um emprego que tinha conseguido cerca de uma semana antes”, começa por escrever na publicação.

Robert acredita que foi Thane quem levou o seu pai em direção a Sirhan, que o esperava na cozinha do hotel após o discurso. No local, estavam 77 testemunhas que dizem ter visto Sirhan a disparar dois tiros contra Kennedy, de uma distância de 3 a 6 metros.

O crime é, até hoje, um autêntico quebra-cabeças. De acordo com a publicação, o médico legista Thomas Noguchi chegou à conclusão de que todos os três tiros que atingiram Kennedy foram “tiros de contacto disparados por trás“.

Depois do assassinato, Thane terá vendido a arma do crime. Segundo o diário, Thane mentiu à polícia, alegando que se tinha desfeito da arma meses antes do assassinato.

Robert F. Kennedy foi morto cinco anos após a morte do irmão, o 35º presidente dos EUA John Fitzgerald Kennedy.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Bombeiros embrulharam a maior árvore do mundo em papel de alumínio. Tudo para a proteger

O incêndio consumiu milhares de acres na Califórnia e o National Park Service viu-se obrigado a intensificar os seus esforços para proteger as jóias naturais, incluindo as maiores árvores do mundo. Os incêndios Colony e Paradise …

EUA trocaram "guerra implacável" por "diplomacia implacável" no Afeganistão, diz Biden

O Presidente dos Estados Unidos (EUA), Joe Biden, disse esta terça-feira à Assembleia Geral das Nações Unidas (ONU) que o país se está a concentrar na "diplomacia implacável" e no encerramento de uma era de …

Presidente de El Salvador autodenomina-se "Ditador de El Salvador"

O Presidente de El Salvador, Nayib Bukele, alterou no domingo a descrição do seu perfil no Twitter para "Ditador de El Salvador", passando depois para "Ditador mais 'cool' do mundo mundial", situação registada após os …

Ordem dos Médicos abre processo disciplinar contra Fernando Nobre

O Conselho Disciplinar Regional do Sul da Ordem dos Médicos abriu um processo contra Fernando Nobre, por causa das suas declarações numa manifestação de negacionistas em frente à Assembleia da República. A Ordem dos Médicos (OM) …

Crise da energia obriga UE a enfrentar dependência do gás natural

Os países europeus estão a tentar proteger os consumidores de energia, numa região onde, desde o início do ano, os preços do gás aumentaram 250%, resultado de uma série de forças económicas, naturais e políticas.  Na …

Companhia de aviação privada oferece voo de 20 mil dólares para reunir uma família separada pela pandemia

A empresa de aviação privada Tradewind Aviation está a comemorar o seu 20.º aniversário de uma forma original: vai dar um voo no valor de 20 mil dólares (cerca de 17 mil euros) para reunir …

Mais de 60 pinguins morrem na África do Sul após ataque de abelhas

Dezenas de pinguins-africanos ameaçados de extinção foram mortos por um enxame de abelhas na África do Sul, na passada sexta-feira. Segundo a CNN, 63 pinguins-africanos, uma espécie ameaçada de extinção, foram encontrados mortos na sexta-feira numa …

Macron e Modi manifestam vontade de "agir em conjunto" após disputa submarina

O Presidente Emmanuel Macron discutiu a cooperação na região Indo-Pacífico com o primeiro-ministro indiano Narendra Modi, esta terça-feira. O Presidente francês, Emmanuel Macron, e o primeiro-ministro indiano, Narendra Modi, conversaram esta terça-feira, em plena crise dos …

Académica treme: salários, último lugar e treinador de saída

Clube de Coimbra, tal como o Boavista, terá de comprovar que tem cumprido no pagamento dos salários. Em campo, mais uma derrota complicou a situação de Rui Borges. Ainda não há muitos anos, a Académica apareceu …

Marcelo discursou na ONU, lembrou Sampaio e mostrou total sintonia com Guterres

Marcelo Rebelo de Sousa lembrou nas Nações Unidas o antigo Presidente da República Jorge Sampaio, que morreu no dia 10 deste mês, aos 81 anos, pela sua atividade no acolhimento de refugiados. O chefe de …