Filho de oficial nazi devolve arte saqueada pelos pais na Polónia

Krzysztof Wilk / Malopolska Provincial Office / EPA

Objectos de arte saqueados pelos nazis, devolvidos pelo austríaco Horst von Waechter

Objectos de arte saqueados pelos nazis, devolvidos pelo austríaco Horst von Waechter

O filho de um oficial nazi devolveu três obras de arte que a sua família roubou na cidade de Cracóvia, no sul da Polónia, durante a Segunda Guerra Mundial.

As autoridades polacas declararam esperar que o gesto do cidadão austríaco, de nome Horst von Waechter, inspire outros descendentes de nazis a seguirem-lhe o exemplo.

Numa cerimónia realizada no domingo em Cracóvia, Von Waechter devolveu um mapa da Polónia datado do século XVIII, embutido numa pequena mesa, e duas gravuras históricas de que a sua mãe, Charlotte von Waechter, se apropriara no final de 1939, pouco depois de o marido, Otto von Waechter, se tornar governador da cidade polaca ocupada pelos nazis alemães e austríacos durante a guerra.

Foi Von Waechter quem ordenou a criação do gueto de Cracóvia em 1941.

A devolução das obras decorreu no gabinete do governador da província de Cracóvia e resultou de esforços da historiadora e política Magdalena Ogorek, de acordo com o porta-voz do governador, Krzysztof Marcinkiewicz.

Segundo o porta-voz, uma das pinturas tinha uma inscrição manuscrita por Charlotte von Waechter dizendo que a obra provinha do Palácio Potocki, em Cracóvia, onde os Waechter residiram durante a guerra.

Magdalena Ogorek contou à Associated Press que viu alguns objetos relacionados com a Polónia no castelo de von Waechter, na Áustria, quando ali se encontrava a fazer investigação sobre o pai, que morreu em circunstâncias inexplicadas em 1949, no Vaticano, enquanto aguardava ser transportado para a Argentina para escapar à justiça.

A historiadora frisou que Horst von Waechter devolveu os objetos às autoridades de Cracóvia sem receber em troca qualquer compensação.

Ele deu um bom exemplo a outros e deveríamos ficar felizes com isso”, observou, acrescentando: “resumo que várias obras de arte da Polónia podem ser encontradas em residências particulares na Alemanha e na Áustria. Tenho a certeza disso”.

A Polónia ficou devastada durante a Segunda Guerra Mundial, tendo os seus palácios, museus e bibliotecas sido bombardeados e pilhados pelos nazis e pelo Exército Vermelho soviético entre 1939 a 1945.

O Governo polaco continua a tentar recuperar muitas das obras roubadas, e o Museu da Cultura elaborou e divulgou uma lista com muitas delas. Algumas surgem ocasionalmente em leilões por todo o mundo, levando a Polónia a negociar os termos da sua devolução.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Viagens ao Espaço têm um novo perigo desconhecido para os astronautas

Há um perigo inerente às longas viagens espaciais dos astronautas desconhecido até aos dias de hoje. Um novo estudo aponta que os cosmonautas podem ver o seu fluxo sanguíneo revertido na parte superior do corpo. A …

Macrocilix maia, a misteriosa traça que tem moscas a comer fezes nas suas asas

Macrocilix maia é uma espécie de traça que se destaca pela forma como se camufla dos seus predadores. Nas suas asas vê-se duas moscas a comer excrementos de pássaro. A natureza nunca falha em surpreender-nos e …

Há provas que ligam misteriosa doença que paralisa crianças a vírus raro

Pela primeira vez, foram encontradas provas da associação do Enterovírus D68, um vírus raro até há algum tempo, à Mielite Flácida Aguda, uma doença semelhante à poliomielite que tem afectado centenas de crianças, provocando a …

Antigos egípcios podem ter encurralado milhões de pássaros só para os mumificar

Novas evidências de ADN sugerem que os antigos Egípcios capturavam pássaros selvagens para sacrifícios ritualísticos (e para os poderem mumificar depois). As catacumbas egípcias contêm milhares de pássaros mumificados, especificamente íbis-sagrados (Threskiornis aethiopicus), empilhados uns sobre …

Estudo mostra que sondagens tendenciosas enviesam eleições políticas

Através de experiências práticas, uma investigação recente sugere que as sondagens tendenciosas podem influenciar e enviesar as eleições políticas, até mesmo nas grandes democracias. Enquanto uma eleição se aproxima no Reino Unido e uma votação presidencial …

A Rússia criou a arma mais mortífera da história. Foi há 72 anos

Comummente conhecida por AK-47, a espingarda Kalashnikov foi responsável por milhões de mortes durante a nossa História, sendo uma das armas mais populares do mundo e a mais fabricada pela indústria de armamento. Segundo o The Conversation, …

Luxemburgo 0-2 Portugal | Campeão marca presença no Euro

Portugal venceu o Luxemburgo por 2-0 e apurou-se para a fase final do Euro2020 – a 11ª presença consecutiva da turma das “quinas” em fases finais de grandes competições. Num encontro mal jogado, em parte pelas …

Hologramas e outras tecnologias podem ajudar a combater incêndios florestais

Portugal continua a ser assombrado pela destruição sem precedentes dos incêndios florestais. Agora é a hora de aproveitar as nossas ferramentas tecnológicas e encontrar maneiras inovadoras de ajudar a aliviar o problema e também evitar …

Pombos estão a perder dedos ou patas por causa da poluição

Basta passar algum tempo na praça de uma cidade para ver que alguns pombos têm patas feridas ou dedos em falta. Embora possamos pensar que isto é causado por algum vírus ou pelos eventuais desentendimentos …

Descoberto no Japão fóssil de pássaro com 120 milhões de anos

O fóssil de um pássaro do Cretáceo recentemente descoberto no Japão pode levar os cientistas a repensarem alguns detalhes sobre a evolução do voo. Há cerca de 120 milhões de anos, um pássaro com o tamanho …