Governo e sindicatos voltam a reunir-se. Fesap quer aumentos iguais para todos

Manuel De Almeida / Lusa

O aumento diferenciado dos salários na Função Pública não agrada aos sindicatos, que voltam a reunir-se com o Governo, esta segunda-feira, para discutir os aumentos para o setor.

À chegada da primeira reunião desta segunda-feira, José Abraão, secretário-geral da Federação dos Sindicatos da Administração Pública (Fesap), considerou “ridículas” as propostas apresentadas pelo Governo até ao momento.

De acordo com o Público, a Fesap quer aumentos “robustos” para todos os trabalhadores, subsídios de refeição mais elevados, mais dias de férias e a reposição das progressões perdidas para todas as carreiras que ficaram congeladas.

Para o sindicalista, os aumentos diferenciados anunciados pelo Governo “não são compreensíveis”. “Qualquer possibilidade de aumentos salariais tem de ser para todos os trabalhadores da Administração Pública”, sublinhou, rejeitando a proposta do Governo de aumentar os salários mais baixos da Função Pública em cerca de 1%.

“Houve um erro tremendo por parte do Governo ao não cumprir a lei da negociação, negociando depois de ter sido aprovado o Orçamento do Estado no Parlamento”, considerou o secretário-geral da Fesap.

O aumento salarial fará com que os trabalhadores percam a isenção de IRS. Com o aumento de sete euros propostos pelo Governo, os trabalhadores passarão a pagar 4,2% de IRS: “É dar com uma mão e tirar com a outra”.

“Esperamos que o Governo mostre sensibilidade para corrigir esta situação, porque é manifestamente injusta para quem há quase uma década desempenha funções e leva para casa, em termos líquidos, 574 euros”, disse, citado pelo diário.

As reuniões entre o Governo e os sindicatos da Administração Pública irão prolongar-se durante toda esta segunda-feira.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Juventude Popular defende que corrupção deve prescrever apenas ao fim de 20 anos

A Juventude Popular (JP) preparou um conjunto de "propostas contra a corrupção" e defende que crimes como corrupção ativa e passiva devem prescrever ao fim de 20 anos. A Juventude Popular (JP) defende que crimes como …

EUA abrem "a cada 10 horas" uma nova investigação contra a China

O Departamento Federal de Investigação (FBI) dos Estados Unidos tem mais de duas mil investigações abertas relacionadas com o governo chinês e abre uma nova “a cada 10 horas”, disse o diretor da instituição ao …

São Miguel em Alto Risco a partir das 00h00 de sexta-feira

A ilha de São Miguel, nos Açores, entra oficialmente em situação de Alto Risco de contágio a partir da meia noite desta sexta-feira. A ilha de São Miguel, nos Açores, vai passar para o nível de …

Grupo de enfermeiros recorreu de queixa arquivada contra bastonária

O grupo de enfermeiros que tinha feito uma participação disciplinar contra a bastonária por causa de comentários nas redes sociais que consideram violadores dos deveres deontológicos, recorreu do arquivamento da queixa para o Tribunal Administrativo …

Myanmar. Junta militar retém familiares de soldados para impedir fugas

Um capitão, que desertou do exército birmanês para se juntar ao movimento de oposição ao golpe militar de fevereiro, acusou a junta militar de reter familiares de soldados para impedir deserções. Lin Htet Aung, que desertou …

NATO segue Estados Unidos e anuncia retirada de tropas do Afeganistão

O secretário-geral da NATO anunciou, esta quarta-feira, que as tropas da Aliança irão começar a sair do Afeganistão a 1 de maio, prevendo a retirada total do país nos meses que se seguirão. "Tendo em conta …

Matrículas poderão ser renovadas automaticamente nos anos de continuidade de ciclo

As matrículas para o próximo ano letivo dos alunos do ensino obrigatório poderão ser renovadas automaticamente nos anos de continuidade de ciclo, se não houver alterações substantivas, de acordo com um despacho publicado na quarta-feira. O …

NOS avança com providência cautelar contra alteração das regras do leilão 5G

A NOS vai avançar com uma providência cautelar contra a alteração das regras do leilão propostas pela ANACOM, no dia em que termina o prazo para as operadores responderem. Na última quinta-feira, no 60.º dia de …

França aprova lei que alarga poder da polícia apesar de críticas e manifestações

O parlamento francês aprovou hoje um projeto de lei sobre segurança que visa alargar os poderes da polícia, apesar das críticas de ativistas dos direitos civis, que temem que a legislação ameace os esforços para …

Bancos dos Emirados estão a congelar contas da família dos Santos

Os bancos dos Emirados Árabes Unidos estão a congelar os bens da família dos Santos e de pessoas a ela relacionadas, respondendo a um pedido da justiça angolana efetuado a 13 de abril, avançou a …