Ferrero Rocher acusada de lucrar com trabalho infantil

Defensores dos direitos humanos dizem que 30% das avelãs usadas nos chocolates da Ferrero Rocher provém da Turquia, com utilização muito provável da trabalho infantil.

A Ferrero Rocher, terceira maior empresa de chocolate no mundo, é conhecida pelo seu famoso anúncio com uma senhora que pede bombons a Ambrósio, o seu motorista.

Porém, agora, documentos oficiais registam que há 900 mil crianças a trabalhar na Turquia. Destas, 11.300 crianças têm entre seis e 14 anos. Muitas dessas crianças têm empregos sazonais na agricultura, trabalhando muitas vezes até doze horas por dia, sem contrato, cobertura de saúde ou direitos básicos.

Num vídeo do grupo humanitário britânico WeMove Europe, citado pelo jornal britânico The Guardian, são entrevistadas crianças muito novas. Uma delas, com 12 anos, disse que, nos últimos dois anos, tem trabalhado na colheita de avelãs.

A Ferrero Rocher reconhece que apenas conhece a origem de 49% das avelãs que utiliza, mas garante o seu objetivo é chegar aos 100%. A empresa afirma-se “determinada a evitar e eliminar o trabalho infantil ao longo de todas as nossas cadeias de fornecimento”.

“A complexidade da cadeia de fornecimento de avelãs significa que não pode ser transformada por um único ator. A cooperação é essencial para lidar com a questão do trabalho infantil”, disse a empresa, notando que não é dona de explorações de avelãs na Europa.

No entanto, um membro da WeMove Europe sugere que a empresa é a principal responsável, dado o preço que paga pelas avelãs. Se a Ferrero Rocher pagar um “preço justo”, ajudará a eliminar o trabalho infantil nessa indústria, explica a organização.

ZAP ZAP //

 

PARTILHAR

RESPONDER

Dos pés de Cancelo para a cabeça de Bernardo Silva. City ganha na Champions com um golo 100% português

Os internacionais portugueses João Cancelo e Bernardo Silva foram fundamentais para a vitória do Manchester City sobre o Borussia Monchengladbach (2-0), na primeira mão dos oitavos da Liga dos Campeões, com ação direta nos dois …

"População não interiorizou a gravidade da situação". Depois de Siza, Cabrita aponta o dedo aos portugueses

Num relatório sobre a aplicação do decreto do estado de emergência na segunda quinzena de janeiro, Eduardo Cabrita justifica o fecho das escolas e o fim das vendas ao postigo, culpando a população pelas decisões …

Esta época há menos 500 clubes. "É o drama absoluto", diz presidente da FPF

Esta época há menos 500 clubes em comparação com a temporada transata. O presidente da FPF, Fernando Gomes, classifica a situação de "drama absoluto". A pandemia de covid-19 e a consequente interrupção das competições foi um …

Psicólogos no recrutamento e mudanças na formação. IGAI quer acabar com discriminação na polícia

A Inspeção-Geral da Administração Interna (IGAI) quer envolver psicólogos no processo de recrutamento de novos polícias e rever os currículos de formação para acabar com práticas discriminatórias nas forças de segurança. As alterações no processo de …

Coleção de joias da era Viking é encontrada na Ilha de Man. É "excecionalmente rara"

Uma coleção de joias da era Viking foi encontrada na Ilha de Man, entre Inglaterra e a Irlanda, em novembro de 2020 e foi agora classificada como tesouro. Os especialistas acreditam que os artefactos, descobertos …

“As brasileiras são mercadoria". Professor da UP suspenso por comentários machistas e xenófobos nas aulas

Após uma denúncia que reuniu assinaturas de mais de uma centena de alunas, o professor auxiliar Pedro Cosme da Costa Vieira foi suspenso pelo período máximo de 90 dias, da Faculdade de Economia da Universidade …

Houve buzinão na Luz (mas sem "carinho"). Jesus culpa covid-19 pela crise do Benfica

Algumas dezenas de adeptos protestaram junto ao Estádio da Luz com um buzinão, entre gritos de "Rua Vieira" devido aos maus resultados do Benfica. Antes disso, Jorge Jesus tinha apelado a um "buzinão de carinho" …

Marcelo remete diretamente para o Governo limites ao ruído nos prédios

O chefe de Estado incluiu o detalhe "decreto-lei do Governo", no novo decreto para a renovação do estado de emergência, para permitir que o Executivo limite o ruído nos prédios. No último decreto que executou o …

Clubes ingleses decidiram: não há público, acabou a época

Decisão não afeta a Premier League mas antecipa o final de quatro divisões do futebol inglês. Na época passada os campeonatos também não chegaram ao fim. Muitos dos campeonatos não-profissionais (em várias modalidades) estão parados, não …

Cães podem ter consciência corporal tal como os humanos

Os cães podem não ser capazes de se reconhecer em frente a um espelho, mas isso não significa que não tenham um certo nível de autoconsciência. De acordo com o site Science Alert, um novo estudo …