Ferrero Rocher acusada de lucrar com trabalho infantil

Defensores dos direitos humanos dizem que 30% das avelãs usadas nos chocolates da Ferrero Rocher provém da Turquia, com utilização muito provável da trabalho infantil.

A Ferrero Rocher, terceira maior empresa de chocolate no mundo, é conhecida pelo seu famoso anúncio com uma senhora que pede bombons a Ambrósio, o seu motorista.

Porém, agora, documentos oficiais registam que há 900 mil crianças a trabalhar na Turquia. Destas, 11.300 crianças têm entre seis e 14 anos. Muitas dessas crianças têm empregos sazonais na agricultura, trabalhando muitas vezes até doze horas por dia, sem contrato, cobertura de saúde ou direitos básicos.

Num vídeo do grupo humanitário britânico WeMove Europe, citado pelo jornal britânico The Guardian, são entrevistadas crianças muito novas. Uma delas, com 12 anos, disse que, nos últimos dois anos, tem trabalhado na colheita de avelãs.

A Ferrero Rocher reconhece que apenas conhece a origem de 49% das avelãs que utiliza, mas garante o seu objetivo é chegar aos 100%. A empresa afirma-se “determinada a evitar e eliminar o trabalho infantil ao longo de todas as nossas cadeias de fornecimento”.

“A complexidade da cadeia de fornecimento de avelãs significa que não pode ser transformada por um único ator. A cooperação é essencial para lidar com a questão do trabalho infantil”, disse a empresa, notando que não é dona de explorações de avelãs na Europa.

No entanto, um membro da WeMove Europe sugere que a empresa é a principal responsável, dado o preço que paga pelas avelãs. Se a Ferrero Rocher pagar um “preço justo”, ajudará a eliminar o trabalho infantil nessa indústria, explica a organização.

ZAP //

 

PARTILHAR

RESPONDER

Há um petroleiro abandonado há mais de uma década nas Caraíbas (e é uma "bomba-relógio")

Um navio de armazenamento de petróleo venezuelano está ancorado no Golfo de Paria, um trecho de mar fechado entre a Venezuela e a ilha de Trinidad, há mais de uma década. Antes de os Estados Unidos …

Portugal deve bater recorde de doentes em cuidados intensivos ainda esta semana

Portugal deverá ultrapassar, esta quarta-feira, o recorde de doentes em unidades de cuidados intensivos, alertou a ministra da Saúde, Marta Temido, em conferência de imprensa sobre a capacidade do Serviço Nacional de Saúde para combater …

A Budapest Eye foi restaurante por um dia (e com estrela Michelin)

Um restaurante com estrela Michelin em Budapeste, na Hungria, ofereceu aos clientes uma experiência gastronómica na famosa roda gigante Budapest Eye. Atraiçoado pela queda de faturação após o desaparecimento de turistas estrangeiros, o restaurante Costes, premiado …

Antigo ministro da Saúde Leal da Costa admite novo estado de emergência

O antigo ministro da Saúde Fernando Leal da Costa defendeu hoje que em algum momento deve ser decretado de novo o estado de emergência, para que o Governo possa tomar medidas na luta contra a …

Marcelo promulga uso obrigatório de máscara na rua por 70 dias

O Presidente da República promulgou esta segunda-feira o decreto da Assembleia da República que determina o uso obrigatório de máscara na rua, por um período de 70 dias, sempre que não seja possível cumprir o …

Cruzeiros vazios no meio do oceano tornam-se destinos turísticos

Embarcados num pequeno ferry, turistas dirigem-se até aos locais onde grandes navios cruzeiros estão parados e desertos. Esta foi uma solução encontrada para reavivar o setor. A pandemia de covid-19 está a fazer com que, genericamente, …

Todas as pensões mais baixas vão ter aumento extra de dez euros

As pensões mais baixas, até aos 658 euros, vão ter um aumento extraordinário de dez euros no próximo ano. O Governo confirmou a informação avançada pelo PCP. A ministra do Trabalho e Segurança Social, Ana Mendes …

Na fase inicial da pandemia, o setor privado "não quis e não entrou no combate à pandemia"

A antiga ministra da Saúde Ana Jorge considera que os privados podem ser envolvidos na luta contra a pandemia, recebendo doentes não covid-19, mas avisa que é preciso um “equilibro” nessa ação, depois de estes …

Uso de máscara pode salvar 130 mil vidas nos EUA até final de fevereiro, revela estudo

As medidas de distanciamento social, principalmente o uso de máscaras em público, podem salvar até 130 mil vidas nos Estados Unidos (EUA), revelou um novo estudo divulgado na sexta-feira. Em abril, o Presidente dos Estados Unidos …

A guerra contra o plástico está a distrair-nos da poluição invisível

O atual foco na poluição de plástico está a fazer com que as pessoas descurem o tipo de poluição que não é possível ver, alerta uma equipa de investigadores. O plástico é um material incrivelmente útil …