19 anos depois, FC Porto regressa à varanda da Câmara

José Coelho / Lusa

Cerca de 250 mil pessoas saudaram o regresso do FC Porto à varanda da Câmara Municipal, 19 anos depois, para mostrar a taça de campeão nacional de futebol, numa festa que começou no sábado e entrou pela madrugada.

Com a Avenida dos Aliados pintada com os tons azuis e brancos, o momento mais esperado da noite surgiu quando o capitão dos dragões Hector Herrera ergueu o troféu, ladeado dos restantes elementos grupo de trabalho.

Depois do triunfo no terreno do Vitória de Guimarães (1-0), na 34.ª e última jornada da I Liga, a equipa chegou à ‘sala de visitas’ da cidade Invicta num autocarro panorâmico, que foi literalmente engolido pela multidão, enquanto tentava contornar a avenida, com os jogadores eufóricos pela receção dos adeptos.

Entre cânticos alusivos à conquista do título, e também muitas provocações ao rival Benfica, a festa, que tinha começado ao início da tarde, com vários momentos musicais, prolongou-se para o interior dos Paços do Concelho, onde o presidente do clube, Pinto da Costa, recebeu a Medalha de Honra da cidade.

“A cidade está hoje a fazer justiça a um dos seus mais ilustres cidadãos. A decisão de abrir as portas dos Paços do Concelho foi uma promessa nossa e corresponde a uma cidade, por normal, com boas contas. E isso é saber ser justo”, disse Rui Moreira, na cerimónia de entrega da medalha de ouro ao presidente do FC Porto, em declarações transmitidas pelo Porto Canal.

O autarca elencou Pinto da Costa como um dos que representam e honram a cidade do Porto, argumentando que “o FC Porto é uma extraordinária marca da cidade, uma cidade de pessoas que acreditam e são perseverantes”.

O dirigente portista destacou, por sua vez, a decisão unânime do executivo de atribuição de uma distinção, lembrando todos aqueles que o acompanharam ao longo dos 36 anos da sua presidência.

Após 19 anos, ser recebidos aqui é muito bom. 19 anos foi muito tempo nos anos em que não vencemos e nos outros em que encontrámos as portas da câmara fechadas. Quem ama a cidade do Porto, evidentemente tem de abrir as suas portas àqueles que elevam o nome da cidade do Porto”, disse.

Visivelmente emocionado, o líder do FC Porto, e também o dirigente mais titulado do mundo, não esqueceu Sérgio Conceição, de que disse ser responsável por “conseguir transformar a onda azul no mar azul” que conduziu a equipa de futebol aos maiores sucessos esta época.

Nunca mais esquecerei este ano e de olhar para esta medalha, pois representa o quanto amo o Porto e o quanto amam o Porto aqueles que ma atribuíram”, concluiu o líder do clube, numa cerimónia reservada e que contou com a presença da equipa profissional de futebol.

No exterior, o discurso do dirigente, assim como do presidente da autarquia portuense foi acompanhado pela multidão em vários ecrãs gigantes, e pontuado, frequentemente, com ruidosas salvas de palmas.

Findas as cerimónias protocolares, a comitiva dirigiu-se para a varanda do icónico edifício, onde, ao som do hino do clube, agradeceu o apoio dos adeptos e mostrou o troféu à cidade.

É uma festa fantástica, já tinha saudades de vir cá ver o FC Porto na câmara. Não devia ter passado tanto tempo com as portas da câmara fechadas para o clube, que é um baluarte da cidade”, disse à agência Lusa José Vilaça, que desde o início da noite esperava a chegada da equipa.

Mais ao lado, Anabela Pereira confessou que já não se lembrava da última vez que tinha acontecido uma festa semelhante nos Aliados, deixando uma palavra especial para o presidente da autarquia.

Foi uma injustiça muito grande o que aconteceu nos últimos 19 anos. Obrigado ao presidente da câmara por este momento, e por deixar com que cidade hoje estivesse muita linda”, vincou a adepta.

A viver este momento pela primeira vez, o pequeno Carlos Pinto, de apenas nove anos, mostrava-se rendido aos festejos do seu clube e “à oportunidade de ter visto os jogadores a passarem perto”, deixando uma mensagem a Sérgio Conceição: “é um ótimo treinador”.

Mais à frente, trajado a rigor, com as cores do Porto num invulgar chapéu e com a bandeira do clube às costas, Miguel Magalhães, que tinha chegado aos Aliados ao final da tarde, não escondia a euforia pelo momento.

Já merecíamos, foi uma época muito angustiante porque há quatro anos que não éramos campeões, e não queria que entregássemos o ‘penta’ ao Benfica. Isso faz com esta celebração seja ainda mais especial, assim como a merecida entrega da medalha ao Pinto da Costa”, disse, entusiasmado, mostrando “esperança em nova festa do título na próxima época”.

Os momentos de comunhão com os adeptos ganharam ainda mais contornos, quando os jogadores desceram do edifício da câmara até um palco rodeados pela multidão, e desfilaram por um passadiço a até meio da avenida, aquecendo uma festa, abrilhantada com fogo de artifício, que se prolongou pela madrugada.

O FC Porto, que terminou o campeonato no primeiro lugar com 88 pontos, igualando o recorde fixado pelo Benfica na época 2015/16, assegurou na penúltima ronda o seu 28.º título de campeão nacional, 21.º com Pinto da Costa como presidente do clube.

Desde 1999 que o FC Porto não se deslocava à Câmara do Porto para festejar as vitórias no campeonato nacional, designadamente nas nove vezes em que o clube foi campeão durante os quase 12 anos de mandato do social-democrata Rui Rio (entre 2002 e 2013).

ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. os meus parabéns ao fecepe….e faço votos que no futuro muitas outras alegrias hao-de ser achadas por este pais fora, nao só no desporto mas em todas as áreas da sociedade para mostrar que Portugal ja não é só lisboa !

RESPONDER

"O vírus não existe". Em Itália, os "coletes laranja" exigem a queda do Governo (e que o país saia da UE)

Inspirados nos Coletes Amarelos franceses, nasceram os "coletes laranjas" em Itália, um movimento de contestação contra o Governo que acredita que "o vírus não existe". Apesar de ainda não ser um movimento muito grande, há já …

Época balnear arranca no sábado, mas começa mais tarde no Norte

A época balnear arranca no próximo sábado, 6 de junho, mas não em todo o país. No Norte de Portugal só começa a 27 de junho. Segundo o despacho publicado esta quinta-feira em Diário da República, …

Um terço das empresas de restauração não reabriu

Cerca de um terço das empresas de restauração não retomou a atividade e quase metade tem registado uma faturação média inferior a 10%, revelou a associação representativa do setor. A Associação de Hotelaria, Restauração e Similares …

Ministério Público alemão assume que Maddie McCann está morta

O procuradores do Ministério Público alemão acreditam que Madeleine McCann foi assassinada. O investigador Christian Hoppe, do Bundeskriminalamt, revelou que a criança pode ter sido alvejada quando o suspeito assaltava o apartamento da família. O procuradores do …

Nadadores-salvadores devem privilegiar salvamento "sem entrar na água"

A Federação Portuguesa de Nadadores-Salvadores divulgou hoje alguns dos procedimentos que os vigilantes devem adotar na época balnear face à pandemia, como privilegiar o salvamento “sem entrar na água” ou abordar o náufrago pelas costas. “Ainda …

Confederação do Turismo propõe Lay-off simplificado, banco de horas e horário concentrado

A Confederação do Turismo de Portugal (CTP) propôs ao Governo 99 medidas para mitigar as consequências "gigantescas" que a pandemia está a ter no sector, apontando um cenário de "eclipse total e asfixia". Segundo noticiou esta …

Coreia do Norte ameaça romper acordo militar com Seul

A Coreia do Norte ameaçou hoje romper o acordo militar com a Coreia do Sul e fechar o gabinete de ligação transfronteiriça, se Seul não impedir que ativistas continuem a enviar panfletos através da fronteira. A …

Moratórias no crédito prolongadas até 31 de março de 2021

O Governo decidiu estender a moratória nos empréstimos dos bancos às famílias e empresas afetadas pela crise. As prestações e juros só voltarão a ser pagos depois de 31 de março de 2021, apurou o …

Santana Lopes deixou funções executivas no Aliança. Mas não "deserta"

O fundador do partido Aliança deixou, recentemente, as suas funções executivas por "motivos profissionais", mas promete "não desertar", "muito menos em alturas difíceis". No passado dia 15 de maio, Pedro Santana Lopes pediu a suspensão das …

Pela primeira vez em 30 anos, Hong Kong proíbe vigília em memória de Tiannamen

Pela primeira vez em 30 anos, tanto Hong Kong como Macau não vão ter vigílias em homenagem às vítimas do massacre de Tiananmen. A Polícia de Hong Kong proibiu a vigília em memória do massacre de …