Farmácias devem mais de 80 milhões de euros aos distribuidores

Segundo um estudo da Associação de Distribuidores Farmacêuticos, os 80 milhões de euros dizem respeito a dívidas antigas e dificilmente recuperáveis.

As farmácias devem mais de 80 milhões de euros aos distribuidores farmacêuticos apenas em dívidas acumuladas e dificilmente recuperáveis, segundo dados de um estudo que é divulgado esta quinta-feira.

O valor das dívidas dificilmente recuperáveis das farmácias aos distribuidores farmacêuticos têm reduzido de forma significativa nos últimos três anos, mas mantém-se mais do dobro do que acontecia em 2012.

O estudo encomendado pela Associação de Distribuidores Farmacêuticos, e a que a Lusa teve acesso, mostra que as dívidas acumuladas e dificilmente cobráveis atingiram um pico de 107,9 milhões de euros em 2014, estando em 2017 em quase 81 milhões de euros.

O presidente da Associação, Diogo Gouveia, avisa que a crise que foi vivida nas farmácias teve impacto na distribuição dos medicamentos e que ainda se sentem esses efeitos.

“Há um problema que não está resolvido, que são os 80 milhões de imparidades. As empresas de distribuição têm de ter resultados suficientes para conseguir recuperar esse valor perdido. Não há, atualmente, imparidades novas, mas há um passado que não está totalmente resolvido”, afirmou.

Para a Associação de Distribuidores Farmacêuticos, a “degradação do preço dos medicamentos coloca em risco” o serviço prestado pelas empresas de distribuição. Os distribuidores defendem que devem ser revistos os preços dos medicamentos, porque Portugal tem dos preços “mais baixos da Europa”.

Segundo o estudo, o mercado dos medicamentos vendidos em farmácias sofreu uma redução de 640 milhões de euros numa década, o que corresponde a uma queda de quase 23%.

Após o período de maior contração do mercado, no período de crise económico-financeira, o mercado farmacêutico português cresceu entre 2014 e 2016 a uma taxa de 6%, ainda assim a um ritmo inferior ao da média dos países da União Europeia, que foi de 9%, refere o estudo encomendado pela Associação à consultora Deloitte.

Os dados indicam que a distribuição farmacêutica contribui com mais de 218 milhões para o PIB, sendo 144 milhões de impacto direto e 74 milhões de impacto indireto.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Japão acusa Coreia do Sul de minar confiança ao colocar fim na partilha de dados militares

O primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, acusou esta sexta-feira a Coreia do Sul de minar a confiança entre os dois países ao cancelar um acordo de partilha de informações militares. As declarações de Shinzo Abe foram proferidas …

Há uma nova denúncia contra Harvey Weinstein

O produtor de cinema Harvey Weinstein, que enfrenta dois processos por agressão sexual em Nova Iorque, terá uma nova audiência na próxima segunda-feira para ser informado de uma nova denúncia apresentada, informou na quinta-feira o …

Venezuela. Maduro ordena construção de novo satélite de telecomunicações

Nicolás Maduro anunciou que a Venezuela vai ter um novo satélite de telecomunicações, que vão ser feitos investimentos para ativar as redes 4G e 5G nas operadoras estatais e para levar fibra ótica aos venezuelanos. "Ordeno …

Departamento de Justiça dos EUA enviou email com link para site supremacista e antissemita

Uma divisão do Departamento de Justiça norte-americano enviou um email para juízes de imigração com um link para um blogue supremacista branco, repleto de referências antissemitas. A mensagem, enviada pelo gabinete executivo de avaliação de imigração …

Indonésia tenta parar violência na Papua com envio de tropas e corte da Internet

O corte do acesso à Internet na Papua e territórios adjacentes e o envio de pouco mais de um milhar de efetivos do exército são a resposta do Governo indonésio à onda de distúrbios que …

Itália tem até terça-feira para formar novo Governo

O Presidente de Itália disse esta quinta-feira, após consultas com os partidos, que há uma maioria parlamentar disposta a formar um novo Governo, pelo que vai permitir estas negociações e convocará novamente os partidos na …

Câmara de Cascais paga multa de 200 mil euros por construção ilegal na praia

A Câmara Municipal de Cascais foi condenada a pagar 200 mil euros pela construção ilegal de um acesso em betão à praia do Abano. A construção que data a 17 de junho de 2009 foi conduzida …

Ocean Viking vai desembarcar em Malta. Reservas de mantimentos estão a chegar ao fim

As reservas de mantimentos para os 356 ocupantes do navio Ocean Viking só são suficientes para quatro dias, alertou esta sexta-feira a organização Médicos Sem Fronteiras frisando que o navio está há 19 dias no …

"Não se cumpre a lei". Veterinários acusam autoridades de não recolherem animais abandonados

O bastonário da Ordem dos Médicos Veterinários, Jorge Cid, acusou ontem as autoridades de não estarem a cumprir a lei que obriga a recolher os animais abandonados. Em setembro de 2018, passou a ser aplicada no …

"A Leonor é transexual. Ela existe. É a minha filha." Pais ao lado do Governo e contra a direita

A polémica em torno da Lei de Identidade de Género continua, com as críticas da Direita e com uma petição contra a legislação que já vai em mais de 27 mil assinaturas. Associações de pais …