Famalicão 1-1 Benfica | Águia sem fama nem vitória

O duelo da 31ª jornada da Liga NOS, que colocou frente-a-frente, nesta quinta-feira, Famalicão e Benfica, terminou com um empate a um golo.

Os visitantes inauguraram o marcador na etapa inicial por intermédio de Pizzi e, à beira do final, Guga saltou do banco e decretou o resultado final.

Com mais este percalço, as “águias” deixaram o rival FC Porto – que venceu o Tondela por 3-1 – à beira do título, com mais oito pontos –, nove se adicionarmos o confronto directo. Por seu turno, o “Fama” está a um ponto do Rio Ave, que ocupa o quinto posto, de acesso à Liga Europa.

O jogo explicado em números

  • Da equipa que venceu o Tondela (1-0), realce para cinco mexidas feitas por João Pedro Sousa. Vaná, Ivo Pinto, Nehuén Pérez, Diogo Gonçalves e Toni Martínez saíram do “onze” e entraram Defendi, Roderick Miranda, Patrick William, Rúben Lameiras e Del Campo. Por sua vez, Nélson Veríssimo não mexeu na equipa que iniciou o embate ante o Boavista (3-1) na última jornada.
  • Logo ao minuto 4, Cervi testou os reflexos de Defendi, que negou o golo do Benfica naquele que foi o primeiro remate do encontro. Agressiva na pressão e em constantes trocas posicionais, as “águias” foram controlando os instantes iniciais do duelo, com quatro remates e 77% da posse de bola, face às zero tentativas dos anfitriões, que tinham 23% no capítulo da posse do esférico.
  • Apenas depois dos dez minutos o Famalicão deu sinais de vida no ataque, aproveitando um erro de cálculo de Nuno Tavares que quase traiu Vlachodimos, primeiro, e posteriormente num cabeceamento fraco de Ruben Del Campo. Aos 18 minutos, Pedro Gonçalves tirou três adversários do caminho, rematou em arco à entrada da área e apenas o voo do guarda-redes dos “encarnados” impediu o golo do médio do “Fama”. Neste período, sinal mais para os donos da casa.
  • Perto da meia-hora, Roderick foi lesto e tirou o golo a Seferovic. Ataque e resposta. Os lisboetas tinham mais paciência na construção de lances de ataque, ao passo que o Famalicão respondia em lances mais vertiginosos, explorando a profundidade da defensiva contrária.
  • No nono remate dos forasteiros – terceiro enquadrado -, Pizzi fugiu à marcação de Fábio Martins, atirou e as pontas dos dedos de Defendi foram fundamentais e negaram o “tento” inaugural.
  • Dois minutos volvidos, porém, chegou o golo do Benfica. Cervi centrou, Seferovic rematou, Defendi fez jus ao apelido, mas na recarga, Pizzi, ao segundo poste, encostou de feição para o 1-0. Foi o 17º tiro certeiro do médio na prova e o 29º em todas as competições esta temporada.
  • Ao descanso, a vantagem no marcador pertencia aos (ainda) campeões nacionais.
  • Num duelo interessante e bem jogado por ambos os conjuntos, Pizzi foi o autor do remate que fazia a diferença e dava expressão ao maior domínio do emblema lisboeta, que teve mais remates – dez contra quatro -, mais cantos – cinco para quatro -, e mais posse de bola (56% contra 44%).
  • O elemento em destaque ao cabo dos primeiros 46 minutos era Pizzi, com um GoalPoint Rating de 7.4, graças aos três remates que fez – todos eles enquadrados e um redundou em golo -, apenas um passe falhado em dez tentativas (90% de eficácia) num total de 21 acções com a bola.
  • No recomeço, o “Fama” surgiu mais afoito e tentou assumir mais as rédeas da partida, mas sem conseguir criar lances de perigo. Do outro lado, Pizzi ficou a centímetros de bisar e ampliar a vantagem aos 59 minutos, depois de Defendi não ter conseguido agarrar de pronto uma bomba lançada fora da área por Chiquinho.
  • Numa das primeiras acções que teve no encontro, à passagem do minuto 66, Ivo Pinto foi corajoso e, com um corte assertivo, negou a festa a Cervi. No total, a equipa anfitriã contabilizava cinco remates e o Benfica chegava aos 15.
  • Num contra-ataque quase letal aos 71 minutos, Fábio Martins aguentou a pressão de Nuno Tavares e, quase sem ângulo, atirou e viu a bola embater com estrondo nos ferros da baliza de Vlachodimos. Instantes depois: primeiro Nuno Tavares, na conversão de um livre directo, rematou e Defendi respondeu e na sequência de um canto; Carlos Vinícius, em boa posição, não conseguiu ser veloz e perdeu uma boa ocasião de visar a baliza contrária. O duelo continuava vibrante e repleto de excelentes jogadas de parte a parte.
  • Aproveitando um passe mal medido por André Almeida, Walterson galgou alguns metros e, com um remate colocado, ficou a poucos centímetros do empate, naquele que foi um sério aviso dos anfitriões, que ganharam um novo fôlego com o passar dos minutos, asfixiando o meio-campo contrário, que já estava sem gás.
  • Um minuto depois, aos 84, Guga, recém-entrado em cena e que fez a formação no Seixal, deu a melhor sequência a um centro atrasado de Fábio Martins e escreveu o tento do empate.
  • No último suspiro, mandou mais o coração do que a razão. As duas equipas ainda foram em busca do golo, mas não houve mais lances de perigo e pouco depois Jorge Sousa apitou pela última vez.

 

O melhor em campo GoalPoint

Pizzi realizou uma exibição bastante positiva e foi o MVP da partida. O camisola 21 foi o melhor em campo, com um GoalPoint Rating de 8.7 e os seguintes números: um golo – 1,4 Expected Goals (xG) -, quatro remates, três dos quais enquadrados, quatro passes para finalização, três passes longos certos, oito recuperações de posse, dois desarmes e 52 acções com a bola.

Jogadores em foco

  • Rafael Defendi 8.1 – Apenas por uma vez foi batido, de resto esteve imaculado e tudo defendeu. Foram oito intervenções, cinco em remates dentro da área, e quatro alívios. Seguro, conseguiu ajudar a equipa sempre que ela mais necessitou.
  • Gabriel 7.1 – Mais solto, deu sequência à boa exibição da última jornada ante o Boavista. Gizou 11 passes progressivos certos, falhou apenas um dos nove passes longos, realizou cinco recuperações de posse, quatro desarmes, duas intercepções e, enquanto teve “caixa”, conseguiu segurar as investidas adversárias.
  • Jardel 7.0 – Bem nas tarefas defensivas, destacou-se, ainda, nas tarefas atacantes e nas alturas – quatro duelos ganhos em cinco -, somando dois remates, 14 passes progressivos correctos e três dribles eficazes em outras tantas tentativas.
  • Franco Cervi 7.0 – Quase sempre ligado à corrente, desta feita conseguiu aliar à vontade que quase sempre demonstra a boas decisões. Tem na ficha pessoal quatro remates, dois passes para finalização, cinco cruzamentos, 81% de passes certos, 100% de eficácia nos três dribles tentados e apenas perdeu um dos cinco duelos em que interveio.
  • Guga 6.3 – Bastaram apenas 12 minutos em campo para ser decisivo. Dos dois remates enquadrados que fez, apontou o golo do empate e foi ainda a tempo de ter dez acções com a bola.
  • Fábio Martins 6.2 – Fez a assistência para o remate certeiro de Guga, fez dois remates, um ao ferro, e teve o condão de dar a cara nas fases em que a equipa mais precisou de ajuda.

Resumo

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. É esta a equipa que queria ganhar o campeonato?uma vergonha.O Jesus se vier para este ”Pântano” vai cometer o maior erro da vida dele.

RESPONDER

PayPal resiste à pandemia. Volume de pagamentos cresce 30% no segundo trimestre

O volume de pagamentos através do PayPal cresceu 30% no segundo trimestre. A empresa parece resistir à pandemia de covid-19, que abalou o setor das viagens, cujos pagamentos estão muitas vezes associados a meios eletrónicos. …

Quatro pessoas morreram nos Estados Unidos depois de beberem desinfetante para as mãos

Quatro pessoas morreram nos Estados Unidos depois de ingerirem desinfetante para as mãos à base de álcool, revelou um relatório do Centros de Controlo e Prevenção de Doenças (CDC) do país esta quarta-feira publicado. De …

Jim Hackett deixa a Ford após três anos de liderança

Ao fim de três anos como CEO da Ford, Jim Hackett será substituído por Jim Farley. Um mandato que fica marcado por problemas financeiros, de produção e pela morte dos três volumes e utilitários. O mandato …

Covid-19: Portugal tem mais 186 casos e quatro pessoas morreram desde sexta-feira

Portugal regista hoje mais quatro mortos e 186 novos casos de infeção por covid-19 em relação a sexta-feira, segundo o boletim diário da Direção-Geral da Saúde. De acordo com o relatório da DGS sobre a situação …

Versão americana da Eurovisão chega em 2021

O Festival Eurovisão da Canção — o maior espetáculo de entretenimento televisivo do mundo — vai chegar aos Estados Unidos no final do próximo ano. A novidade foi divulgada, esta sexta-feira (7), em comunicado oficial. A …

Contratações na TVI após apoios financeiros "suscitam preocupação"

O professor universitário e ex-ministro Miguel Poiares Maduro manifestou "preocupação" relativamente às contratações na TVI, da Media Capital, grupo que beneficia do apoio do Estado, através da compra antecipada de publicidade institucional. Em entrevista à Lusa, …

Invocando Sá Carneiro, Miguel Albuquerque também defende diálogo entre PSD e Chega

O Presidente do Governo Regional da Madeira, Miguel Albuquerque, defendeu que o PSD deve dialogar com vários partidos, incluindo o Chega de André Ventura. Depois de Rui Rio admitir em entrevista à RTP que poderá vir …

Sobe para 18 o número de mortos no acidente de avião na Índia

As autoridades indianas atualizara para 18 o número de mortes no acidente com o avião da Air India Express, que voava do Dubai para Kozhikode, no sul da Índia, e que se partiu em dois …

Luz verde para reabertura de centros de dia. DGS sugere dois metros de distância entre idosos

Os centros de dia vão poder reabrir a partir de 15 de agosto, mas de forma faseada e condicionados a uma avaliação prévia da Segurança Social e entidade de saúde local sempre que funcionem juntamente …

Vacina russa para a covid-19 preocupa cientistas. País pode estar a saltar etapas

Países de todo o mundo continuam na corrida por uma vacina contra a covid-19. A Rússia diz estar prestes a anunciar a vacina, deixando preocupada a comunidade científica, ao passo que Itália avança para os …