/

“É vergonhoso e repugnante”. Faltas à vacinação estão a aumentar (e férias podem atrapalhar prazos)

112

Numa altura em que já foram administradas quase oito milhões de vacinas em Portugal, alguns centros de vacinação estão a verificar um aumento no número de pessoas que faltam à inoculação.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Marco Martins, presidente da Câmara de Gondomar, recorda que no dia em que Portugal defrontou a Alemanha, num jogo do Euro 2020, “verificaram-se dois fenómenos: pessoas que vieram a partir das 14 horas, antecipando autonomamente a chegada [a partida começou às 17 horas], e, mesmo assim houve mais de 100 pessoas que faltaram”.

Em declarações ao Jornal de Notícias, o autarca diz que as faltas à vacinação “são um número que tem vindo a crescer” diariamente.

“É vergonhoso e repugnante”, lamentou Marco Martins, acrescentando que, quando se aproxima da hora do encerramento do centro, “os profissionais de saúde começam a fazer contactos para tentar arranjar utentes e não haver desperdício” de vacinas.

Também Carlos Carreiras, presidente da Câmara de Cascais, confirmou as faltas de comparência.

Segundo Nuno Jacinto, os motivos podem ser vários – de ordem profissional, familiar, por mudança de opinião ou até mesmo por lazer – diz o presidente da Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar.

“Pode ter havido algum impedimento de última hora. Eventualmente, em alguns casos, pode haver também mudança de opinião. Mas é um fenómeno curioso. Não é fácil ter uma razão para toda a gente”, afirmou.

Nuno Jacinto explicou que a realidade é diferente em vários sítios do país. De acordo com o médico, por se tratar de um sistema proativo, em que os utentes têm de procurar um local e uma data com vaga no sistema e depois confirmar a marcação, “é estranho” que o número de ausências seja elevado.

Contudo, o especialista sublinhou que no caso das segundas tomas, pode ser possível alterar a marcação. “Se, quando fazem a primeira dose, as pessoas avisarem dessa impossibilidade, existe a capacidade de alterar a data da segunda. É só uma questão de informar as equipas que estão nos centros de vacinação”.

A task force para a vacinação não referiu ao JN se tem um “plano B” para a toma das segundas doses, caso calhe em época de férias, apelando a que a população cumpra o esquema vacinal proposto.

PUBLICIDADE

Ouvido quarta-feira na Assembleia da República, o coordenador da task force, Henrique Gouveia e Melo, admitiu que as férias vão “ter um impacto nos processos de agendamento das vacinas”.

“O que estamos a tentar fazer para evitar isso é [utilizar] a metodologia casa aberta, em que dentro da faixa etária, as pessoas podem ir aos centros de vacinação [sem marcação]”, frisou o vice-almirante.

  ZAP //

112 Comments

  1. É muito simples, quem faltar à vacina passa de imediato para o fundo da lista e comecem a vacinar as idades seguintes, marquem todos os dias mais vacinações das que podem efetivamente fazer e quem reclamar que está demorado informem que nos cuidados intensivos é mais demorado, no fim os que não forem vacinados não fazem falta, já temos gente burra de sobra.

        • boa sorte também após tomar a 2ª dose… aqui o caso não é quem é a favor e quem é contra… o caso é marcar e depois faltar. quem não quiser arriscar uma vacina para ‘ajudar’ a não matar 5% dos infectados, acho que está no seu direito, mas basta fazer como eu, simplesmente nao agenda. a sorte mesmo é ser o Covid (se fosse o virus Nipah, é que era bonito pá!)

      • Nunca ninguém disse que a vacina iria curar todos os males, só os iria atenuar e que terá sempre de ser complementada por medidas adicionais para reduzir a presença do virus. É uma ferramenta.

        Quanto ao terço de infectados vacinados. Quantos tinham a totalidade de tomas e qual o tempo após última toma até ficar infectado ? Responda a isto e pare de desinformar as pessoas.

        • em Israel, por exemplo 50% dos novos casos sao em vacinados. em relação aos vacinados que ja morreram, não há duvidas que tinham ou as 2 doses ou 1 infecção recuperada + 1 dose. nao arranjem desculpas para simplesmente poderem obter um certificado… meu deus…

        • Por acaso até disseram que a vacina iria IMUNIZAR 95% das pessoas (ver dicionário), depois é que alteraram para.. “só atenua”.
          Ex a Vacina do tétano não “atenua” os efeitos.. simplesmente imuniza.

          Quem não reparou que mudam de conversa toda a semana é muito tapadinho.
          Esta vacina mais parece um suplemento.
          E serve sobretudo para o estado gastar dinheiro e passa-lo aos amigos e depois quando os impostos vierem, paga o povo.

    • Concordo plenamente. Também é um desrespeito às regras, como a outro fulana que vacinou quem ela quis. Quem falte sem justificação comprovada, fica para o fim de todos os cumpridores, e caso esta se esgote, depois compra-a. Há que responsabilizar as pessoas pelos seus atos. Isto é não nenhuma brincadeira.

  2. Eu sou um deles. Faltei e vou continuar a faltar até ver o que vai acontecer com quem tomou. Se passar o inverno e as pessoas que estão com a 2 dose não apanharem COVID, eu vou lá e tomo.
    Janssen era dose única, agora mistura com mais 1 dose da Pfizer, Moderna….. Haja cobaias para fazerem os testes. Vergonhoso é aplicar uma substância que o próprio laboratório não se responsabiliza pelos efeitos secundários. Boa sorte a quem tomou e vai tomar!

      • essa é para Rir até parece qe quem já levou a Vacina não Morreu, tanto Morre quem já levou a Vacina como quem Não Levou, pelo que vejo a Vacina é mais um Meio de enrriquecer os Laboratorios, pois nem os mesmo conseguem afirmar que a Vacina é eficaz, e outros há que Morreram depois de Levar a Vacina , afinal a Vacina veio para Ajudar , matar ou Nada Fazer?

        • “Morre quem já levou a Vacina como quem Não Levou” … estas chegadas atrasadas à ciência e ao pensamento científico, que alguns mostram, deixam-me pasmado. Meu caro, lá pela ciência não acertar 100% na coisa, não quer dizer que a vacina não é eficaz. Uma pergunta, você só anda num carro onde tem a certeza que não morre após qualquer acidente que lhe possa acontecer ? Perceber, ao responder, esta analogia é perceber a falsidade do que vem afirmar.

          Por outro lado, acredito que os laboratórios estão a ganhar e ainda vão ganhar muito dinheiro com isto. E vão tentar sugar os países até ao tutano. Mas isso quer dizer exactamente o quê ? Que todos fizeram vacinas com pouca eficácia para vender mais ? Que estão a matar milhões para depois terem menos clientes ? Meu caro, os laboratórios ganham com um esquema. Isso é verdade. Mas é com o esquema dos vivos e das suas doenças. Os mortos não lhes servem de muito. Aliás, são um prejuízo.

    • Uma coisa é não querer. É uma opção que é sua e pela qual será responsável. Outra, é agendar e faltar. Se o seu caso é o primeiro, é um direito. Se é o segundo, deveria ser penalizado.

      • Tal como deveria ser também um direito a quem já foi vacinado ter acesso a vários locais e vedado a quem se julga no direito a recusar a vacina, é que os direitos de alguns podem afetar os de outros e nesse caso a coisa não bate certo!

        • Não quis chegar tão longe. Mas concordo consigo. É das poucas coisas em que tendo a ser liberal: o binómio liberdade vs. responsabilidade. Tem o direito de não ser vacinado. Mas com essa liberdade vem uma responsabilidade para com todos os outros. E, sim, deveria ser limitado o acesso a não vacinados a certos espaços. A liberdade de opção deve ter consequências, posto que o exercício dessa liberdade acarreta riscos para todos os outros…

          • Se alguém está vacinado e imunizado não deveria se preocupar com quem não está vacinado, você que já tomou vacina do tétano, preocupa-se que exista alguém que o possa infetar?

            Quem tem medo de sair á rua que fique em casa, a morte é e será uma constante no mundo.

            • A sua é uma opinião como qualquer outra. No entanto, neste caso, está errado, como mostram notícias recentes.

            • Mas sabe que, se não tiver a vacina do tétano em dia não se pode candidatar a alguns empregos (inclusivamente na função pública)? Isto não é novidade, é responsabilidade!

        • No meu corpo mando eu!
          O idiota que vier tentar vir mandar no meu corpo será recebido com chumbo!
          Você pode tomar uma dose por mês se achar que fica mais imunizado! Boa sorte!

          • Oh amigo, no seu corpo manda você, tudo claro. Mas a lei manda onde o seu corpo pode ou não pode ir. Entiende ?

          • O idiota parece ser você, quando se imagina superior a tudo e todos, será que quando se encontra doente nunca recorre a um médico ou a um hospital? Possivelmente não, pois até à data ainda não ouvi dizer que haja por lá medicação contra a idiotice, poderá talvez é encontrá-la na prisão e lá então perceberá que afinal não é assim tão dono do seu corpo como imaginava!

    • Epá, ó Bernardo, porque não vai viver com a malta freak anti-vaxer da Lousã e partilhe, não só, os seus conhecimentos preciosos como também a liberdade de viver como quer, graças à imunidade de grupo que foi criada ? Mas veja lá, se a coisa se tornar muito popular e forem muitos para lá, a imunidade de grupo acaba e os seus filhos sempre podem apanhar com sarampo ou varíola. Mas é um bom plano ! Fique a ver como a coisa corre. Até pode correr bem !

    • A vacina não é obrigatória. Quando alguém é convocado, tem a possibilidade de confirmar ou não a presença. Faltar, é marcar e não comparecer, e isso é de facto uma grande irresponsabilidade, já que pode causar custos desnecessários e/ou inviabilizar a utilização de uma vacina.
      Cidadania precisa-se.

  3. Esquecem-se que também há um grande motivo…. horas e horas de espera ao sol e depois mais outras tantas já dentro do edifício.. isto nem sempre permite que qualquer pessoa tenha essa disponibilidade. É vergonhoso que com marcação, se tenha horas e horas de espera… uma total desorganização!

    • Eu esperei 15m sem sol, sem filas e sentado dentro do pavilhão.
      A “toltal desorganização” de centro de vacinação é a exceção e não é a regra – muito menos é desculpa para alguém confirmar a marcação e depois não aparecer!!

      • Infelizmente em algumas localidades a Ana tem razão, onde tomei a (por enquanto) única dose, apesar de chegar 35min antes da hora agendada tinha mais de 1500 pessoas na minha frente (sendo que o numero de “clientes” quase duplicou enquanto lá estive) demorei 3h e 45m para ser atendido e estive mais de metade do tempo ao sol, se fora ainda foi possível manter alguma distancia porque as pessoas quando querem até conseguem ser ordeiras, na zona coberta, a fila (tipo check-in de aeroporto) tornavam esse distanciamento impossível pois ocupava (em ziguezague) toda a área coberta e foi sendo cada vez mais compactada para tirar mais pessoas do sol, tinha 8 linhas quando entrei, e talvez umas 20 (no mesmo espaço) quando finalmente fui atendido. Um completo absurdo, e acredito que se alguém lá estava contaminado, cruzou-se durante tanto tempo com tanta gente que deve ter ajudado bastante às contas que agora surgem de novos infectados. Mesmo muito mau.

        • 1500 pessoas e 3:45h? Fdx… onde foi isso??
          Eu ia logo embora!! 30m era minha tolerância máxima – cheguei na hora mercada e 15m depois estava vacinado.

          • Lá está! Se tivesse tido a minha sorte e a do “penso eu de que…” teria que ou ter aguentado como fizemos, ou então, ir embora e assim faltar à marcação que tinha feito!
            Como vê.. as filas de espera enormes, podem contribuir efetivamente para essas “desistências” e cai por terra o seu argumento “muito menos é desculpa para alguém confirmar a marcação e depois não aparecer!!”.
            Aparecer até se pode aparecer.. o aguentar as horas e horas de espera é outra conversa!

  4. Não me faz qualquer sentido faltar a uma marcação efetuada pelo próprio; a acontecer, fim da lista.

    A quem não toma espero que não tenha a infelicidade de ir parar a uma UCI ou até morrer; com a mentalidade dos países de sul, tendencialmente, adversos às regras é complicado atingir a imunidade de grupo quando estava prevista.

    Este é um virus em mutação; os cidadãos não “mudam” infelizmente; continuam obstinados, desconfiados, e só mudam de opinião, aqueles que são contra quando têm um “encontro imediato” com a “morte” — é duro falar assim, confesso, ainda que mais duro é as pessoas que têm este tipo de comportamentos estarem a colocar a sua vida e a dos outros em risco.

  5. ….infelizmente sou da mesma opinião do Sr. Marco Rodrigues! E não é só agora com a presença do Covid.19, mas já desde que começaram as vacinas para as várias gripes que foram aparecendo…. Porque a vacina aplicada era do vírus do ano anterior, e as pessoas que a tomavam ficavam infectadas. Sempre concluí: então para que serve essa vacina? Prefiro continuar a tomar os suplementos alimentares que me ajudam a fortificar o sistema imunológico e não sofrer os efeitos da vacina que, como se vê, não está a ser eficaz!…

    • “Prefiro continuar a tomar os suplementos alimentares…”
      Hahahahaaa… espero bem que isto seja a gozar com os maluquinhos dos suplementos, dos Calcitrin’s, etc…

    • Cara Maria, tente perceber a diferença entre “infecção” e “inoculação”. As pessoas quando são infectadas, é pela transmissão do vírus, podem sofrer com sintomas da infecção e podem infectar outros, criando um ciclo. As pessoas quando são vacinadas são “inoculadas” e não “infectadas”. Adquirem um composto, a maioria é uma forma inerte do vírus, que lhes fornece protecção imunitária contra a infecção, quebrando assim o seu ciclo e ajudando assim a parar a pandemia.

      Sendo assim, porque não fazer as duas coisas. Tome a vacina, que lhe dá uma boa protecção, e continue com os seus suplementos alimentares, que também são benéficos. Eu também os tomo e atesto a isso. Vitamina D com fartura pois estou dentro de casa o dia todo. E, claro, Magnésio e complexo de Vitamina B para mais energia durante o dia.

      • “Vitamin D Insufficiency May Account for Almost Nine of Ten COVID-19 Deaths: Time to Act.” – PubMed
        “The importance of vitamin d metabolism as a potential prophylactic, immunoregulatory and neuroprotective treatment for COVID-19.” – PubMed

        Se está a tomar vitamina D com fartura, tem de suplementar juntamente com K2 para que o cálcio não se deposite nos rins, por exemplo, e vá para onde deva ir, ossos.
        Já agora, a vacina foi aprovada para uso emergencial, por isso, foi tudo feito À pressa, os anos de testes foram encurtados e aprovada a toma da vacina para a população, ou seja, cada um que tomar a vacina não sabe os efeitos de longo prazo, logo, estão a ser cobaias e a jogar uma roleta russa. E as farmacêuticas não assumirem qualquer responsabilidade por danos causados devia, por si só, soar os alarmes.
        Estas novas vacinas mRNA estão a ter efeitos mais nefastos que todas as outras vacinas que já existiam.
        Posto isto, cada um é livre de tomá-la ou não.

        • Tenho uma dieta rica em vitamina K mas obrigado pela dica. E já sabia da relação entre a vitamina D e a covid. Ainda antes disso, a sua relação com o sistema respiratório já tinha sido comprovada em doentes com fibrose pulmonar. Algo que conheço relativamente bem graças a um familiar numa situação dessas.

          Quanto às vacinas, reconheço que as mesmas foram desenvolvidas fora das regras e tempos habituais. Certamente a sua qualidade não é a que gostaríamos que fosse mas foram dadas como sendo seguras. O que não significa 100% de segurança, como é óbvio mas eu aceito. Sem reservas. Porque o não aceitar é por em causa a saúde pública de uma forma geral. O que seria bem pior a montante. Aceito-a por mim e pelos outros, sabendo dos riscos que corro. E sinceramente, quem não o faz é, para mim, um egoísta cretino. Egoísta, porque num “mal” que é transmitido entre todos, só pensa em si ao não se querer proteger a si e aos outros. E cretino, porque afirmar que pode ser o pior “mal” de todos mas ao mesmo tempo diz que não se “sabe os efeitos de longo prazo” é uma falácia enorme de uma mente desprovida de razão ou lógica. Se não sabe, então porque deverá ser aquilo que acha que é ? “Achismos” há muitos … olhe, eu acho que a ciência sabe. Isto é o mais honesto que posso ser.

    • Pois eu sempre assisti á vacinação dos meus pais com a vacina da gripe e a diferença era tão somente esta, antes de… para curar a dita gripe chegava-se ao melhor resultado com medicação para a mesma e em ultima instância antibiótico , depois de… cházinho de limão e no dia seguinte estava novo, o conceito é o mesmo e parece que vale a pena não ?

    • Está a ser eficaz, com mais de 30000 casos ativos temos 1-2 óbitos diários, que devem ser de pessoas que preferem os suplementos !!!

      • aconselho-o a ver as noticias de hoje, há precisamente 1 ano tinhamos as mesmas mortes e apenas 300 e poucos casos… e repare bem, SEM VACINA veja só… aqui o caso não é quem é a favor e quem é contra… o caso é marcar e depois faltar. quem não quiser arriscar uma vacina para ‘ajudar’ a não matar 5% dos infectados, acho que está no seu direito, mas basta fazer como eu, simplesmente nao agenda. a sorte mesmo é ser o Covid (se fosse o virus Nipah, é que era bonito pá!)

        • Aconselho-o a informar-se primeiro. Há precisamente um ano não estava disseminada a variante delta nem delta +
          Muito mais contagiosas que a inicial.

          • retribuo o seu conselho, até porque já há uma nova variante em circulação (P5, no rio de janeiro…). caríssimo(a), reitero completamente a minha opinião, que ao contrario do que se vê por aí, está bastante bem fundamentada (recordo as palavras da DGS no inicio deste ‘pandemónio’: este é um virus do tipo 80%/15%/5%… e tem sido a sorte disto a nivel de saude porque a nivel economico estamos cá para ver… faça as contas:-))

    • É mentira que a vacina da gripe infete alguém! A vacina contra a gripe não contém vírus vivos, pelo que não pode provocar a doença. O que pode suceder é as pessoas vacinadas contrairem outras infeções respiratórias virais e para as quais não há vacina.
      E depois conclui que a vacinação não está a ser eficaz. Outra conclusão errada. Em cada 100 vacinados contra a COVID é de esperar que apenas 10% possam contrair a doença. E destes, apenas 1 deverá ficar em situação grave / morte. Temos assim que de 100 vacinados contra a COVID sensivelmente apenas um deverá ficar numa situação grave.
      Vacine-se e apele à vacinação! Quanto mais rápido, melhor para todos.

  6. A noticia é muito falaciosa pela simples razão que muitas pessoas fazem o Auto agendamento, como é o meu caso, nunca recebem SMS nenhum, voltam a fazer segundo Auto agendamento e a data proposta é precisamente a mesma do agendamento anterior, ou seja, uma data já expirada… O pessoal reclama e também não obtém respostas… Muitas pessoas não faltam por quererem, simplesmente faltam porque o sistema não está funcionar devidamente!

    • Fiz auto-agendamento e correu tudo ok. Aliás, a grande maioria das pessoas que conheço, e o fizeram, não teve qq problema. Por outro lado, é sabido que nesses casos deverá contactar o centro de saúde da sua área. Eles resolvem o problema. Se o sistema não funciona como deveria, vá pelas alternativas. Elas existem.

    • Se nao recebe SMS, não pode confirmar o agendamento… portanto… não havia agendamento para faltar sequer…
      A palavra falácia descreve na perfeição o texto escrito por si.

      • Aí é que se engana 😉 é melhor informar-se mais afundo nas questões e, ainda lhe digo mais, fiz segundo agendamento e foi-me buscar a data anterior 😉

    • Abrindo os olhos para os argumentos baseados em exceções e teorias da treta? Não obrigado. Pelo menos com a ciência sei com o que conto. Para o melhor e para o pior.

    • É verdade. Isto é tudo uma montagem dos ETs verdes que vieram de Marte de modo a conquistar com a ajuda dos Chineses o planeta Terra… que é plano e não redondo. Pelo meio, ainda mandaram abaixo duas torres gémeas quando tentavam estacionar as suas naves há umas décadas atrás. E foi graças a eles que Portugal perdeu com a Bélgica. Inclusivamente, se virem com atenção o lance do golo da Bélgica vê-se claramente a bola a afastar-se da mão do Patrício no remate do Belga. Foi um ET, na sua versão invisível.

  7. Quem tem coagulos, não pode ser vacinado, é muito arriscado, por isso deve haver muita gente a fugir da vacina por essa razão.

  8. E afinal foi dito na Tv que existem pessoas com a vacinação completa e mesmo assim morreram. Por isso a vacinação não é totalmente eficaz.

    • Quando começaram a testar as vacinas, há menos de um anos atrás, veio a público e falou-se em todo lado no grau de eficácia das vacinas conforme elas foram surgindo. Nunca, qualquer uma delas, afirmou ter uma eficácia de 100%. As pessoas que não entendem este facto passado, vêm agora, surpreendidas afirmar que “a vacinação não é totalmente eficaz”. Epá … , o que dizer ? Será que não entendem ou têm um “ouvido seletivo” ? Não sei ! É um estado de consciência que deve ser muito estranho de viver … não percebem nem tomam atenção ao conhecimento nem aos factos e depois têm uma “opinião” e fazem afirmações destas. Como já dizia o meu tio “à bardam…” …

      • Certo – qualquer pessoa com o mínimo de capacidade intelectual sabe que não há vacinas, medicamentos, tratamentos, etc, 100% eficazes.

    • …mas onde foi que leu/ouviu que qualquer vacina é totalmente eficaz? Uma vacina aumenta a sua imunidade à doença, nada mais que isso, portanto se quer estar mais protegido/a toma, se não quer vai para a chuva e pode ser que não se molhe…
      Claro que vão continuar a acontecer complicações, mas muito menos que antes.

    • Olhe veja pf o seguinte exemplo:
      CENÁRIO 1
      1 – Vamos admitir que hoje vai chover
      2 – Vamos também admitir que todos saem à rua sem guarda-chuva
      Podemos concluir que muita gente vai molhar-se. Eventualmente nem todos, porque no horário de saída do trabalho até já nem chove, outros porque saem diretamente do carro no emprego e no regresso a casa também já só saem do carro na garagem. No entanto, muita gente ficará molhada.

      CENÁRIO 2
      1 – Vamos admitir que hoje vai chover
      2 – Vamos agora admitir que 100% das pessoas saem de casa com guarda-chuva
      É provável que ainda assim, alguns se vão molhar (chuva misturada com vento, que vem de todos os lados, outros que perdem os guarda-chuvas…). No entanto, um guarda-chuva pode dar para mais do que um (colegas de trabaho a partilhar o caminho até ao restaurante à hora de almoço…). Neste novo cenário é muito provável que a maioria da população não se molhe, muito embora seja impossível evitar que ninguém se molhe.

      Na vacinação é igual. É impossível assegurar 100% de proteção. No entanto, a maioria ficará protegida. Os poucos casos que restarem terão igualmente uma melhor atenção por parte do SNS.
      Se ninguém se vacinar, muitos ficarão “molhados” (podendo depois evoluir para cenários graves). Se muitos ou todos usarem o “guarda-chuva” poucos ficarão infetados.
      Vacine-se, por si, pelos seus e por todos!

      • Vais sair já do mercedes,sendo assim não se vacine ninguém pois a unica certeza é de que vamos todos morrer…

  9. A metodologia casa aberta está a fazer com que não sejam respeitadas as marcações. No meu caso, compareci até um pouco antes da hora marcada, mas tinha mais de cem pessoas já em espera sem marcação, a fazer uso desta metodologia. Ou seja, não foram quando a faixa etária deles estava a ser chamada, e agora vão quando lhes apetece. Até podia ser, mas eram atendidos depois das marcações. Colocaram toda a gente por ordem de chegada, para que foram então as marcações? Estive duas horas para ser vacinado já depois da hora marcada.

    • “Casa aberta”?!
      Onde foi isso?
      Como é óbvio esse não é o procedimento correcto e vai contra as instruções da task-force.
      Onde fui só com marcação e esperei 15m – se vacinaram alguém sem marcação só terá sido no fim das marcações…

        • E onde foi?
          Obviamente que o protocolo não foi seguido e alguém responsável por esse centro tem que responder por isso.

            • Por acaso estava à espera de um local num concelho tipo Amadora ou Odivelas… mas, algo deve ter corrido mal porque obviamente não é suposto haver “casa aberta” na vacinação!!
              Eu só ouvi falar de uma situação dessas no Porto e deu logo origem a uma queixa na PJ!
              .
              “Vacinação indevida de jovens no Porto já foi comunicada à PJ, diz Gouveia e Melo
              A Junta de Freguesia de Campanhã anunciou um processo de vacinação com “porta aberta” para quarta-feira no final do dia e na quinta-feira. ARS do Norte abriu um inquérito e a directora do ACES Porto Oriental foi suspensa de funções no processo de vacinação.”
              Publico, 25 de Junho de 2021

          • Acho que a porta aberta pode ser praticada para os grupos etários autorizados. O exemplo da queixa da PJ foi porque permitiram os jovens, um grupo etário ainda não autorizado.
            Na minha situação, a bicha com alguns 200 metros antes de chegar ao posto, era composta praticamente por pessoas idosas que sem marcação apareciam. E em vez de fazerem uma bicha separada para eles e outra para as marcações, disseram que era fila única e atenderam por ordem de chegada.
            Uma falta de respeito, quer dos idosos quer da organização do posto.
            Aliás, nesta pandemia, o que temos tido mais é falta de respeito dos idosos, que constantemente abusam das prioridades que lhes têm sido concedidas.

            • Eu achava que isso da “porta aberta” era em centros de vacinação específicos para isso (e em situações muito especiais) e não nos mesmos centros onde há vacinação por agendamento!…
              Acontecendo ambos no mesmo centro, claro que não faz qualquer sentido que quem vai com marcação vá parar à mesma fila de quem aparece sem qualquer marcação.
              E, pelo que percebi, é apenas para mais de 50 anos.

      • Devia ser num formato happy hour, com bar aberto. Quem quisesse aparecia e levava as doses que aguentasse.

        • Estás a brincar mas uma happy hour até faz algum sentido: durante o dia faz-se a vacinação por marcação/agendamentos e, por exemplo, das 18 às 19h pode ser a happy hour com vacinação aberta a quem aparecer sem marcação.

  10. Antigamente, no tempo da outra senhora, havia uma Lei que exigia á população para trabalhar no sector da alimentação um certificado medico a atestar as condições de saúde do trabalhador, necessárias para trabalhar nesse ramo, infelizmente na democracia eliminaram essa lei que acho boa, neste momento mais que se justificava com a pandemia, vesse a fazer testes constantes em sectores nada perigosos, no sector da Alimentação/Restauração, porque convivem com o cliente e com a alimentação devia ser exigível a vacina e os testes.

      • Não se sabe se é possível ou não. Sabe-se que os coronavírus resistem algum tempo em determinadas superfícies. Logo, é possível que possa ocorrer. Sobretudo em alimentos não cozinhados.

  11. O mais engraçado é que a minha esposa já está à espera do contacto do SNS para ser vacinada há15 dias e nada. Tem 49 anos e as colegas de 35 já estão a ser chamadas e ela nada, mesmo depois de ter enviado vários emails. Só dizem para aguardar agendamento. Se faltam tantos porque não chamar aqueles que querem realmente levar a vacina? E que lógica tem chamar pessoas mais novas quando as mais velhas ainda não foram contactadas?

      • O autoagendamento foi feito no site correto e nunca nos contactaram. Todos os dias vou ao site e preencho o espaço para quem não recebeu notificação até 72 horas e ainda nada. No centro de saúde dizem-me para aguardar que está em lista de espera. Entretanto estão a chamar os mais novos e que se inscreveram posteriormente. Não percebo.

    • Vá ao centro de saúde da sua zona ! Quantas vezes é preciso dizer o que é dito na comunicação social ? Vejam a porra dos telejornais ou feed de notícias sobre o assunto ! Mantenham-se informados em vez de insistir nos emails e no online !

      • Para sua informação já fui ao Centro de Saúde e mandaram-me aguardar SMS que nunca mais chega e entretanto estão a chamar os mais novos e que se inscreveram depois. Será que não tenho razão para reclamar? E continuamos a aguardar desde o dia 15 de junho. Eu sou um cidadão informado.

  12. Podem rir à vontade do comentário que fiz…Mas podem ter a certeza que os suplementos que tomo não são esses da publicidade. Os que tomo, são indicados pelo médico de acordo com o meu estado de saúde. E cada um sabe de si para saber o que há-de fazer. Seria bom que rissem menos e respeitassem mais, e, sobretudo, que explorassem mais o que se passa REALMENTE no Mundo.

    • Se são suplementos indicados pelo médico menos mal – mas duvido que o médico tenha dito que há suplementos que substituem vacinas!
      A não ser que seja um “médico” charlatão, tipo o Choy da agulhas (e outros que tais) que vendem suplementos e picadas para tudo e mais alguma coisa…
      Se cada um soubesse de si, a saúde da população mundial certamente que estaria bem melhor.

      • aqui o caso não é quem é a favor e quem é contra… o caso é marcar e depois faltar. quem não quiser arriscar uma vacina para ‘ajudar’ a não matar 5% dos infectados, acho que está no seu direito, mas basta fazer como eu, simplesmente nao agenda. a sorte mesmo é ser o Covid (se fosse o virus Nipah, é que era bonito pá!).
        PS: a ciência desde que apareceu o Covid passou a ser selectiva, e pelo que vejo (sim, ainda tenho olhos, ouvidos e cérebro para processar, o que infelizmente falta a quem mete as palas…) nada tem de exacta. há 1 ano atras tinhamos 300 e poucos casos e as mesmas mortes, e veja só, SEM VACINA!!

  13. essa é agenda 2030, coitado da humanidade entrou numa furada com essa agenda 2030, essa novela vai longe e infelizmente muitos vão ficar pelo caminho seja de uma coisa ou seja de outra, mais que tudo já foi orquestrado bem antes de tudo isso ter inicio, isso foi, todo mundo parece que tem memória fraca e esquecem os eventos passados rapidinho, mas relembrando que Bill Gatts junto com sua turma já profetizou e com a benção do papa e da ordem dos jesuítas e da maçonária, só não consegue enxergar quem é cego, e só não escuta quem é surdo, a imprenssa, OMS, os fabricantes dessas vacinas, os politicos são todos cumplices, todos eles sabem de a a z, qual é intenção real pra tudo isso, “REDUÇÃO POPULACIONAL e PODER SOBRE A HUMANIDADE” seja de um jeito ou seja de outro

  14. Isso não parece que foi um acidente, ou obra do acaso, se não Bill Gatts e sua turma não saberia antes do evento acontecer.

    Será que tudo foi pensado e articulado entre eles desde de antes do início?

    Basta usar a lógica e montar o quebra cabeça.

    Se vacinas demoram anos para estarem prontas e testadas, porque essas foram tão rápido a todas fabricantes?

    E elas produziram essas vacinas com essa porcentagem tão alta de eficácia conforme eles mesmo afirmam e tão curto espaço de tempo?

    Uma fabricante ok, mas todas ao mesmo tempo?

    • A ciência é lixada … é transversal na sua expressão mais objectiva. Ou seja, os seus resultados são espectáveis e replicáveis. Heissshhh !!! Que espetáculo ! Desmontei-te o quebra-cabeças num instante. E só é quebra-cabeças para os que não percebem sequer o que é ciência. Como, alguma vez, iriam conseguir usar uma coisa chamada “lógica” ? XD

    • Ó Eric tu estás mesmo todo queimadinho dessa cabeça! Larga isso, seja lá o que tu andas a meter para dentro. Isso faz-te mal!

  15. “Maria Teresa”

    Faz bem você, tem se cuidar dar mesmo, e não dar ouvido para esses aventureiros e babacas e puxa sacos (dos comentários), que pra principio de conversa teriam ter um diploma de médico ou ciêntista, para saber o tantos que eles imaginam saber, não sabem nem do próprio nariz,

    tá muito mal explicado tudo, em relação a isso, ninguém sabe nada de nada até hoje, quem quer ser rato de laboratório que seja e que seja feito a vontade dessa pessoa nela, e não nos outros

    • Claro, ninguém sabe de nada, portanto tem que fazer como você faz e pensar como você pensa. No fim, encontra a felicidade …

  16. ponham na vacina qualquer substância que emagreça e digam que é o melhor método de emagrecer, vão ver que vai logo tudo a correr, o pessoal já está farto de ser gordo e andar com dietas maradas
    ¯\_(ツ)_/¯

    • Não digas isso se não o Eric ainda se passa da cabeça. Se ele se convencer que é mesmo isso, todo o planeta fica logo magro! XD

  17. os três patetas, joguei a carapusa e carapusa serviu certinho para os três…

    Vão lá dar conselhos para as familias que perderam seus entes queridos, escutando os patetas como vocês

    Vocês são bando de vendidos para quem paga mais, seus … !!!

    • Não podia faltar o brasileiro negacionista (que nem escrever sabe!) a espalhar disparates e desconhecimento… ainda não há previsão de vacina para isso!…

  18. ““O que estamos a tentar fazer para evitar isso é [utilizar] a metodologia casa aberta, em que dentro da faixa etária, as pessoas podem ir aos centros de vacinação [sem marcação]”, frisou o vice-almirante.”
    Isto é muito bonito, nem sei porque mascam hora para os agendados. Fica-se na mesma fila dos que não agendaram. Marcam às 10h e sai-se de lá às 13h.

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.