Facebook vai apostar num serviço de encontros românticos

Encontrar a cara-metade no Facebook? Mark Zuckerberg anunciou que a rede social vai apostar num novo serviço de encontros românticos.

O anúncio aconteceu, esta terça-feira, pela boca de Mark Zuckerberg na F8, a conferência anual do Facebook que decorreu na Califórnia. De acordo com o CEO, a ideia é conectar milhões de pessoas solteiras na maior rede social online do mundo.

“Há 200 milhões de pessoas no Facebook que se classificam como solteiras, logo, há claramente algo a fazer”, explicou o presidente-executivo da gigante tecnológica.

O serviço, batizado de “Facebook Dating”, será lançado em breve e poderá ajudar a rede social a reconstruir sua popularidade entre os mais jovens e fazer com que os utilizadores visitem o site com mais frequência, dois dos maiores desafios atuais da empresa.

Ao mesmo tempo, Zuckerberg prometeu proteger a privacidade dos utilizadores, a sua principal prioridade depois do escândalo de roubo de dados da Cambridge Analytica. Na altura, o Facebook admitiu que os dados de até 87 milhões de utilizadores podem ter sido roubados.

Como vai funcionar

Os utilizadores poderão criar um perfil de “namoro” separado, que não será visível para a rede de amigos. A partir daí, o Facebook recomenda possíveis correspondências com base nas preferências de namoro, assim como interesses e preferências em comum.

O serviço será gratuito e poderá tornar-se um verdadeiro problema para concorrentes como o Match Group Inc, dono de populares aplicações como o Tinder e o OkCupid. Depois do anúncio do Facebook, as ações da empresa caíram cerca de 20% na bolsa.

Tal como outros serviços do género, vão existir botões como “passar” e “interessado”. No entanto, haverá também um recurso opcional para encontrar relacionamentos de longo prazo e não apenas “encontros casuais”, explicou Zuckerberg.

Além disso, por motivos de segurança não especificados, as conversas serão apenas de texto. Recorde-se que as fotografias com nus explícitos não solicitadas são uma preocupação recorrente dos serviços online de encontros.

Os responsáveis do Facebook também foram rápidos em destacar outros recursos de segurança e privacidade, observando que a atividade do namoro não poderia aparecer na linha do tempo da rede social.

A questão da segurança

As preocupações sobre a privacidade no Facebook cresceram desde o escândalo da Cambridge Analytica, que trabalhou na campanha de Donald Trump em 2016.

Na mesma conferência, Zuckerberg, que já depôs no Congresso norte-americano, também anunciou que estão a desenvolver um botão para apagar o histórico de navegação do utilizador fora da plataforma da rede social.

O recurso, chamado de “Limpar Histórico”, será algo semelhante à opção de “limpar cookies” num determinado browser.

“Quando lançarmos a atualização, poderá ver informação sobre as aplicações e os sites com os quais interagiu, e poderá apagar essa informação da sua conta. Também terá a opção de desligar a recolha dessa informação na sua conta”, avançou Zuckerberg.

O fundador da maior rede social do mundo destacou a dificuldade deste “problema da segurança”, mas afirmou que a empresa vai trabalhar para ficar à frente dos seus adversários sempre.

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Plano Outono-Inverno prevê hospitais covid free, testes rápidos e task-force para doentes não-covid

O Plano de Outono-Inverno do Ministério da Saúde foi divulgado esta segunda-feira. O documento será revisto a cada dois meses. O Plano da Saúde para o Outono-Inverno, divulgado esta segunda-feira pela Direção-Geral da Saúde (DGS), revela …

Cientistas já sabem como é que raro tipo sanguíneo ajuda a prevenir a malária

Um raro tipo sanguíneo, encontrado apenas em algumas partes da África Oriental, parece proporcionar uma resistência natural à malária. Cientistas pensam ter descoberto como é isto possível. Em 2017, depois de terem analisado milhares de genomas no …

"Nem mais um tostão". Rio defende nova auditoria ao Novo Banco (e vai votar a favor do projeto do BE)

O presidente do PSD sugeriu que seja realizada uma auditoria ao Novo Banco por uma instituição pública como o Tribunal de Contas (TdC) e disse estar disponível para aprovar a proposta de comissão de inquérito …

O propósito do sono muda repentinamente quando somos crianças

Uma equipa de investigadores identificou uma mudança repentina no propósito pelo qual precisamos de dormir. A alteração foi verificada, na mesma altura, em animais. A razão pela qual precisamos de dormir pode variar de acordo com …

“Desrespeito e mentira”. Rui Moreira ameaça levar UEFA a tribunal após cancelamento da Supertaça europeia

O presidente da Câmara do Porto ameaçou recorrer à justiça para reclamar os prejuízos causados pela decisão da UEFA de não realizar a final da Supertaça europeia de futebol na cidade, acusando aquela instituição de …

Eis os quatro mundos mais promissores de albergar vida alienígena

Marte, Europa, Encélado e Titã são, de acordo com as descobertas científicas, os mundos mais promissores de albergar vida alienígena. A biosfera da Terra contém todos os ingredientes conhecidos necessários para a vida como a conhecemos. …

O Ciclo Solar 25 vai afetar a vida na Terra (e a NASA explica como)

A cada 11 anos, o Sol inicia um novo ciclo solar, marcado por períodos de violentas erupções e explosões magnéticas. Em dezembro de 2019, teve início um novo ciclo solar. Na semana passada, a NASA e …

Criada para prevenir a guerra, a ONU enfrenta um mundo profundamente polarizado

Criada após a Segunda Guerra Mundial para evitar novos conflitos, a Organização das Nações Unidas (ONU) comemora esta segunda-feira o 75.º aniversário, num mundo polarizado que enfrenta uma pandemia, conflitos regionais, uma economia em declínio …

Mulher cai de carro em movimento enquanto grava vídeo para o Snapchat

Uma mulher, que ocupava o lugar do passageiro de um carro em movimento, caiu numa auto-estrada enquanto filmava um vídeo para a rede social Snapchat, no Reino Unido. Segundo a CNN, a mulher estava pendurada na …

Nos Estados Unidos, a venda de discos em vinil ultrapassou a de CD pela primeira vez desde 1986

Pela primeira vez desde 1986, as vendas de discos de vinil ultrapassaram as vendas de CD nos Estados Unidos em 2020. Os números foram apresentados na semana passada pela Associação Americana da Indústria de Gravação, …