Facebook apaga mensagem “anti-árabe” da página de Netanyahu

World Economic Forum / Flickr

Benjamin Netanyahu, primeiro-ministro de Israel

O Facebook apagou uma mensagem contra os árabes da página oficial do primeiro-ministro israelita, considerando que é “uma violação da política relativa ao discurso de ódio”.

A função de respostas automáticas da página de Facebook do primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, foi suspensa esta quinta-feira por violar a política da empresa relativa ao discurso de ódio.

Os media israelitas indicaram que a página oficial do governante divulgou uma mensagem contra os árabes, que foi depois apagada. Tratava-se de um apelo aos eleitores para evitarem a formação de um Governo integrando árabes, alegando: “Querem destruir-nos a todos — mulheres, crianças e homens”.

“Constatámos uma violação da nossa política relativa ao discurso de ódio“, indicou o Facebook num comunicado, precisando que a função de respostas automáticas seria desativada “durante 24 horas”.

Um porta-voz do partido de Netanyahu, o Likud (direita), disse à agência France Presse que a medida entrou em vigor na manhã desta quinta-feira e que não afetará a campanha eleitoral online.

Netanyahu, por sua vez, declarou que a mensagem nada tem a ver com ele. “Foi um dos funcionários da sede de campanha”, disse à rádio pública, adiantando que “o erro foi rapidamente reparado”. A mensagem foi muito criticada pela oposição israelita.

Os israelitas têm eleições Legislativas na próxima terça-feira, num escrutínio que se prevê muito disputado. Segundo as sondagens, Netanyahu está praticamente lado a lado com o seu rival do partido centrista Azul e Branco, o antigo chefe do Estado-Maior das Forças Armadas Benny Gantz.

As eleições antecipadas acontecem porque o primeiro-ministro israelita não conseguiu formar uma coligação de Governo viável na sequência das eleições de abril.

Esta terça-feira, Netanyahu prometeu anexar uma parte da Cisjordânia ocupada — o vale do Jordão e o norte do Mar Morto — se for reeleito, depois de nas eleições de abril ter prometido anexar alguns colonatos.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Estudo mostra que sondagens tendenciosas enviesam eleições políticas

Através de experiências práticas, uma investigação recente sugere que as sondagens tendenciosas podem influenciar e enviesar as eleições políticas, até mesmo nas grandes democracias. Enquanto uma eleição se aproxima no Reino Unido e uma votação presidencial …

A Rússia criou a arma mais mortífera da história. Foi há 72 anos

Comummente conhecida por AK-47, a espingarda Kalashnikov foi responsável por milhões de mortes durante a nossa História, sendo uma das armas mais populares do mundo e a mais fabricada pela indústria de armamento. Segundo o The Conversation, …

Luxemburgo 0-2 Portugal | Campeão marca presença no Euro

Portugal venceu o Luxemburgo por 2-0 e apurou-se para a fase final do Euro2020 – a 11ª presença consecutiva da turma das “quinas” em fases finais de grandes competições. Num encontro mal jogado, em parte pelas …

Hologramas e outras tecnologias podem ajudar a combater incêndios florestais

Portugal continua a ser assombrado pela destruição sem precedentes dos incêndios florestais. Agora é a hora de aproveitar as nossas ferramentas tecnológicas e encontrar maneiras inovadoras de ajudar a aliviar o problema e também evitar …

Pombos estão a perder dedos ou patas por causa da poluição

Basta passar algum tempo na praça de uma cidade para ver que alguns pombos têm patas feridas ou dedos em falta. Embora possamos pensar que isto é causado por algum vírus ou pelos eventuais desentendimentos …

Descoberto no Japão fóssil de pássaro com 120 milhões de anos

O fóssil de um pássaro do Cretáceo recentemente descoberto no Japão pode levar os cientistas a repensarem alguns detalhes sobre a evolução do voo. Há cerca de 120 milhões de anos, um pássaro com o tamanho …

Irão corta acesso à Internet após protestos contra a subida do preço da gasolina

O Irão cortou o acesso à internet no sábado, após os protestos contra o aumento do preço da gasolina, que provocaram fortes confrontos entre manifestantes e forças de segurança. O Irão cortou o acesso à internet …

A maior parte das Testemunhas de Jeová não apresenta queixa em caso de abuso sexual. Mas uma nova lei pode alterar essa realidade

Em casos de abuso sexual dentro organização religiosa Testemunhas de Jeová, a maior parte das vítimas não acusa os agressores por receio de serem excluídas, revelou um artigo da Vice. Agora, uma nova lei norte-americana, …

Hong Kong. Agente atingido por flecha e operação policial reforçada com canhão de água

Um polícia foi atingido numa perna por uma flecha lançada por manifestantes antigovernamentais e pró-democracia, informaram as forças de segurança, que reforçaram a operação no local com um canhão de água. Um polícia foi atingido …

Príncipe André nega ter abusado sexualmente de jovem de 17 anos

O príncipe André, filho de Isabel I, é acusado de ter abusado sexualmente de Virginia Giuffre, uma jovem que na altura tinha 17 anos. O caso remonta ao dia 10 de março de 2001 e, este …