Experiência sociológica revela indiferença perante violência doméstica

Uma experiência sociológica realizada por um coletivo sueco revela a indiferença das pessoas quando se deparam com uma situação em que uma mulher está a ser vítima de violência física e verbal.

A organização sueca STHLM Panda filmou, com recurso a uma câmara oculta, dois casais em elevadores com mais pessoas. A dado momento, os casais começam a discutir. Em todos os casos, a discussão vai subindo de tom, com as duas mulheres a serem vítimas de violência verbal e física.

O vídeo mostra que quase todas as pessoas que partilham o elevador com os dois casais reagiram passivamente, limitando-se a mostrar algum incómodo, alguma impaciência para sair do elevador.

Apenas uma mulher, entre as 53 pessoas que presenciaram as discussões dos casais, interveio e avisou o homem: “Vou chamar a polícia se lhe tocar novamente”.

Todas as outras pessoas ignoraram a discussão e saíram do elevador sem comentar.

Uma outra mulher só reage para fazer um pedido ao casal: “Desculpe, pode deixar-me sair daqui antes de fazer isso”.

Numa das situações, a mulher é empurrada pelo companheiro contra a parede e agarrada pelo pescoço. Em outra, o homem parece que vai bater na companheira, ameaçando-a, de forma audível, de morte.

Citado pelo The Independent, Konrad Ydhage, co-fundador do STHLM Panda, afirmou que realizou esta experiência para aumentar a consciencialização sobre a violência doméstica e para ver se as pessoas iam intervir “quando realmente era necessário”.

“Falamos depois com quase todas as pessoas que estiveram no elevador. A maioria disse que sentia vergonha por não ter reagido e disse que estava contente por ser uma experiência”, disse Konrad Ydhage.

“Algumas pessoas afirmaram que iam chamar a polícia, mas pensamos que isso é mentira. Filmamos durante dois dias e a polícia nunca apareceu”, concluiu.

No início deste mês, e por ocasião das III Jornadas Nacionais Contra a Violência Doméstica e de Género, a secretária de Estado da Igualdade portuguesa, Teresa Morais, afirmou que a comunidade deve despertar para o problema da violência doméstica e denunciar estes casos, que constituem “uma grosseira e grave violação” dos direitos humanos.

Na mesma ocasião, Teresa Morais lembrou as mulheres assassinadas em contexto familiar, que este ano já eram 32.

Citando os dados do Relatório Anual da Segurança Interna, a secretária de Estado dos Assuntos Parlamentares e da Igualdade referiu ainda que, em 2013, houve 40 homicídios conjugais, dos quais 30 foram de mulheres.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

O RRS David Attenborough, navio virgem dos reinos polares, já saiu do estaleiro

O navio RRS Sir David Attenborough saiu finalmente do seu estaleiro. O já lendário navio vai agora ser sujeito a alguns testes antes de ser oficialmente entregue ao serviço, em novembro deste ano. A construção do …

Vulcões ativos produzem 30 a 50% da atmosfera de Io

Novas imagens rádio obtidas pelo ALMA (Atacama Large Millimeter/submillimeter Array) mostram, pela primeira vez, o efeito direto da atividade vulcânica na atmosfera da lua de Júpiter, Io. Io é a lua mais vulcanicamente ativa do nosso …

Descobertas pegadas fossilizadas com mais de 10 mil anos. São a trilha pré-histórica de uma mãe com um bebé ao colo

Uma equipa de investigadores internacional descobriu o trilho pré-histórico mais comprido do mundo no Novo México, nos Estados Unidos. O novo estudo conta a historia de uma mulher que carregou um bebé nos braços durante …

Pure Skies. Empresa desenha cabines dos aviões do pós-pandemia

Desde o início da pandemia, os especialistas têm testado diferentes maneiras de alcançar o distanciamento social em aviões, embora com pouco sucesso. Agora, há uma empresa que está a levar esta ideia até ao próximo …

OE2021. Bloco de Esquerda vota contra na generalidade

O Bloco de Esquerda vai votar contra a proposta do Orçamento do Estado para 2021 na generalidade, anunciou a coordenadora do partido, Catarina Martins. Em declarações aos jornalistas, a bloquista confirmou este domingo que o …

PS ganha eleições nos Açores sem garantia de maioria absoluta

O PS voltou a ganhar as eleições regionais dos Açores, obtendo entre 37% e 41%, o que não garante a maioria absoluta, segundo a projeção à boca das urnas realizada este domingo pela Universidade Católica …

Extinção da fauna em Madagáscar pode dever-se à presença humana (e a mudanças climáticas)

Grande parte da fauna de Madagáscar e das ilhas Mascarenhas foi eliminada durante o último milénio. Neste sentido, uma equipa de cientistas analisou um registo do clima nos últimos 8000 anos nas ilhas. O resultado …

PAN vai abster-se na generalidade. OE mais próximo da aprovação

O partido Pessoas-Animais-Natureza (PAN) vai abster-se na votação na generalidade da proposta de Orçamento do Estado para 2021 (OE2021) na próxima quarta-feira, anunciou a líder parlamentar do partido, Inês Sousa Real. Com a abstenção dos três …

O passado tóxico fica para trás. Asbestos, a cidade "amianto", mudou de nome

A cidade canadiana Asbestos (que significa amianto) ganhou um novo nome, quase 11 meses após o anúncio da votação. Wuase metade dos cerca de 6 mil residentes da cidade canadiana marcaram presença numa votação organizada num …

Menino de 12 anos encontra fóssil de dinossauro com 69 milhões de anos

Nathan Hrushkin, aspirante a paleontólogo de 12 anos, encontrou o fóssil de um dinossauro enquanto passeava com o pai em Alberta, no Canadá. Depois de enviarem uma fotografia ao Museu Royal Tyrrell, ficaram a saber …