Paulo Macedo nega ter exercido pressões para beneficiar Octapharma e seus dirigentes

Manuel de Almeida / Lusa

Paulo Macedo, presidente executivo da Caixa Geral de Depósitos

O ex-ministro da Saúde negou que tenha exercido quaisquer pressões junto do ex-presidente do INEM Paulo Campos ou de qualquer outra pessoa, para beneficiar a Octhapharma, dirigentes desta empresa ou seus familiares.

“Considero ofensiva a imputação que me é dirigida e ponderarei, oportunamente, accionar os mecanismos legais ao meu dispor para publicamente repor a honorabilidade da minha pessoa e do exercício do meu mandato como Ministro da Saúde”, referiu Paulo Macedo, em comunicado enviado à agência Lusa.

A posição de Paulo Macedo, escolhido recentemente pelo governo para a presidência executiva da Caixa Geral de Depósitos, surgiu na sequência de notícias que indicam que Paulo Campos denunciou à Polícia Judiciária pressões do ex-ministro da Saúde para reintegrar, como diretora no INEM, a irmã de Lalanda e Castro, então patrão da Octapharma, numa situação passível de configurar tráfico de influências.

Refutando tais imputações, Paulo Macedo observa que para cargos dirigentes ou de chefia (nomeadamente no INEM) é necessária a realização de concursos, submetidos à sindicância da CRESAP/Comissão de Recrutamento e Selecção para a Administração Pública.

Na mesma nota envida à Lusa, Paulo Macedo assegura que não conhece Lalanda e Castro, nem os seus familiares.

“Durante o meu mandato, não só não promovi qualquer benefício específico à Octapharma, como a faturação desta entidade ao Estado reduziu. Em 2014 foi cerca de metade da existente em 2010 conforme dados fornecidos pelo Infarmed/Instituto da Farmácia e do Medicamento”, frisou Paulo Macedo.

Segundo o ex-ministro da Saúde, acresce que o valor da contribuição para empresas farmacêuticas que não celebrem acordo com o Estado para a limitação dos encargos com medicamentos foi inovatoriamente aprovado (até aí não ressarciam o Estado com qualquer valor) na Assembleia da República para o ano de 2015, o que levou a que empresas farmacêuticas não aderentes aos acordos celebrados com o Estado em 2012, 2013, 2014 e 2015, como foi o caso da Octapharma, ficassem por essa via, pela primeira vez, sujeitas a pagamentos ao Estado neste âmbito.

Em sua opinião, é ainda relevante referir que para possibilitar “maior transparência e melhores condições contratuais para o Estado foram lançados concursos públicos, que visam a obtenção de melhor preço em ambiente concorrencial para a compra de plasma e seus derivados, os quais, por despacho seu, enquanto ministro da Saúde, passaram a ser directamente acompanhados pela Auditora Jurídica do Ministério da Saúde, magistrada do Ministério Público (MP) designada pela Procuradoria-Geral da República.

Paulo Macedo esclarece que a instauração de procedimento disciplinar ao então presidente do INEM, Paulo Campos – processo esse integralmente instruído na Inspecção Geral de Saúde, entidade dirigida por magistrada do MP – bem como a proposta de aplicação de sanção disciplinar prenderam-se com “comportamentos considerados disciplinarmente censuráveis por violação dos deveres decorrentes do exercício de funções públicas”.

Contactado pela agência Lusa, Paulo Campos disse reiterar as declarações que prestou sobre o assunto à TVI e ao jornal Correio da Manhã, bem como às entidades que investigam o processo-crime do plasma sanguíneo, escusando-se a adiantar mais pormenores uma vez que foi chamado a depor junto da Polícia Judiciária e o caso encontra-se em segredo de justiça.

O Correio da Manhã noticiou esta quinta-feira que Paulo Campos recebeu uma ordem de Paulo Macedo para colocar a irmã de Lalanda e Castro num lugar de chefia, tendo-se recusado a cumprir a mesma.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Vulcão, La Palma

Vulcão nas Canárias com períodos mais explosivos já devastou 240 hectares

O vulcão Cumbre Vieja, na ilha de La Palma (Canárias) mantém-se ativo, apresentando períodos mais explosivos e tendo já devastado cerca de 240 hectares de terrenos num perímetro de cerca de 16 quilómetros. Dados também fornecidos …

IVAucher só poderá ser utilizado em 1% dos restaurantes e hotéis

A apenas uma semana do início da segunda fase do IVAucher, só 1.500 empresas de restauração, alojamento e cultura, de um total de 118 mil, estão inscritas no programa. Até ao fim de agosto, os consumidores …

"Ganhámos com a covid-19". Depois do "ridículo", Secretário de Estado explica-se

O Secretário de Estado da Internacionalização, Eurico Brilhante Dias, entrou na campanha eleitoral pelos piores motivos. Tudo porque disse que "ganhámos com a covid". Uma frase que já veio explicar depois de ter sido arrasado, …

Fora dos planos de Jesus, Gabriel pode estar de saída para o Qatar

O Al-Gharafa quer Gabriel por empréstimo com duração de uma temporada. O negócio está perto de se concretizar e envolve uma opção de compra de 6 milhões de euros. O Benfica continua à procura de solução …

Ex-presidente da Catalunha detido em Itália (e pode vir aí mais uma derrota para Espanha)

Carles Puigdemont, o ex-presidente da Catalunha, foi detido em Itália, na Sardenha. O também eurodeputado era alvo de um mandado internacional e vai tentar, mais uma vez, escapar à extradição para Espanha. Fontes contactadas pela agência …

Detida boliviana investigada pelo acidente do avião que transportava o Chapecoense

A Polícia Federal do Brasil deteve na quinta-feira uma cidadã boliviana sob investigação pelo desastre aéreo ocorrido em 2016, no qual morreram 71 pessoas, incluindo futebolistas, treinadores e diretores do Chapecoense. Segundo a polícia de Corumbá, …

"Foi uma opção equilibrada". Especialista refere que nova fase de desconfinamento é essencial

A última fase de desconfinamento está prestes a chegar. O momento foi ansiado por muitos portugueses que agora vão podem ter mais liberdade no seu dia a dia. Especialista refere que este passo é essencial. Ao …

Tite tem os dias contados na canarinha. "Com esta forma de jogar, o Brasil vai ser atropelado"

O ex-internacional brasileiro Romário teceu duras críticas a Tite, sugerindo que o treinador deveria abandonar o comando técnico da seleção 'canarinha'. O antigo jogador do Barcelona disse que, a continuar a jogar assim, o Brasil será …

Para responder às acusações de eleitoralismo, Costa puxou do calendário. "Nada disto é novidade"

Proximidade do anúncio do fim das restrições para conter o avanço da pandemia às eleições autárquicas foi vista pelos partidos da oposição como uma manobra eleitoral para capitalizar os votos nos candidatos do PS. Após o …

Quem vai orientar o Barcelona contra o Benfica?

Nova exibição decepcionante do Barcelona e novo empate no campeonato. Situação de Koeman é realmente frágil. Não dá para mais. A frase de Piqué - "Somos o que somos agora, é o que temos" - está …