Europa está prestes a bater “recorde de vergonha” com migrantes

Várias organizações não-governamentais acusaram esta sexta-feira a Europa de estar prestes a bater o “recorde de vergonha” ao recusar receber cerca de 30 migrantes desde que foram resgatados no Mar Mediterrâneo há duas semanas.

“Já faz 14 dias que eles [migrantes] estão abandonados no mar. Um novo recorde de vergonha”, escreveu no Twitter um conjunto de associações humanitárias e de defesa dos direitos humanos.

Três crianças, de um, seis e sete anos, “vomitaram continuamente e correm risco de hipotermia e desidratação“, disse Alessandro Metz, um dos líderes do grupo. Estas pessoas estão “a dormir no chão”, disse Philipp Hann, chefe da missão Sea-Watch 3, à radio italiana 24, acrescentando que têm “enormes problemas de higiene” e que a “situação está a ficar cada vez mais difícil do ponto de vista psicológico”.

Uma nova tripulação e alimentos chegaram este sábado a bordo do Sea-Watch 3, onde, além das três crianças, estão três adolescentes desacompanhados e quatro mulheres da Nigéria, Líbia e Costa do Marfim.

Na quarta-feira, a Organização Internacional das Migrações (OIM) pediu uma solução “urgente” para as dezenas de migrantes resgatados nos últimos dias por navios humanitários no Mediterrâneo e que continuam em alto mar à espera de um porto para desembarcar. A organização não-governamental (ONG) Médicos Sem Fronteiras (MSF) também se juntou ao apelo da OIM, que lembra os 49 migrantes que foram resgatados no Mediterrâneo por navios de duas ONG alemãs nos últimos dias de dezembro e que estão bloqueados no mar há 12 dias.

Um dos casos é o navio “Sea Watch 3”, da ONG alemã com o mesmo nome, que resgatou no passado dia 22 de dezembro na rota do Mediterrâneo Central (da Líbia para Itália) um grupo de 32 migrantes. O outro caso é o navio “Professor Albrecht Penck”, da organização humanitária Sea-Eye, que resgatou outros 17 migrantes no passado dia 29 de dezembro.

“É urgente e necessário que os Estados europeus demonstrem sentido de responsabilidade e de solidariedade para com os imigrantes e para com os refugiados e que ofereçam o quanto antes um porto seguro às 49 pessoas em questão”, assinalou a OIM, organização liderada desde outubro pelo português António Vitorino, em comunicado.

“É inaceitável deixar tanto tempo no mar, sem uma assistência adequada, homens, mulheres e crianças que arriscaram as suas vidas a bordo de embarcações em mau estado, depois de terem enfrentado as dificuldades de uma viagem caracterizada por experiências dramáticas e violentas”, acrescentou a mesma nota informativa.

A MSF também se solidarizou com estes migrantes, pedindo uma “solução rápida”, uma vez que as condições meteorológicas estão a piorar, nomeadamente com a descida acentuada das temperaturas. “Fazemos um apelo às autoridades europeias e italianas para que se encontre um porto seguro o mais rápido possível”, afirmou a MSF.

A Holanda manifestou no mesmo dia disponibilidade para acolher alguns dos 32 migrantes que aguardam a bordo do “Sea-Watch 3”, navio que tem pavilhão holandês e que navega desde dezembro no Mediterrâneo.

Haia tinha inicialmente recusado receber estes migrantes, tal como fizeram outros Estados-membros da União Europeia como Itália, Malta ou Espanha, segundo a agência noticiosa francesa France-Presse. No sábado, a Alemanha também declarou que só aceitaria acolher estes migrantes se outros países europeus assumissem o mesmo compromisso.

Desde que Itália fechou oficialmente os seus portos aos navios humanitários em junho passado, a solução para estes casos tem sido avaliada “barco a barco” e tem passado pela distribuição dos migrantes por vários países.

Cerca de 113.482 migrantes atravessaram o Mar Mediterrâneo no ano passado e 2.262 morreram no mar, segundo dados do Alto Comité das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR).

// Lusa

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

    • Portanto a sua sugestão para resolver os problemas que estas pessoas estão a ter *hoje* é fazer uma viagem no tempo e convencer (quiçá obrigar) os pais delas a não os terem deixado nascer?
      Bem lembrado. Com viagens no tempo resolvia-se tanta coisa…!

  1. A Europa ja bateu o recorde da estupidez ao aceitar cerca de 2 milhoes de parasitas nestes tres anos, sim, porque isto nao vai acabar bem, vai acabar com a sustentabilidade do Sistema ou estao a espera que o dinheiro caia do ceu?

RESPONDER

Poema na Estátua da Liberdade sobre migrantes, "refere-se a pessoas vindas da Europa"

Após a publicação de uma lei sobre a migração no país, o poema "The New Colossus", escrito em 1883 por Emma Lazarus, está agora a provocar um debate sobre o seu verdadeiro significado. Ao longo do …

Três municípios multados pelo Governo por falta de Plano de Defesa contra incêndios

O Governo determinou esta sexta-feira a retenção de 20% do duodécimo das transferências do Fundo de Equilíbrio Financeiro a Odivelas, Paços de Ferreira e Peniche por não terem ainda aprovado os Planos Municipais de Defesa …

Encontrada uma aldeia perdida no local do mais infame massacre de clãs

Arqueólogos que escavaram a cena do mais infame massacre de clãs na história escocesa desenterraram partes de uma "aldeia perdida" no vale das Terras Altas de Glencoe. O assentamento apareceu no massacre de 1692 do clã …

Autópsia confirma causa da morte. Jeffrey Epstein enforcou-se com os lençóis

O relatório oficial da autópsia ao corpo de Jeffrey Epstein revelou, nesta sexta-feira, que o multimilionário norte-americano se suicidou, enforcando-se com os lençóis da sua cela na prisão de Manhattan. Epstein estava preso a aguardar pelo …

Depois de 10 horas de reunião, não há acordo. Greve mantêm-se

Foram mais de dez horas de reunião entre os representantes do Sindicato Nacional dos Motoristas de Matérias Perigosas e o ministro das Infraestruturas, Pedro Nuno Santos, que terminaram na madrugada deste sábado sem acordo. A …

Descoberto novo órgão sensorial no corpo humano

Uma equipa de investigadores do Instituto Karolinska, na Suécia, descobriu um novo órgão sensorial na pele capaz de detetar estímulos mecânicos dolorosos, tal como picadas ou impactos. A descoberta do Instituto Karolinska, uma das maiores e …

"Mundo Jurássico" de vulcões encontrado sob a Austrália

Uma equipa de cientistas acaba de descobrir um "Mundo Jurássico" com cerca de 100 vulcões antigos enterrados sob as bacias de Cooper-Eromanga, na Austrália, noticia esta semana a Europa Press. Segundo a agência noticiosa, está …

Cientistas "recrutam" bactérias para mineração extraterrestre

Uma equipa de astrobiólogos da Agência Internacional Europeia enviou 18 estripes diferentes de bactérias para a Estação Espacial Internacional (EEI), visando determinar se é viável avançar para a bio-mineração extraterrestre num ambiente sem gravidade. De acordo …

O buraco negro que vive no coração da Via Láctea brilha muito mais do que o normal (e ninguém sabe porquê)

Uma equipa de cientistas da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos, observou que Sagitário A * (Sgr A *), o buraco negro supermassivo que vive no coração da Via Láctea, brilha 75 vezes mais que …

Descobertos desenhos de “O Principezinho” numa casa na Suíça

Desenhos de “O Principezinho”, criados pelo escritor francês Antoine de Saint-Exupéry para o seu livro, foram descobertos numa casa antiga no norte da Suíça, guardados por um magnata do imobiliário, entre milhares de obras de …