“O euro nunca esteve tão ameaçado”

worldbank / Flickr

Bruno Le Maire, ministro das Finanças francês

“O euro nunca esteve tão ameaçado.” A frase é do ministro das Finanças francês e surge depois de o vice-primeiro-ministro italiano, Matteo Salvini, ter dado como certa a morte do euro.

O ministro da Economia francês, Bruno Le Maire, considerou esta terça-feira que o euro “nunca esteve tão ameaçado”, devido ao risco de crise económica associado a guerras comerciais e ao desejo de alguns dirigentes europeus de acabarem com a moeda única.

“Há os que consideram como eu que o euro está agora ameaçado. Nunca esteve tão ameaçado”, declarou Le Maire num encontro com jornalistas, mencionando também “o risco de sobreavaliação de ativos e o regresso de uma crise financeira”. “Mas a nossa moeda comum está sobretudo ameaçada politicamente, dado que muitos líderes europeus não escondem o desejo de ver o euro desaparecer”, sublinhou.

O ministro francês disse ter ouvido com atenção as declarações em Roma de Matteo Salvini, vice-primeiro-ministro italiano e dirigente da extrema-direita, prevendo “a morte” do euro. “Não é o que se pode chamar de um forte apoio à nossa moeda comum”, apontou.

“Salvini é apoiado por Le Pen, por outros conservadores radicais da Europa e eles fizeram uma escolha que tem o mérito de ser clara, que é o desaparecimento do euro e o regresso às moedas nacionais”, assegurou o ministro francês, a poucos dias de eleições que podem reforçar a presença de nacionalistas de extrema-direita no Parlamento Europeu, segundo as sondagens.

O euro também está ameaçado por causa do “risco de crise económica que pode surgir com a guerra comercial entre a China e os Estados Unidos“, segundo Le Maire.

O conflito comercial sino-norte-americano entrou numa nova fase com a interdição de fornecimento de componentes e serviços tecnológicos dos Estados Unidos ao fabricante de telemóveis chinês Huawei.

Segundo o ministro francês, os Estados Unidos mostram-se também “hostis quanto ao reforço da construção europeia e apostam na divisão entre países europeus, tentando pôr a Alemanha contra a França e a França contra a Alemanha”. Por sua vez, a França quer reforçar a zona euro e conta que sejam “aceleradas” decisões concretas após as eleições europeias.

Bruno Le Maire precisou que Paris e Berlim vão apresentar em Bruxelas no final de junho um “documento detalhado sobre o funcionamento do orçamento da zona euro”, um contributo para reforçar a moeda europeia.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Arqueólogos descobriram (e partiram) um ovo com mil anos

Uma equipa de arqueólogos descobriu, na antiga zona industrial de Yavneh, em Israel, um ovo de galinha com mil anos. O ovo estava enterrado no subsolo, onde se manteve preservado durante cerca de mil anos até …

"Já estamos na quarta vaga" e Lisboa é o motor. Especialistas pedem restrições imediatas

Especialistas pedem restrições para a região de Lisboa e Vale do Tejo. Carlos Antunes defende que "já estamos na quarta vaga" e que Lisboa é o motor. Lisboa já passou o patamar dos 240 casos por …

Cessar-fogo quebrado. Israel lança ataque aéreo na Faixa de Gaza

O cessar-fogo entre Israel e Hamas foi quebrado na madrugada desta quarta-feira. Os israelitas lançaram um ataque aéreo na Faixa de Gaza depois de, segundo dizem, terem sido lançados balões incendiários a partir deste território. …

"Síndrome de Maria Antonieta". Condição que torna o cabelo branco repentinamente pode ter explicação

Os últimos meses da vida de Maria Antonieta foram extremamente desgastantes, sendo que a onda de acontecimento negros culminou com a sua morte. Os livros de história contam que este cenário fez com que a …

Von der Leyen vem a Lisboa dar "luz verde" ao PRR. Plano é “ambicioso e robusto” (e pode avançar já na próxima semana)

A presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, vai estar hoje em Lisboa para anunciar formalmente a aprovação do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) de Portugal. Von der Leyen vai “entregar pessoalmente ao primeiro-ministro, …

Biden e Putin reúnem-se em Genebra em busca de relação "estável e previsível"

A Ucrânia, a Bielorrússia, o destino do opositor russo detido Alexei Navalny, e os ciberataques são os temas da cimeira e o debate prevê-se áspero e difícil. A cimeira vai decorrer na cidade suíça de Genebra …

Testes recomendados em casamentos e batizados, eventos desportivos e empresas

Os testes à covid-19 passam a ser recomendados em eventos familiares com mais de dez pessoas, como casamentos e batizados, eventos culturais e desportivos, serviços públicos e empresas, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS). A norma, …

"Terramotos lentos" podem ajudar a ciência a prever grandes tremores

Prever um terramoto é impossível com o conhecimento e a tecnologia atuais, mas várias pesquisas realizadas nos últimos anos permitiram aos especialistas chegar mais perto de identificar certas condições para que ocorra um abalo. Os especialistas …

Filhotes espaciais. Espermatozoides de ratos armazenados na EEI geram crias saudáveis

Investigadores japoneses descobriram que espermatozoides de ratos expostos a altos níveis de radiação cósmica, durante quase seis anos, criaram uma grande ninhada de "filhotes espaciais" saudáveis ​​e normais. De acordo com o novo estudo, publicado na …

"Exoplanetas desonestos" à espreita no espaço podem ter luas habitáveis

As evidências sugerem a existência de uma vasta população de "exoplanetas desonestos" à deriva - que não estão presos a nenhuma estrela. Os cientistas acreditam que esses exoplanetas não serão habitáveis, mas o mesmo não …