EUA aproveitaram ataque à Síria para estrear míssil invisível

Os EUA estrearam um novo tipo de míssil, durante o ataque levado a cabo sobre instalações militares na Síria, conjuntamente com França e Reino Unido. Trata-se de um míssil furtivo de longo alcance conhecido por JASSM-ER.

Os mísseis de cruzeiro AGM-158 Joint Air-to-Surface Stand-off Missiles, mais conhecidos pela sigla JASSM-ER, foram utilizados pela primeira vez em combate na Síria, pelo exército dos EUA, depois de terem ficado operacionais no início deste ano, avança o The Times.

Durante o ataque à Síria, na resposta ao uso de armas químicas por parte do regime de Bashar Al-Assad, foram usados 19 JASSM-ER, lançados de dois bombardeiros B-1.

Estes mísseis, conhecidos como invisíveis, dadas as suas capacidades furtivas, terão ajudado a destruir o centro de pesquisa e desenvolvimento de armas químicas em Barzeh, próximo de Damasco.

Fabricados por uma das maiores empresas de armamento do mundo, a Lockheed Martin, os JASSM-ER “têm um alcance mais de duas vezes superior a qualquer outra arma lançada do ar que foi usada na operação na Síria”, frisa o The Times.

Estes mísseis, com 4,5 metros de comprimento, têm um alcance de mais de 1000 km, contendo meia tonelada de explosivos, segundo dados recolhidos pelo jornal El Mundo.

O longo alcance é uma das suas maiores vantagens, o que permite proteger o avião que os dispara das defesas anti-aéreas inimigas.

Estes mísseis furtivos são guiados por satélites e por infra-vermelhos, e controlados por um programa de computador que lhes permite “reconhecer por onde estão a ir e, se for necessário, corrigir o rumo”, destaca o El Mundo. Assim, são considerados uma arma altamente precisa.

O ataque conjunto dos Estados Unidos, do Reino Unido e de França à Síria terá custado entre 73 e 143 milhões de euros, ainda segundo o El Mundo.

Além dos 19 JASSSM-ER, que custam cerca de 1,4 milhões de dólares cada um, os EUA também lançaram 66 Tomahawk que custam entre 700.000 e 1,87 milhões de dólares por unidade.

A França e a Grã-Bretanha dispararam 17 SCALP EG / Storm Shadow, mísseis Terra-Ar de longo alcance que foram desenvolvidos para visar alvos estáticos no solo e que custam cerca de 850 mil euros por unidade. A França ainda lançou 3 MdCN, a versão naval dos mísseis Storm Shadow, que são lançados do mar e que custam 2,5 milhões de euros cada um.

ZAP //

PARTILHAR

9 COMENTÁRIOS

  1. Mais uma peça na revelação de tecnologia secreta. Para quando a revelação da tecnologia que vai ajudar a Humanidade a sair desta sociedade prisão?!… Energia Livre, máquinas de água potável, replicadores, etc?
    FULL DISCLOSURE agora!

  2. É interessante como o jornalista que escreveu esta peça escreve:” na resposta ao uso de armas químicas pelo regime de Assad” enquanto é exactamente este ponto que ainda não foi provado. Pessoalmente teria acrescentado a palavra “suposto”. Enfim talveza linha editorial do aeiou permita que se tome essas liberdades com a verdade.

  3. Afnal nao é só a russia que possui misseis invisiveis, e são tão invisiveis que ninguem os vê. A russia perdeu uma grande oportunidade de testar os seus novos misseis, segundo putin, no afundamento de algumas plataformas de lançamento. Putin acobardou-se aos eua, essa é a grande verdade que vai passar à historia. Putin é só garganta. Estou muito desiludido.

    • Acobardou-se?? Está enganado. Chama-se bom senso. É de longe o político com mais carácter e inteligencia da actualidade. Que sabe o senhor ou qualquer um de nós aqui comentadores de bancada daquilo que alguém como Putin sabe? Ainda bem para si, para mim e para todos que Putin nada fez. ( De visível….) No dia que fizer…., Será muito mais para todos. E é bom que não o ponham à prova muitas vezes.

    • Aliás, os milhões de dólares usados em guerras, podiam matar a fome, dar abrigo, eletricidade e água potável a muito boa gente.

RESPONDER

Pedidos de nacionalidade portuguesa aumentaram 50% em dois anos

Nos últimos dois anos, o número de pedidos de nacionalidade portuguesa aumentou cerca de 50%, avança o jornal Público esta segunda-feira. Se em 2016 foram 117.629 os cidadãos estrangeiros que pediram a nacionalidade portuguesa, em 2018 …

Não há democracia na Coreia do Norte? "É uma opinião", diz Jerónimo

Jerónimo de Sousa evitou classificar o regime de Kim Jong-un em termos "de ser ou não ser" uma democracia. A Coreia do Norte é ou não uma democracia? "É uma opinião", respondeu Jerónimo de Sousa. Numa …

Afinal, o esparguete à bolonhesa não existe

Quando se trata de refeições italianas clássicas, a maioria das pessoas pensa em pratos simples como uma pizza Margherita, lasanha e esparguete à bolonhesa. Contudo, segundo Virginio Merola, presidente de Bolonha, em Itália, o esparguete à bolonhesa …

Javalis tomaram o lugar dos coelhos. "Muitos animais estão doentes"

Para já, não há perigo de saúde pública, mas os javalis carregam doenças que podem passar a outros animais. Se antes se matavam mil coelhos, abatem-se agora 10 javalis. Jacinto Amaro, presidente da Fencaça - Federação …

Maduro prepara reestruturação do Governo venezuelano

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, pediu aos ministros do seu Governo que ponham os seus cargos à disposição, a fim de impulsionar uma "reestruturação profunda" do Executivo. O anúncio foi feito este domingo através do …

"Cojones" de Ronaldo valem-lhe processo disciplinar da UEFA

A UEFA abriu um processo disciplinar a Cristiano Ronaldo pelo seu festejo na vitória por 3-0 frente ao Atlético Madrid. O gesto ousado do português após marcar o terceiro golo na partida foi uma resposta …

Olimpíadas de Tóquio terão robôs a ajudar pessoas em cadeira de rodas

As Olimpíadas de Tóquio, que decorrem em 2020, podem vir a ficar conhecidas como os "Jogos dos Robôs", devido aos robôs que serão usados ​​no novo Estádio Nacional para ajudar os apoiantes em cadeiras de …

Banco de Portugal quer obrigar bancos a reduzir custos de transferências imediatas

O Banco de Portugal quer que a banca implemente práticas que reduzam o preço das transferências imediatas, de forma a aumentar a sua adoção. Estas são transações monetárias de uma conta para outra, efetuadas num …

Holanda investiga morte de milhares de doentes mentais na II Guerra Mundial

A Holanda vai investigar as circunstâncias em que milhares de pessoas com incapacidades e doenças mentais morreram nos hospitais psiquiátricos do país na II Guerra Mundial, um número que é desconhecido, divulgou a imprensa local. "Não …

Roubo, sequestro e violação. PJ descortinou 210 crimes inventados nos últimos cinco anos

Nos últimos cinco anos, a Polícia Judiciária descortinou que 210 investigações lançadas após denúncias de alegados lesados eram, na verdade, invenções. De acordo com o Jornal de Notícias, que avança a notícia, os delitos mais …