ETA pede desculpa às vítimas e agenda dissolução para 5 de Maio

“Causámos muita dor e danos irreparáveis, queremos mostrar o nosso respeito aos mortos, feridos e vítimas das ações da ETA. Lamentamos muito”, declara a organização separatista basca.

Esta sexta-feira, a organização separatista basca ETA – de Euskadi Ta Askatasuna (Pátria Basca e Liberdade) – reconheceu os “danos causados” e a “responsabilidade direta” no “sofrimento excessivo” da sociedade basca durante décadas, pelos quais pede “sinceras desculpas”.

“Causamos muita dor e danos irreparáveis, queremos mostrar o nosso respeito aos mortos, feridos e vítimas das ações da ETA. Lamentamos muito“, declarou a organização, num comunicado divulgado por jornais espanhóis.

No comunicado, a ETA reconhece que tem “responsabilidade direta” no sofrimento excessivo de décadas da sociedade basca, com “mortos, feridos, torturados, sequestrados ou forçados a fugir para o exterior”, algo que “nunca devia ter acontecido, nem se devia ter prolongado por tanto tempo”.

Alem disso, é também pedido perdão às “vítimas alheias ao conflito”, “consequência de erros”, e às suas famílias.

Ao longo de cinco décadas de atividade armada, a organização separatista basca ETA causou a morte a mais de 850 pessoas.

ETA já tem data para acabar

Em fevereiro, a ETA anunciou que ia pedir aos seus membros que votassem sobre a possibilidade de dissolver o grupo. Esta quinta-feira, a televisão pública ETB anunciou que essa decisão foi mesmo tomada. Quase meio século de luta armada depois, a organização separatista basca ETA vai anunciar a sua dissolução.

Durante uma cerimónia em França, no dia 5 de maio, a ETA deixará de existir oficialmente.

Esta sexta-feira vai ser convocada uma conferência de imprensa da organização Bake Bidea, em Iparralde, no sudoeste francês, na qual se anunciará “um evento” de alcance internacional a realizar em Bayona, para o qual vão ser convidados instituições, como o governo basco, partidos políticos e sindicatos.

Apesar de estas fontes desconhecerem os termos exatos que a ETA vai empregar para divulgar a sua dissolução, o anúncio vai acontecer em 5 de maio. Na conferência de imprensa vão estar dirigentes do Bake Bidea, do Fórum Social e do Grupo Internacional de Contacto (GIC).

Por outro lado, fontes do governo basco declararam que, de momento, não vão participar “em especulações nem sobre prazos, nem sobre cenarizações” e que se pronunciarão quando ocorrer uma decisão da ETA.

Em 8 de abril, o líder da EH Bildu, Arnaldo Otegi, anunciou em Bayona, a propósito do primeiro aniversário do desarmamento da ETA, que esta iria dar “novos passos” nas próximas semanas e nos próximos meses.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Hernâni marca no final do prolongamento e apura FC Porto para as 'meias' da Taça

O FC Porto, da I Liga, apurou-se hoje para as meias-finais da Taça de Portugal em futebol, após derrotar no prolongamento o Leixões, da II Liga, por 2-1, com Hernâni a fazer o golo do …

Eleito o destino turístico mais barato para 2019 (e Portugal fica à espreita)

O complexo Sunny Beach, na Bulgária, foi eleito o destino mais barato para turistas em 2019, de acordo com um estudo levado a cabo pela British Post Office, que analisou preços dos 42 pontos turísticos mais …

Netflix está a ser processada por causa de "Bandersnatch"

O episódio interativo de Black Mirror, que estreou no final do ano passado, não agradou à Chooseco, a editora responsável pela série de livros Escolhe a tua Aventura. A 28 de dezembro estreou o mais recente …

Piloto belga "admitiu" ter assassinado o secretário-geral da ONU em 1961

Dag Hammarskjöld, secretário-geral da ONU, morreu na queda de um avião quando tentava negociar a paz no Congo, e o desastre continua a ser investigado até hoje É um mistério com mais de cinco décadas cujo …

Acordo para o Brexit chumbado. Plano de May esmagado no Parlamento

O Parlamento britânico chumbou, por uma esmagadora maioria, o acordo de saída da União Europeia negociado pela primeira-ministra Theresa May. O líder da oposição, o trabalhista Jeremy Corbyn, aproveitou a derrota histórica de May para …

Senador italiano chamou “orangotango” a antiga ministra e foi condenado a pena suspensa

A justiça italiana condenou esta segunda-feira o senador da extrema direita Roberto Calderoli a 18 meses de prisão, com pena suspensa, por comparar, em 2013, a ministra da Integração, Cécile Kyenge, com um "orangotango". O tribunal …

Num restaurante do Dubai, deixar comida no prato dá multa (e é mais cara que a refeição)

Com o Dubai a tornar-se mais consciente do desperdício de alimentos, um restaurante lembrou-se de uma maneira de fazer com que os clientes não deixem comida no prato. O restaurante Gulou Hotpot, em Al Barsha, uma …

Roma e a Igreja em guerra milionária por causa das moedas da Fontana di Trevi

As moedas que os turistas lançam à Fontana di Trevi, um dos rituais mais populares entre quem visita Roma, está a causar problemas na relação entre a Igreja e a capital italiana. A câmara de Roma …

Frente Comum marca greve nacional da função pública

Os sindicatos da Frente Comum da Administração Pública decidiram marcar uma greve nacional para o dia 15 de fevereiro, anunciou Ana Avoila no final de um plenário realizado esta terça-feira em Lisboa. “Foi decidido marcar um …

A Coreia do Norte já não é "inimiga" da Coreia do Sul

A Coreia do Sul deixou de apelidar os militares norte-coreanos de "inimigos" no documento bienal da Defesa divulgado esta terça-feira, num aparente esforço para prosseguir a reconciliação com Pyongyang. O documento oficial do Ministério da Defesa …