Estudo mostra que é mesmo possível desviar a órbita de um asteroide

Touchstone Pictures

Afinal, Bruce Willis poderia mesmo parar um asteroide do tamanho do Texas? (Armageddon, Michael Bay, 1998)

Afinal, Bruce Willis conseguiria realmente parar um asteroide do tamanho do Texas? (Armageddon, Michael Bay, 1998)

Usar um projétil para desviar a órbita de um asteroide e evitar um confronto com a Terra seria possível, dependendo da sua composição, densidade e estrutura interna, revela um estudo do Instituto de Estudos do Espaço (IEE-CSIC).

O estudo, publicado na revista “The Astrophysical Journal”, fornece informações sobre os efeitos que teria o impacto de um projétil sobre um asteroide.

A investigação, que tem como objetivo investigar como é que seria possível desviar um asteroide para que não chegue a colidir com a Terra, centrou-se no asteroide Chelyabinsk, que explodiu em 2013 sobre o céu da Rússia, após atravessar a atmosfera.

Os cientistas do IEE-CSIC realizaram as medições das propriedades mecânicas do asteroide no laboratório de nanoindentação liderado por Jordi Sort, da Universidade Autónoma de Barcelona, em Espanha.

Segundo os resultados deste estudo, a composição, a estrutura interna, a densidade e outras propriedades físicas do asteroide são fundamentais para determinar o êxito de uma missão na qual seria lançado um projétil para desviar a órbita de um asteroide perigoso.

O Meteorito de Cheliabinsk

No dia 15 de fevereiro de 2013, um asteroide de aproximadamente 18 metros de diâmetro explodiu sobre a cidade russa de Chelyabinsk, criando milhares de meteoritos que caíram na Terra e libertaram a energia de várias bombas atómicas.

A fragmentação do meteorito de Chelyabinsk na atmosfera da Terra demonstrou que o nosso planeta atua como um escudo eficiente, embora mais de mil meteoritos com uma massa total superior a uma tonelada tenham atingido o solo.

Apesar de ser um asteroide pequeno, a onda de choque que ocorreu quando o objeto penetrou na atmosfera a uma velocidade supersónica causou centenas de feridos e grandes danos materiais.

O meteorito Chelyabinsk é de uma classe conhecida como condrito ordinário e foi escolhido para ser analisado porque, de acordo com os cientistas, pode ser considerado representativo dos materiais que compõem a maioria de asteroides potencialmente perigosos para a Terra.

Segundo os especialistas, estes asteroides sofreram várias colisões antes de alcançar a Terra e, por isso, os minerais que os compõem estão misturados e aumentam a sua consistência.

Assim, o que até agora não passava de uma ideia para guiões de filmes de ficção científica como Armageddon e Impacto Profundo fará suspirar de alívio quem acreditar no cientista russo que diz um asteroide vai destruir o nosso planeta já este mês.

ZAP // EFE

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Empresa de mineração pede desculpa por destruir cavernas sagradas aborígenes

A empresa mineira Rio Tinto admitiu que destruiu as cavernas pré-históricas que eram locais de culto para os aborígenes australianos e pediu desculpa. As cavernas de pedra Juukan Gorge 1 e 2 – dois locais de …

Itália exige "respeito": vai abrir fronteiras, mas excluir países que impõem restrições a italianos

Apesar de acredita "no espírito europeu", o ministro dos Negócios Estrangeiros italiano sublinhou que o país está pronto "para fechar as fronteiras" àqueles que não o respeitem. A Itália vai abrir as suas fronteiras internacionais a …

As Forças Armadas sul-africanas não estavam preparadas para um inimigo invisível

A Força de Defesa Nacional da África do Sul não está preparada para combater uma pandemia silenciosa como a da covid-19. Este "inimigo invisível" veio trazer à tona as fragilidades do país. As Forças Armadas da …

Putin convoca referendo sobre alterações constitucionais para 1 de julho

A aprovação da reforma constitucional permitirá ao atual Presidente da Rússia, Vladimir Putin, cumprir mais dois mandatos suplementares a partir de 2024. Vladimir Putin anunciou a data de 1 de julho para o referendo nacional de …

Depois das máscaras e do gel, procura por acrílico dispara

À semelhança do que aconteceu com as máscaras de proteção e com o álcool-gel, a procura mundial por acrílico está a aumentar. Primeiro foram as máscaras e o desinfetante em gel, mas agora há um novo …

Real Madrid não volta ao Santiago Bernabéu até final da temporada

O Real Madrid vai disputar os restantes jogos da Liga espanhola de futebol na condição de visitado no estádio Alfredo di Stéfano, no centro de treinos merengue. Segundo a agência EFE, Florentino Pérez enviou uma carta …

Metade das empresas que aderiram ao teletrabalho tenciona mantê-lo

A pandemia veio mudar a forma como trabalhamos. Quase metade das empresas que aderiram ao teletrabalho tenciona manter a atividade, ou parte dela, em regime de trabalho remoto.  De acordo com um inquérito da CIP - …

"Muitos de vocês são fracos". Trump critica ação dos governadores durante protestos

O Presidente dos Estados Unidos ridicularizou alguns governadores estaduais por serem "fracos" e exigiu-lhes que tomem medidas duras contra os manifestantes, após mais uma noite de violência em diversas cidades. Donald Trump conversou com os governadores, …

O vírus "não desapareceu". DGS apela para responsabilidade dos adeptos de futebol

Graça Freitas apelou aos adeptos de futebol para que respeitem as regras da Direção-Geral da Saúde, sublinhando que não podem existir ajuntamentos junto aos estádios e concentrações de pessoas em cafés ou em outros locais. Durante …

PSD junta-se ao Bloco e PCP e pede apreciação parlamentar do decreto das PPP na Saúde

O PSD pediu a apreciação parlamentar do decreto-lei que regulamenta a criação de parcerias público-privadas (PPP) na Saúde. O maior partido da oposição junta-se assim ao Bloco de Esquerda e PCP, embora com motivos diferentes. Os sociais-democratas …