“Geração perdida”. Educação em risco de colapso em um quarto dos países do mundo, alerta estudo

Syed Aoun Abbas / Unsplash

Crianças em Quetta, no Paquistão

A educação de centenas de milhões de crianças está em risco de colapso devido a uma série de ameaças, incluindo a pandemia de covid-19 e a crise climática, revelou um relatório divulgado esta segunda-feira.

A Organização das Nações Unidas (ONU), citada pelo Guardian, estima que, pela primeira vez na história, cerca de 1,5 mil milhões de crianças estiveram fora da escola durante a pandemia, com pelo menos um terço incapaz de aceder ao ensino à distância.

O relatório da Save the Children, esta segunda-feira publicado, revelou que os sistemas escolares de um quarto dos países do mundo – a maioria na África Subsaariana – correm alto extremo ou extremo de colapso. Há oito países nesta última categoria, incluindo a República Democrática do Congo, a Nigéria, a Somália e o Afeganistão.

Na análise verificou-se a vulnerabilidade dos sistemas escolares como resultado de uma série de fatores – cobertura de vacinação contra o coronavírus, crise climática e ataques físicos, entre outros -, constatando que 40 países – como Iémen, Burkina Faso, Índia, Filipinas e Bangladesh – têm um alto risco de colapso.

“Já sabemos que as crianças mais pobres são as que mais sofreram com o encerramento das escolas por causa da covid-19. Infelizmente, a covid-19 é apenas um dos fatores que colocam a educação – e a vida das crianças, hoje e amanhã – sob ameaça”, disse Gwen Hines, diretora executiva da Save the Children no Reino Unido.

“Precisamos aprender com essa experiência terrível e agir agora (…) Precisamos construir ‘para a frente’ e de forma diferente, usando isso como uma oportunidade de esperança e mudança positiva”, continuou.

Segundo a Unicef, devido à covid-19, mais de 100 milhões de crianças permanecem fora das salas de aula, em 16 países. Entre 10 e 16 milhões correm o risco de não voltar à escola. O diretor global de educação da organização, Rob Jenkins, disse que mesmo antes da pandemia, grande parte do mundo vivia uma crise de aprendizagem.

“Agora corremos o risco de perder uma geração de alunos”, com “implicações para a vida toda, a menos que avancemos para programas de recuperação que ofereçam apoio total e abrangente às crianças – não apenas para o seu aprendizado, mas também para a sua saúde mental, suporte nutricional” e “proteção”, sublinhou.

  Taísa Pagno //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Cientistas estão a plantar mesas de xadrez de corais para restaurar recifes - e contam com a ajuda de garrafas de Coca-Cola

Nas últimas três décadas, os recifes de coral têm sofrido uma grande tensão e consequente destruição, devido ao impacto das alterações climáticas. Agora, os cientistas querem minimizar os danos e já encontraram uma solução. O objetivo …

Belenenses 0-4 Sporting | Melhor o resultado que a lesão

O Sporting, da I Liga, venceu hoje o Belenenses, do Campeonato de Portugal, por 4-0, em jogo da terceira eliminatória da Taça de Portugal de futebol, garantindo o apuramento para a próxima fase da competição. No …

Sintrense 0-5 FC Porto | Dragões goleiam e seguem em frente na Taça

O FC Porto, da I Liga, venceu hoje o Sintrense, do Campeonato de Portugal, por 5-0, em jogo da terceira eliminatória da Taça de Portugal de futebol, e segue em frente na competição. A jogar em …

Nova tecnologia usa calor dos estacionamentos subterrâneos para aquecer apartamentos

A startup Enerdrape, que funciona dentro da Escola Politécnica de Lausanne (EPFL), na Suíça, desenvolveu uma tecnologia que aproveita o calor emanado pelo solo no aquecimento de apartamentos. Quase 60% do aquecimento utilizado nos edifícios residenciais …

Pela primeira vez, um drone transportou os pulmões de um dador em segurança. Voo demorou seis minutos

Pela primeira vez na história da medicina, um drone aéreo transportou os pulmões de um dador com rapidez e segurança entre dois hospitais. O voo, que durou apenas seis minutos, ocorreu no passado dia 25 de …

Grupo de hackers clonou a voz de empresário para roubar 35 milhões de dólares do banco

Um grupo de hackers clonou a voz do diretor de uma empresa, conseguindo assim roubar mais de 35 milhões de dólares de um banco nos Emirados Árabes Unidos. No início do ano passado, o gerente de …

Portugueses comem duas vezes mais do que o recomendando

Os portugueses consumiram, em média, duas vezes mais calorias do que o recomendando para um adulto entre 2016 e 2020, ano em que a pandemia provocou uma redução do consumo de alimentos diário, mas ainda …

Aos 95 anos, a rainha Isabel II terá de abdicar da sua bebida favorita

A monarca foi aconselhada pelos médicos a abdicar do seu habitual martini de fim de dia, em antecipação a uma fase de agenda especialmente preenchida. Com 95 anos, a rainha Isabel II tem tido uma semana …

Médicos vão avaliar estado mental do atacante da Noruega

A investigação ao ataque com arco e flecha que na quarta-feira fez cinco mortos na Noruega reforçou, até agora, a tese de um ato devido a doença, anunciou hoje a polícia norueguesa. “A hipótese que foi …

Há mais de 100 anos, o Hawai teve uma monarquia - mas a força da princesa Ka'iulani não chegou para a preservar

Antes de morrer, com apenas 23 anos, a princesa Victoria Ka'iulani foi a última herdeira da coroa havaiana. A jovem era uma das últimas esperanças em manter a monarquia viva, mas nem a sua determinação …