Estudantes negam acusações de vandalismo em Coimbra

foto: Abulic Monkey / flickr

foto: Abulic Monkey / flickr

Os antigos inquilinos da República 5 de Outubro, em Coimbra, extinta em novembro, recusaram no domingo as acusações de vandalismo por parte do senhorio, considerando-as uma tentativa de denegrir a imagem das repúblicas de estudantes.

Em comunicado de imprensa, os últimos inquilinos afirmam estar de “consciência tranquila quanto aos factos” de que são acusados, referindo que os moradores da República 5 de Outubro (um apartamento) “sempre zelaram pela casa onde, durante 43 anos, habitaram”, realizando, ao longo dos anos, “obras de caráter urgente e indispensável”.

A República 5 de Outubro viu a renda ser aumentada de 12,5 euros para 764 euros, a 01 de agosto, tornando-se “impossível” para os últimos quatro repúblicos pagarem a renda, saindo ao fim de três meses de incumprimento.

A proprietária do imóvel onde estava a República 5 de Outubro, recentemente extinta, em Coimbra, acusou, em novembro, os antigos inquilinos de destruírem o apartamento, em danos avaliados em mais de 50.000 euros.

As acusações, segundo os repúblicos, “visam proceder a um julgamento sumário, através da comunicação social, na tentativa de denegrir”, não só a imagem da República 5 de Outubro, mas, “inevitavelmente, de todas as repúblicas de Coimbra”.

“Durante os últimos anos, a senhoria encetou inúmeras tentativas de expulsar os moradores da República 5 de Outubro, através de ações judiciais que se revelaram infrutíferas”, afirmam no comunicado, frisando que só com a entrada em vigor da nova lei do arrendamento a senhoria “conseguiu concretizar os seus intuitos”.

O advogado da senhoria, Pedro Proença, afirmou à agência Lusa que a sua cliente verificou, na sequência da ação de despejo que decorreu no início de novembro, que “as canalizações em cobre tinham sido arrancadas, o quadro elétrico exterior à casa arrancado, assim como as louças sanitárias e elementos de iluminação no teto”.

A proprietária do imóvel onde estava a república pretende agora processar os antigos arrendatários por “prática de um crime de dano”.

O Conselho de Repúblicas de Coimbra exigiu, num comunicado divulgado a 28 de novembro, que quer “a anulação imediata da nova lei do arrendamento”, considerando que este novo regime pode levar ao encerramento de mais repúblicas.

/Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. As repúblicas em Coimbra não passam de albergues de parasitas que só querem viver á conta.
    Nos meus tempos de estudante em Coimbra tinha colegas que lá viviam e que se gabavam de viver á conta de tudo que era subsídio, o lema era chorar para poder mamar…
    Passavam o dia nos copos, para isso nunca lhes faltava dinheiro!
    Então estes 5 Okupas pagavam ao dono do imóvel mensalmente a g`rande quantia de 12.50 euros.
    A dividir pelos 5 dava 2.50 euros a cada um por mês… e ainda aqui vêm fazer de coitadinhos…
    Não tenho mais comentários para fazer, acho que está tudo dito, o que aqui vemos é uma vergonha…

RESPONDER

PayPal resiste à pandemia. Volume de pagamentos cresce 30% no segundo trimestre

O volume de pagamentos através do PayPal cresceu 30% no segundo trimestre. A empresa parece resistir à pandemia de covid-19, que abalou o setor das viagens, cujos pagamentos estão muitas vezes associados a meios eletrónicos. …

Quatro pessoas morreram nos Estados Unidos depois de beberem desinfetante para as mãos

Quatro pessoas morreram nos Estados Unidos depois de ingerirem desinfetante para as mãos à base de álcool, revelou um relatório do Centros de Controlo e Prevenção de Doenças (CDC) do país esta quarta-feira publicado. De …

Jim Hackett deixa a Ford após três anos de liderança

Ao fim de três anos como CEO da Ford, Jim Hackett será substituído por Jim Farley. Um mandato que fica marcado por problemas financeiros, de produção e pela morte dos três volumes e utilitários. O mandato …

Covid-19: Portugal tem mais 186 casos e quatro pessoas morreram desde sexta-feira

Portugal regista hoje mais quatro mortos e 186 novos casos de infeção por covid-19 em relação a sexta-feira, segundo o boletim diário da Direção-Geral da Saúde. De acordo com o relatório da DGS sobre a situação …

Versão americana da Eurovisão chega em 2021

O Festival Eurovisão da Canção — o maior espetáculo de entretenimento televisivo do mundo — vai chegar aos Estados Unidos no final do próximo ano. A novidade foi divulgada, esta sexta-feira (7), em comunicado oficial. A …

Contratações na TVI após apoios financeiros "suscitam preocupação"

O professor universitário e ex-ministro Miguel Poiares Maduro manifestou "preocupação" relativamente às contratações na TVI, da Media Capital, grupo que beneficia do apoio do Estado, através da compra antecipada de publicidade institucional. Em entrevista à Lusa, …

Invocando Sá Carneiro, Miguel Albuquerque também defende diálogo entre PSD e Chega

O Presidente do Governo Regional da Madeira, Miguel Albuquerque, defendeu que o PSD deve dialogar com vários partidos, incluindo o Chega de André Ventura. Depois de Rui Rio admitir em entrevista à RTP que poderá vir …

Sobe para 18 o número de mortos no acidente de avião na Índia

As autoridades indianas atualizara para 18 o número de mortes no acidente com o avião da Air India Express, que voava do Dubai para Kozhikode, no sul da Índia, e que se partiu em dois …

Luz verde para reabertura de centros de dia. DGS sugere dois metros de distância entre idosos

Os centros de dia vão poder reabrir a partir de 15 de agosto, mas de forma faseada e condicionados a uma avaliação prévia da Segurança Social e entidade de saúde local sempre que funcionem juntamente …

Vacina russa para a covid-19 preocupa cientistas. País pode estar a saltar etapas

Países de todo o mundo continuam na corrida por uma vacina contra a covid-19. A Rússia diz estar prestes a anunciar a vacina, deixando preocupada a comunidade científica, ao passo que Itália avança para os …