Estrangeiros interessados em abrir negócio no jazigo de António Nobre

dr scmp.pt

Jazigos no  Cemitério do Prado do Repouso, no Porto

Jazigos no Cemitério do Prado do Repouso, no Porto

Um jazigo que pertenceu ao poeta António Nobre à venda num site de imobiliário para estrangeiros atraiu interessados numa segunda habitação em Portugal ou em abrir um negócio dentro do cemitério, afirmou a agente.

“Já me telefonaram pessoas de vários países a perguntar se podiam ali abrir uma casa de chá ou de gelados“, revelou à Lusa a proprietária da agência Russell & Decoz Lda, Julie Russell.

Porém, salientou, apesar de estar anunciado no site britânico Rightmove como uma “propriedade distinta com um quarto“, o jazigo 1079 do Cemitério do Prado do Repouso, no Porto, não pode ter outro uso senão aquele para o qual foi destinado.

À venda por 47.500 euros, é descrito como “o destino supremo para família e amigos“, oferecendo acomodação para 12 pessoas “dormirem” numa “localização pacífica no centro do Porto” e que tem como vantagens baixos custos de manutenção e ser oferecido desocupado.

Na realidade, a construção em pedra resume-se a 2,8 metros de comprimento e largura com três prateleiras de cada lado que podem acolher seis caixões e mais uma câmara subterrânea com espaço para mais seis caixões.

Julie Russell, expatriada britânica cuja agência imobiliária está baseada em Moncarapacho, no Algarve, desde 1992, garante que o anúncio “é genuíno” e explica que o colocou por amizade ao proprietário, que reside localmente e que herdou o jazigo.

Porém, embora exista um mercado para a compra de jazigos em cemitérios portugueses, cujo preço pode ir até aos 65.000 euros, o túmulo que acolheu o famoso autor de “Só” não recebeu nenhuma proposta de compra séria durante os cerca de 10 anos em que está à venda.

Mesmo assim, a agente admite que o anúncio tem tido como consequência atrair potenciais clientes para outras propriedades, sobretudo aposentados britânicos, escandinavos e americanos interessados em residências para se instalarem no sul de Portugal.

O jazigo foi construído em 1907 pelo biólogo, académico e político Augusto Nobre, para acolher os restos mortais do irmão António Nobre, mas o corpo do poeta morto em 1900, e de outros membros da família, foi posteriormente transferido em 1946 para o cemitério de Leça da Palmeira, localidade onde tinha crescido.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

A Realidade Virtual pode ser a próxima terapia para tratar pânico, fobias e distúrbios

A Oxford VR, empresa britânica de realidade virtual, acaba de acumular mais de 13 milhões de euros para investir na terapia com a tecnologia do futuro. A companhia surgiu a partir do departamento de psiquiatria da …

Apple não deixa que vilões de filmes usem iPhones

A Apple não deixa que os vilões dos filmes de Hollywood usem os telemóveis iPhone no grande ecrã. Esta é apenas uma das empresas que não permite este tipo de coisa. Os filmes podem ter uma …

O coronavírus pode ser a "doença X" temida pelos especialistas

O coronavírus, que já matou 2.700 pessoas e infetou mais de 80 mil desde dezembro, está a tornar-se "rapidamente" no primeiro grande desafio pandémico do mundo, enquadrando-se nos moldes da "doença X" temida por especialistas. O …

Media Capital passou de lucros a prejuízos de 54,7 milhões

A Media Capital registou prejuízos de 54,7 milhões de euros no ano passado, contra lucros de 21,6 milhões de euros um ano antes, anunciou hoje a dona da TVI, que está em processo de compra …

Camas na classe económica dos aviões podem vir a tornar-se uma realidade

A companhia aérea neozelandesa Air New Zealand está a pensar incluir camas na classe económica de alguns dos seus voos mais longos. A ideia deverá avançar dentro de um ano. A companhia aérea neozelandesa Air New …

Temperatura do planeta pode estabilizar nos valores de há três milhões de anos

A temperatura no planeta pode estabilizar nos valores de há três milhões a cinco milhões de anos, caso a humanidade consiga estancar as emissões de gases com efeito de estufa até 2030, diz a especialista …

Operação Lex. Juiz Vaz das Neves arguido por corrupção e abuso de poder

O ex-presidente do Tribunal da Relação de Lisboa Vaz das Neves é arguido na Operação Lex por suspeitas de corrupção e abuso de poder relacionadas com a distribuição eletrónica de processos, disse à Lusa fonte …

Governo quer licenças de trabalho parcial pagas para pais no primeiro ano dos filhos

O Governo quer implementar licenças de trabalho parcial remuneradas para pais e mães de crianças no seu primeiro ano de vida, no âmbito do programa para a conciliação entre vida profissional e vida familiar e …

Covid-19. Portugal "tem de preparar-se para o pior" e ter plano de contingência

Ricardo Mexia, presidente da Associação Nacional de Médicos de Saúde Pública, defende que Portugal tem de se preparar para o pior e, por esta altura, já devia ser conhecido o plano de contingência em ação. "Convém …

Misteriosa mensagem esculpida numa rocha em França foi finalmente decifrada

A inscrição, gravada há 250 anos numa rocha na região francesa da Bretanha, foi finalmente decifrada graças a um concurso lançado pelo município. O mistério, que há muitos anos intrigava a comunidade científica e curiosos de …