Estivadores europeus param em solidariedade com os portugueses

sxc

-

Estivadores dos portos dinamarqueses, suecos, espanhóis e franceses paralisaram hoje durante duas horas em solidariedade com os seus camaradas portugueses, disse fonte sindical à Lusa, com base em confirmações obtidas até às 18:30.

As paralisações foram feitas por apelo de duas federações sindicais internacionais, a IDC – Conselho Internacional de Estivadores, no qual está filiado o Sindicato dos Estivadores português, e a ETF – Federação Europeia dos Trabalhadores dos Transportes, que acolhem todos os sindicatos dos vários tipos de trabalhadores portuários.

Em comunicado, o Sindicato dos Estivadores congratulou-se com a solidariedade, que atribuiu não só ao entendimento de que o que se passa em Portugal “é um balão de ensaio” para os portos “onde ainda existam estivadores profissionais”, como também ao entendimento da existência de riscos em descarregar navios por trabalhadores precários.

“Ninguém vai arriscar a vida a descarregar um navio carregado às cegas, sem garantias de segurança e onde, ao mínimo descuido, poderão acontecer danos humanos e materiais tão trágicos como irreversíveis”, pormenoriza a estrutura sindical.

No texto, o sindicato adiantou que “não se opõe a novas contratações”, até porque “há anos que as reclama”, mas “exige que a reintegração dos trabalhadores despedidos no último ano seja prioritária”.

O Sindicato de Estivadores decidiu em 31 de janeiro prolongar as greves no porto de Lisboa até ao dia 24 de fevereiro.

Os estivadores estão contra o recurso a novos trabalhadores, depois de terem sido despedidos 47 em 2013, e contestam sobretudo o novo operador Porlis.

“O que está em causa é a tentativa de introduzir uma nova empresa com o objetivo de provocar a insolvência da atual”, declarou à Lusa o presidente do Sindicato dos Estivadores, Trabalhadores do Tráfego e Conferentes Marítimos do Centro e Sul de Portugal, António Mariano.

Na semana de 03 a 10 de fevereiro, os estivadores no turno das 08:00 às 10:00 vão parar o trabalho “para as empresas sócias da Porlis, maioritariamente pertencentes ao grupo Mota-Engil”.

As paralisações tiveram início no dia 27 de janeiro e já motivaram uma carta aberta das três associações de operadores portuários ao sindicato.

No documento, a que a Lusa teve acesso, os operadores dizem que receberam com “enorme surpresa e forte indignação” os pré-avisos, o que consideraram ainda mais surpreendente quando estes surgem “em pleno decurso do processo negocial de revisão do Contrato Coletivo de Trabalho, que se desenvolvia com toda a normalidade”.

“Parece-nos de uma enorme irresponsabilidade que, estando próximos de um acordo sobre matérias fundamentais e prontos para a admissão, no imediato, de mais 18 trabalhadores para o setor, tenha essa direção sindical decidido dinamitar novamente esse entendimento. Só interpretamos tal atitude como uma manifesta e inconfessável forma de não quererem uma paz social no porto de Lisboa”, consideram a A-ETPL – Associação–Empresa de Trabalho Portuário (ETP) Lisboa, a AOP – Associação Marítima e Portuária e a AOPL – Associação de Operadores do Porto de Lisboa.

Os operadores dizem também que estas greves pretendem “defender o interesse de apenas alguns”, além de que consideram que põem em causa “milhares de postos de trabalho” dependentes das operações dos portos e a “inversão do ciclo económico”, assim como o “abastecimento regular das Regiões Autónomas”.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Durante um ano e meio, uma aldeia inteira perdeu a Internet todos os dias à mesma hora (e já se sabe porquê)

Durante 18 meses, os residentes de uma vila no País de Gales perderam a Internet todos os dias à mesma hora. Agora, engenheiros identificaram o motivo: uma televisão em segunda mão que emitia um sinal …

Gado na UE produz 704 milhões de toneladas de CO2 (mais do que todos os transportes juntos)

De acordo com uma nova análise da Greenpeace, animais de criação como vacas, porcos e outros, estão a emitir mais gases com efeito de estufa na Europa do que todos os transportes juntos. Na última década, …

É distraído e está sempre a perder a carteira? A Cashew Smart Wallet é para si

Uma simples carteira pode vir a melhorar os seus dias. A Cashew Smart Wallet é dotada de uma tecnologia de bluetooth que permite proteger os seus bens e ainda o ajuda caso a perca por …

Desportivo das Aves SAD desiste do Campeonato de Portugal

O Desportivo das Aves SAD vai abdicar da participação no Campeonato de Portugal (CdP), após ter falhado as negociações com o Perafita para utilizar as instalações do clube de Matosinhos. "As inscrições fechavam ontem [terça-feira] e …

Celebridades doam dinheiro para pagar dívidas a ex-presos impedidos de votar nos EUA

O bilionário Michael Bloomberg, o cantor John Legend e o basquetebolista LeBron James são algumas das celebridades que estão a doar dinheiro para pagar dívidas de ex-presidiários da Florida, impedidos de votar nas próximas eleições …

No debate sobre o Plano de Recuperação, evocou-se Sócrates e Passos

O líder do PSD questionou o primeiro-ministro se pretende "fomentar o desemprego" com o aumento do salário mínimo. O chefe do Governo manifestou-se "completamente perplexo". Na abertura do debate sobre o Plano de Recuperação e Resiliência, …

380 baleias morreram encalhadas na Austrália. Este é o maior incidente registado no país

Morreram pelo menos 380 baleias-piloto presas numa baía remota da Tasmânia. Apesar dos intensos esforços para tentar salvá-las não foi possível evitar este cenário, informou hoje um responsável pelos serviços de socorro. "Temos um número mais …

Ansu vale 400 milhões e é "sucessor" de Lopetegui

A figura mais recente do Barcelona e do futebol espanhol entrou oficialmente na equipa principal e, por isso, a cláusula de rescisão "disparou". Em Barcelona continua-se a falar muito sobre Luis Suárez. Depois de Lionel Messi, …

Deputados chumbam divulgação imediata e integral da auditoria ao Novo Banco

Os deputados da Comissão de Orçamento e Finanças (COF) rejeitaram, esta quarta-feira, o requerimento do Bloco de Esquerda (BE) para divulgação pública imediata e integral do relatório de auditoria especial ao Novo Banco enviado pelo …

Bélgica recoloca Lisboa e região Centro no "vermelho"

As autoridades belgas aliviaram ligeiramente as medidas restritivas no quadro da pandemia da covid-19, apesar do aumento do número de casos, esta quarta-feira, e recolocaram a área metropolitana de Lisboa e a região centro de …