Estivadores europeus param em solidariedade com os portugueses

sxc

-

Estivadores dos portos dinamarqueses, suecos, espanhóis e franceses paralisaram hoje durante duas horas em solidariedade com os seus camaradas portugueses, disse fonte sindical à Lusa, com base em confirmações obtidas até às 18:30.

As paralisações foram feitas por apelo de duas federações sindicais internacionais, a IDC – Conselho Internacional de Estivadores, no qual está filiado o Sindicato dos Estivadores português, e a ETF – Federação Europeia dos Trabalhadores dos Transportes, que acolhem todos os sindicatos dos vários tipos de trabalhadores portuários.

Em comunicado, o Sindicato dos Estivadores congratulou-se com a solidariedade, que atribuiu não só ao entendimento de que o que se passa em Portugal “é um balão de ensaio” para os portos “onde ainda existam estivadores profissionais”, como também ao entendimento da existência de riscos em descarregar navios por trabalhadores precários.

“Ninguém vai arriscar a vida a descarregar um navio carregado às cegas, sem garantias de segurança e onde, ao mínimo descuido, poderão acontecer danos humanos e materiais tão trágicos como irreversíveis”, pormenoriza a estrutura sindical.

No texto, o sindicato adiantou que “não se opõe a novas contratações”, até porque “há anos que as reclama”, mas “exige que a reintegração dos trabalhadores despedidos no último ano seja prioritária”.

O Sindicato de Estivadores decidiu em 31 de janeiro prolongar as greves no porto de Lisboa até ao dia 24 de fevereiro.

Os estivadores estão contra o recurso a novos trabalhadores, depois de terem sido despedidos 47 em 2013, e contestam sobretudo o novo operador Porlis.

“O que está em causa é a tentativa de introduzir uma nova empresa com o objetivo de provocar a insolvência da atual”, declarou à Lusa o presidente do Sindicato dos Estivadores, Trabalhadores do Tráfego e Conferentes Marítimos do Centro e Sul de Portugal, António Mariano.

Na semana de 03 a 10 de fevereiro, os estivadores no turno das 08:00 às 10:00 vão parar o trabalho “para as empresas sócias da Porlis, maioritariamente pertencentes ao grupo Mota-Engil”.

As paralisações tiveram início no dia 27 de janeiro e já motivaram uma carta aberta das três associações de operadores portuários ao sindicato.

No documento, a que a Lusa teve acesso, os operadores dizem que receberam com “enorme surpresa e forte indignação” os pré-avisos, o que consideraram ainda mais surpreendente quando estes surgem “em pleno decurso do processo negocial de revisão do Contrato Coletivo de Trabalho, que se desenvolvia com toda a normalidade”.

“Parece-nos de uma enorme irresponsabilidade que, estando próximos de um acordo sobre matérias fundamentais e prontos para a admissão, no imediato, de mais 18 trabalhadores para o setor, tenha essa direção sindical decidido dinamitar novamente esse entendimento. Só interpretamos tal atitude como uma manifesta e inconfessável forma de não quererem uma paz social no porto de Lisboa”, consideram a A-ETPL – Associação–Empresa de Trabalho Portuário (ETP) Lisboa, a AOP – Associação Marítima e Portuária e a AOPL – Associação de Operadores do Porto de Lisboa.

Os operadores dizem também que estas greves pretendem “defender o interesse de apenas alguns”, além de que consideram que põem em causa “milhares de postos de trabalho” dependentes das operações dos portos e a “inversão do ciclo económico”, assim como o “abastecimento regular das Regiões Autónomas”.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

O primeiro drone acrobático tripulado de sempre é testado a fazer piruetas

Um novo vídeo mostra que o "Big Drone", da Drone Champions AG, é capaz de fazer acrobacias alucinantes com um passageiro dentro. A tecnologia dos drones melhora de vento em popa com o passar dos anos …

Fenómeno extremo ameaça corais na Grande Barreira na Austrália. E já matou quase metade

A Grande Barreira de Coral da Austrália pode estar a enfrentar a terceira "descoloração" no espaço de cinco anos, fenómeno provocado por um aumento da temperatura das águas do mar. Como avançou o Expresso, este fenómeno …

Trump critica cerimónia dos Óscares, "Parasitas" e Brad Pitt

O Presidente norte-americano criticou a cerimónia dos Óscares, esta quinta-feira, nomeadamente a atribuição do prémio de Melhor Filme para o sul-coreano "Parasitas" e ainda o ator Brad Pitt. Na noite desta quinta-feira, num comício em Colorado …

Paris lança número de emergência para fazer frente à crise de percevejos

O Governo francês lançou uma campanha, esta quinta-feira, para fazer frente à crise de percevejos que se instalou em Paris. Segundo a agência France-Press, citada pelo The Guardian, casas e hotéis da capital francesa estão a …

"Radical chique" e "ressentido". Filho de Paulo Branco pode ter sido o pivot do escândalo sexual em França

Juan Branco, o filho do produtor de cinema Paulo Branco, é o homem do momento em França. O advogado de 30 anos saltou para as luzes dos média no âmbito da divulgação do vídeo sexual …

Alcochete. "Se Mustafá estivesse lá aquilo não tinha acontecido"

O arguido Emanuel Calças disse, esta sexta-feira, em tribunal que, se Mustafá estivesse com o grupo que invadiu a academia do Sporting, "aquilo não tinha acontecido". "Tenho a certeza de que se o Mustafá estivesse presente …

Coronavírus ameaça o têxtil português (mas também é uma "oportunidade")

O sector têxtil nacional está ameaçado e pode parar a produção já em Março. Tudo devido à falta de matéria-prima que vem da China e que se deve à epidemia do novo coronavírus. A "situação …

Governo diz que prejuízo da TAP "não foi um desvio qualquer" e que já devia ter tido lucro em 2018 e 2019

O ministro das Infraestruturas disse, esta sexta-feira, que o orçamento que a comissão executiva da TAP apresentou ao Conselho de Administração para 2018 e 2019 previa lucro e que o prejuízo de 105,6 milhões "não …

João Lourenço duplica valor de subsídio de antigos Presidentes de Angola

O Presidente angolano, João Lourenço, duplicou o valor do subsídio de fim de mandato pago a antigos chefes de Estado, mas cortou outras regalias, nomeadamente a nível da segurança e quadro de pessoal. O decreto-presidencial 32/20, …

FC Porto castigado com um jogo à porta fechada

O FC Porto foi punido com um jogo à porta fechada, esta sexta-feira, devido a "um ato de ofensa corporal a agente desportivo" na final da Taça de Portugal. A punição aplicada pelo Conselho de Disciplina …