“Estavam a espancar uma mulher na praça pública”. PSP admite uso da força em detenção

A PSP admitiu esta segunda-feira que teve de recorrer ao uso da força para deter uma mulher suspeita de integrar um grupo que causou distúrbios no domingo na zona do Cais do Sodré, em Lisboa. Uma outra mulher, envolvida nos confrontos, vai apresentar queixa no Ministério Público (MP).

Em comunicado, o Comando Metropolitano de Lisboa da PSP (Cometlis) explicou que o grupo em que se integrava esta mulher provocou desacatos e distúrbios junto ao estabelecimento de bebidas “Boteco da Dri”, na Rua da Cintura do Porto.

“À chegada ao local, os polícias depararam-se com um grupo numeroso de pessoas que ocupava a totalidade da rua e impedia a circulação de viaturas, abanando e trepando para cima daquelas que, ainda assim, tentavam passar”, refere a nota. A PSP ressalva que o grupo foi “advertido de que deveria desobstruir a via”, mas não cumpriu as ordens dos agentes.

“Foi necessário repor a ordem para desobstruir a via, recorrendo ao uso da força para fazer dispersar as pessoas”, justifica a PSP, acrescentando que, durante a intervenção, uma mulher agrediu um polícia, “razão pela qual foi manietada e detida”.

As autoridades explicam ainda que durante a intervenção policial tiveram de efetuar “um disparo de advertência para o ar, em segurança”, para permitir “cessar os comportamentos hostis e efetuar a detenção” da mulher.

“Da detenção resultaram ferimentos na detida que, por essa razão, foi conduzida ao hospital. A detida foi libertada e notificada para comparecer no tribunal”, conclui a nota.

Vários vídeos que circulam nas redes sociais mostram momentos da intervenção da PSP na Rua da Cintura do Porto, nos quais se consegue ver um grupo de, pelo menos, quatro agentes a tentar imobilizar uma mulher e ainda outra que ia em seu auxílio. Um dos agentes puxa uma das mulheres pelo pescoço, com recurso a um cassetete, ouvindo-se gritos e o barulho de um disparo.

https://twitter.com/Mooncat48/status/1231916655363678209

Em declarações ao jornal Público, Taiane Barroso, uma das mulheres, assumiu ter ficado com receio após os acontecimentos: “Do nada, isto parece o Brasil. Aqui é uma cidade segura, mas começo a ficar paranóica com essa banalização da violência. Principalmente depois do caso da Cláudia Simões. É assustador”, disse. Taiane Barro diz sentir que este foi um caso de “violência misógina“.

“Foi tremendamente desproporcional ter cinco homens em cima de uma menina: estavam a espancar uma mulher na praça pública, com umas trezentas pessoas, numa festa em que 90% das pessoas eram brasileiras. Não veria aquilo tipo de violência com uma portuguesa ou uma alemã”, acusa.

Taiane Barroso apresentou uma denúncia à Associação Portuguesa de Apoio à Vítima (APAV) e vai entregar uma queixa ao Ministério Público esta quarta-feira.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

42 COMENTÁRIOS

  1. contiinuaçao……So obrigado.a a declarar mais coisas de REBELDIA de DESPREZO de MISOGINA de pessoas MISOGINAS, SEXISTAS etcetc pelas MULHERES. Vivo num 1o esquerdo e as pessoas que vivem HOMENS e MULHERES que se dizem COMUNISTAS mas que as acho COMODISTAS ou melhor dito TERRORISTAS, que querem mandar no PREDIO onde vivo e assim fazem BARULHOS TERRIVEIS, e outras quesilias modos de fazerem com que umas pessoas do predio sejam ESPULSAS por estas pessoas MULHERES e HOMENS que sao pessoas DIABOLICAS, e que eu e as outras pessoas ja fizemos queixa á POLICIA P.S.P. sobre que se esta a passar, e que os AGENTES nos respondem que nada podem fazer, que o que quisemos fazer que seja por nossas MAOS, sem ELES e ELAS AGENTES SAIBAM, a primeira vez que ouço e me respondem que o que tivermos a fazer que o façamos á SUCAPA sem os e as AGENTES saibam…. atté onde isto CHEGOU..nao BASTA!!????….nao CHEGA!!!????. até onde vai e CHEGA a nossa LIBERDADE!!!?????………….
    A.G.P.S.M.

    • “MISOGINAS” ou queres mais dizer Misandricas? É que das mulheres só se espera que casem com um “rico e de boas familias”, dos homens espera-se tudo o resto. Basta uma mulher acusar um homem de violência vai logo preso, se for ao contrário não há problema, é esperado um homem que apalpe o rabo a uma mulher ser preso imediatamente, mas se uma mulher agarrar o abono de familia de um homem é esperado que ele deixe passar e simplesmente aceite o facto e goste senão é considerado homosexual.

      Com isto não tou a defender niguém, só acho que deve existir igualdade entre humanos, um homem e uma mulher são iguais, só muda o sexo, ninguém merece tratamento especial acima do outro. Os únicos humanos que merecem tratamento e proteção especial é as crianças.

  2. Dai eu e as outras pessoas do PREDIO somos mal tratadas , pois uma mulher dessa familia estava a ser mal tratada por um familiar , e outros e outras pessoas dessa familia maltratavam essa mulher, homens e mulheres a baterem nela, um homem bombeiro reformado foi em socorro dela e todos e todas as pessoas da mesma se revoltaram contra o mesmo. Fizemos queixa á policia e nada fizeram e, que fizessem o que quisessem fazer fizessem sem que os e as AGENTES da P.S.P.!!!!!!!!!!!?????????????……………. ATè onde ja chegamos!!!!!!!!!!!!!!!?????????????……….. continua 3

  3. É com alguma tristeza e apreensão que vejo, os valores da nossa sociedade (portuguesa) serem torpediados recorrentemente. Toda a gente invoca os seus direitos, esquecendo-se dos deveres inerentes à vivência em sociedade. “A tua liberdade acaba, quando pões em causa a liberdade do outro”. E as forças de segurança estão lá, e ainda bem, para salvaguardarem a liberdade geral. Dê-mos força às Forças de Segurança. Não quero o meu País transformado numa América Latina.

    • Não queria dar mais força as forcas de segurança, mas queria dar mais cérebro. Não é com a violência que se resolve os problemas, é com a cabeça. Neste caso parece que não houve cabeça em lado nenhum.

  4. Conselho: Ignorem qualquer pessoa que escreva em maiúsculas, porque é a marca registada dos simpatizantes do Chega.

    Agora ao que interessa: Eu acho que este episódio representa um manifesto abuso de poder e de força por parte UEP. Nunca, mas nunca se pode justificar que 6 marmanjos de metro e noventa precisem de usar violência de uma forma tão desajustada ao grau da ameaça. Oxalá sejam alvo de processo disciplinar.

    Dito isto, acho os comentários desta Taiane uma valente estupidez. A polícia frequentemente abusa com a violência. Se isto acontece com homens, é violência policial normal. Se acontece com mulheres, é violência “misógina”. Isto parte de um princípio altamente sexista, de que as mulheres têm mais direito a não apanhar do que os homens, mesmo quando cometem crimes semelhantes.

    O que é que há aqui, que mostre que foram seleccionadas mulheres para apanhar? Nada! São elas que estão a apnhar porque ao que tudo indica foram elas que tentaram agredir os agentes. A violência dos agentes sobre elas é excessiva e desadequada, mas não é lá por serem mulheres. Não é mais aceitável os homens levarem na tromba, dos que as mulheres. É igual.

    • Violência desajustada?!
      Onde/quando?
      Quantos mortos ou feridos graves?
      Tu deves ver mal… processo disciplinar por fazer (bem!) o seu trabalho?!
      Está boa…
      Foi violência tão “desajustada” que ninguém ficou ferido e o problema ficou logo resolvido!!
      A PSP esteve muito bem e, se atuasse mais vezes assim (rápido e com força!), certa “bicharada”, provavelmente, já teria mais respeito e comportar-se-ia com mais civismo na via pública!!
      A UEP não estava lá para fazer “festinhas”!…

    • Vai-te esconder menino de copo de leite, infelizmente é isto de que o país é feito. Os homens Portugueses que basicamente têm vaginas entre as pernas.

      Acho muito bem, e aliás até acho que a Policia devia ter o poder de balear em legitima defesa qualquer bandido, tanto fosse ataque contra os policias ou outros, e dar porrada nestes desordeiros sem problema. Temos leis que protegem criminosos a torto e a direito, tão a ver essas filmagens? Feitas por outros? Se forem vocês na vossa casa e um ladrão entrar, o juiz tem de validar as filmagens primeiro como prova o que em 90% ou mais dos casos nunca acontece, dizem que é para proteger a “privacidade” dos outros. Mas neste caso já conta contra os policias, como somo um país maioritariamente de esquerda social, e como isto foi contra mulheres, ou mesmo se fosse minorias a lei não conta nem sequer se persegue quem filmou ilegalmente os policias. Se a policia da uma paulada a um africano são logo chamados racistas, e fazem campanhas de terrorismo pelo país fora.

      Quando um grupo de Africanos ocupa uma casa ilegalmente às pessoas, a policia já nem pode fazer nada que tem de se ir a um tribunal de Julgados de Paz diz a policia, que palhaçada, as pessoas não podem fazer nada porque os restantes africanos à volta e o lixo caucasiano de extrema-esquerda que só querem é festança ainda apoiam as acções desses indivíduos e dão-lhes apoio por causa do “P.C. e Justiça Social”. Só cá na Europa se vê isto. Não têm qualquer respeito pela nossa cultura, nem pelos nossos costumes e são completamente desprovidos de valores.

      E nós que não queremos nada disto temos de gramar. Já chega de ver os meu compatriotas a serem postos de parte como bichos, muitos a viverem na rua enquanto aos sanguessugas é logo atribuído tudo de borla, como alojamento, prestações e cuidados de saúde grátis, aliás os PALOP têm “passes” grátis para virem cá a portugal por razões médicas durante 6 meses, elas vêm grávidas para automaticamente terem cá os filhos, que ganham logo cidadania por existir leis estupidas criadas pelas esquerdas que permitem abusos destes no nosso país, e depois vão ficando ilegalmente sem nunca serem expulsas porque não podem ser separadas dos filhos, e a viver
      da SS que os meus avós e bisavós ajudaram a criar no duro.
      Tem de ser criadas leis que façam filtragem à imigração, só devem entrar quem tem competências e venha realmente desenvolver este país em postos de trabalho que realmente os Portugueses não estão a trabalhar e sejam na realidade necessitados(o que é mentira é sempre por razões de pagar o salário mais baixo).
      Querem um exemplos seus comunistas da treta? O Japão, faz tudo isto que eu digo e mais, são um excelente exemplo a seguir. E existe outros.

    • Não houve excessos – houve uma actuação rápida e musculada!
      Resolveu-se o problema e não houve feridos, portanto, tudo bem feito!!
      Next!…

        • A PSP que nunca se esqueça quem lhe paga o salário e está cá para servir-nos e não se servir. Os péssimos exemplos ao longo dos anos mostram claramente um quadro pouco abonatório para a PSP.

          • Mais um que vive numa realidade “alternativa”!…
            Realmente, os criminosos costumem ter uma imagem pouco abonatória da PSP; já eu e todos os cidadãos de bem só temos a apontar o facto de não agirem mais vezes assim!…
            Certamente que evitariam outros problemas no futuro…

            • És mais outro agarrado numa das realidade convencional. No tempo da ditadura os bufos pidescos eram também todos considerados cidadãos de bem. Se te dás bem com essa escória problema teu.
              A escória que tu defendes há muito que abandonou a honra e a ética, pois se conseguires pensar saberás quem leva a droga para dentro das prisões e ao contrário do que julgas não são os esquimós.
              https://www.diariodaregiao.pt/local/setubal/2018/10/30/agentes-da-psp-de-setubal-condenados-por-crimes-de-sequestro-e-agressao/

              https://www.cmjornal.pt/portugal/detalhe/chefe-da-psp-suspeito-de-violencia-domestica-nega-crime-em-tribunal

            • És mais outro agarrado numa da realidade convencional. No tempo da ditadura os bufos pidescos eram também todos considerados cidadãos de bem. Se te dás bem com essa escória problema teu.
              A escória que tu defendes há muito que abandonou a honra e a ética, pois se conseguires pensar saberás quem leva a droga para dentro das prisões e ao contrário do que julgas não são os esquimós.
              -Agentes-da-psp-de-setubal-condenados-por-crimes-de-sequestro-e-agressao/
              -Até agentes condenados servem na PSP
              -Chefe-da-psp-suspeito-de-violencia-domestica
              -Agentes da PSP incumpriram uma série de deveres, manifestamente. E colocaram em causa toda a prova se não recolheram indícios nem identificaram testemunhas.

              E depois aparece este alienado falar em realidade. Porque não levas eles para tua casa para teu gáudio e fazias umas quantas orgias com eles. Tirem-me este caramelo da frente.

          • “Porque não levas eles para tua casa para teu gáudio e fazias umas quantas orgias com eles.”
            Se dúvidas houvesse quanto à tua sanidade mental…

            • “Se dúvidas houvesse quanto à tua saúde mental…”, não te trates não.
              Olha outro dos teus de “cidadãos de bem”. E assim vai o país com esses “cidadãos de bem”. Não te cures não se é que ainda tens cura.
              “O Tribunal de São João Novo, condenou hoje a dois anos e meio de prisão, pena suspensa, um agente da Divisão de Trânsito de PSP do Porto por perdoar multas a condutores a troco de dinheiro.

              O tribunal deu como provado que o polícia cometeu os cinco crimes de corrupção passiva, quatro consumados e um tentado, de que estava acusado.

              Por cada crime de corrupção passiva consumada foi condenado a um ano e dois meses de prisão e pelo crime de corrupção passiva tentada foi condenado a seis meses de cadeia.”

          • Lamento, mas acabou o tempo!!
            Nota-se que precisas de atenção, mas eu tenho mais que fazer do que estar aqui a alimentar as tuas frustrações!…
            Mas, continua para aí a marrar sozinho, que estás a fazer uma bela figura…

            • “Mas, continua para aí a marrar sozinho, que estás a fazer uma bela figura…” a tua especialidade desde que nasceste no curral.

        • Continuo a não ver qualquer excesso – a “canalhada” não ficou ferida e a ordem publica foi restabelecida!
          Toda a gente que não se sabe comportar adequadamente no espaço público merece, no mínimo, o mesmo tratamento.
          Portanto, até prova em contrário, só posso elogiar a intervenção da PSP!

          • E tu estavas presente e filmaste tudo não foi? Ou és dos tais que tem um comportamento habitual de “passear” pelos hospitais? Tens cá uma mente desvairada.

            • Bem…
              Não preciso de estar presente para perceber o que aconteceu…
              Cada um com a sua moral e educação, mas, entre a polícia e os bandidos, eu fico sempre do lado da lei e da ordem!
              Do que vi, apoio a atuação policial a 100%.
              Se tu tens dados em contrário, venham eles – se não, continua com “estorinhas” e pode ser que um dia batas de frente com a realidade e depois, nessa altura, quero ver se continuas a defender os selvagens ou se vais a correr pedir ajuda à polícia!

            • Continuamos todos à espera das tuas filmagens do “passear” mas já sabemos que não passas de aldrabão apenas falas por falar não é corrupto?

  5. Voltamos ao mesmo, só falam de um lado, da policia, e os que estavam a fechar a via publica, a saltar em cima dos carros de pessoas que regressam a casa depois do trabalho , esses estavam certos?? NÃO. Ponham de uma vez por todas se querem que a policia não intervenha com força e presença musculada, obedeçam a autoridade , se comportem-se com civismo , não venham falar em força desproporcional, no vídeo a policia estava a deter um cidadão que tinham atacado um policia, para que foi outro indivíduo intrometer?? Nos estados unidos, sabem como era resolvida a situação ? Pesquisem o que e força musculada..
    Aos agentes da segurança força e façam cumprir a lei e a ordem publica..

    • Num país totalitário isso acontece. Num país sem a memória de Salazar a polícia não chegava a 1 local cheio de pessoas armados em justiceiros. O senhor agente foi supostamente agredido por supostamente ter dado 1 abraço a essa pessoa? De facto se alguém chamou as autoridades é que algo se passava, mas não é com violência e tiro de pistola que faz o serviço de polícia numa festa sem agressões previas. O que falta é saber utilizar a força. Como é que 1 pessoa que está a divertir-se agride as autoridades? Não haverá ecxeco de zelo? Será que o público não compreende a polícia, ou será que a polícia não entende o público? O mais fácil para aproximar uns dos outros é de dar formação, e parece-me mais judicioso de começar por os representantes das autoridades, não descontando o facto de dar aulas de educação cívica de cidadão durante o tempo de escolaridade. Agora quando se vê as imagens isso parece triste de ter 1 grupo de intervenção de 5 unidades que puxa pela pistola porque são “agredidos” por 2 mulheres. Falta de miolo…..

  6. O comportamento de algumas pessoas é que é desajustado em relação à presença de elementos da ordem. Num desabafo de cobardia, criticamos sempre aqueles que resolvem apenas os problemas criados por “animais” que confundem os espaços de cada um. A falta de respeito que se tem visto a aumentar a cada dia, serve de troféu a quem apenas atribui a culpa ao rosto da ordem. Meninos mimados que, neste mundo não têm culpa de nada, tudo lhes é oferecido pelos pais, incluindo a falta de educação. Apoio a atuação dos Polícias e, atitudes de respeito nunca foram alvo de ensinamentos.

RESPONDER

13% dos casos de covid-19 em Portugal são profissionais de saúde. Há 10 médicos nos cuidados intensivos

Um em cada oito infetados com o novo coronavírus em Portugal é profissional de saúde. O número de médicos, enfermeiros, auxiliares e outros trabalhadores de hospitais e centros de saúde que estão contagiados não pára …

Curva em Itália parece estar a aplanar. Confirmado primeiro caso num campo de refugiados grego

A Itália registou mais 4.053 casos positivos e mais 837 mortes em 24 horas, valores semelhantes aos de segunda-feira e que sugerem que a curva da covid-19 parede estar a estabilizar. De acordo com o Observador, …

Há mais de 8 mil infetados e 187 mortes por covid-19 em Portugal

Há mais 27 mortes em relação a terça-feira, aumentando o número total de óbitos para 87. O número de casos confirmados em Portugal já ascende as 8 mil pessoas. O boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Geral da …

Há falhas no sistema que regista casos de covid-19. A "esmagadora maioria" não vai ser contabilizada

O sistema que regista os casos de covid-19 em Portugal é "um pesadelo burocrático", denunciam os infecciologistas. A "esmagadora maioria" dos casos vai acabar por não ser notificada, acrescentam. O problema tornou-se público quando a Direção-Geral …

Mais de 3600 empresas já pediram acesso ao lay-off simplificado

O Governo já recebeu 3600 pedidos de empresas para aderirem ao regime lay-off lançado na semana passada, disse, esta terça-feira, a ministra do Trabalho e da Segurança Social. Ana Mendes Godinho, que falava aos jornalistas no …

Em tempos de crise, os emprestados podem ser a solução do Benfica

Bruno Varela, Cristián Lema, Filip Krovinovic, Gedson Fernandes e Diogo Gonçalves são hipóteses que Bruno Lage tem a seu dispor para regressar dos empréstimos. A suspensão das competições desportivas deixa muitos clubes entre a espada e …

Trump muda de discurso. Próximas duas semanas serão "dolorosas" e podem morrer 100 mil pessoas

Esta terça-feira, o Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, falou ao país com um discurso mudado, mais pessimista e alarmista. Com o número de doentes infetados com covid-19 nos Estados Unidos a superar os 187 mil …

Autódromo do Algarve já pode receber corridas de Fórmula 1

Pista de Portimão deverá receber ainda este ano testes privados de uma das equipas do pelotão da Fórmula 1 e pretende candidatar-se a receber os testes de inverno a partir de 2021. O Autódromo Internacional do …

Medidas de contenção já salvaram 120 mil pessoas na Europa

As medidas de contenção adotadas por vários países europeus salvaram a vida de cerca de 120 mil pessoas na Europa, revela um novo relatório de investigadores britânicos. Um estudo do Imperial College London revela que as …

Ronaldo pode regressar a Manchester. PSG também está na corrida

O Manchester United pondera trazer Cristiano Ronaldo de volta ao clube. O internacional português também está a ser seguido atentamente pelo Paris Saint-Germain. Com a Juventus a enfrentar problemas financeiros devido à pandemia de covid-19, o …