“Estamos a caminhar para o pico” da gripe, mas não será muito complicado

Nas últimas duas semanas do ano, foram verificadas mortes acima do esperado. Fernando Almeida, presidente do Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge, estima que o pico da doença se atinja nos próximos dias e que o surto não seja muito complicado este ano.

Dados divulgados pelo Instituto Ricardo Jorge (INSA), esta quinta-feira, mostram que a atividade gripal é baixa e que diminuiu de intensidade na primeira semana do ano. Contudo, já morreram 600 pessoas além do que era espectável para a época, avança o Expresso.

Os óbitos tiveram início nas duas últimas semanas do ano de 2017, altura em que as temperaturas mínimas médias começaram a descer.

Foram admitidos 17 doentes com gripe e, embora o número não seja muito alto, verificou-se que a proporção de casos de gripe admitidos em unidades de cuidados intensivos aumentou para mais do dobro, comparativamente com a última semana do ano, lê-se no Boletim de Vigilância Epidemiológica da Gripe.

No entanto, é nos próximos dias que a gripe irá atingir o seu pico. Em entrevista à agência Lusa, Fernando Almeida, presidente do INSA, referiu que os dados reunidos apontam para que este “não seja um período muito complicado, em termos de epidemia”.

“Neste momento estamos no que consideramos o pleno período de surto”, afirmou o presidente, recordando que a epidemia demora entre oito a nove semanas e que, atualmente, “estamos a caminhar para o pico” da gripe.

No que diz respeito à vacinação, Fernando Almeida mostra-se confiante no efeito, tendo em conta que nunca como este ano se vacinaram tantas pessoas contra a gripe, apesar do vírus que circula atualmente – tipo B – não constar da vacina.

“O vírus B é um dos quais é possível fazer a imunização cruzada, o que quer dizer que quando a pessoa recebe a vacina recebe a estirpe que, mesmo não sendo igual, tem pedacinhos de ADN que são iguais e fica também imunizada”, explica.

O vírus tipo B não é tão virulento, ou seja, “não é tão grave quando provoca a gripe”. Segundo Fernando Almeida, a época gripal significa para o INSA um período “normal” de trabalho. “Estamos permanentemente preparados e integramos o plano para as temperaturas adversas”, disse.

Em relação aos casos mortais devido à gripe, o presidente é perentório. “Há casos mortais devido à gripe. Sempre houve e sempre haverá“.

Durante a última época gripal (2016/2017), a gripe e a vaga de frio terão sido responsáveis por 4.467 óbitos, segundo o relatório anual do Programa Nacional de Vigilância da Gripe, elaborado pelo INSA, em colaboração com a Direção-Geral da Saúde.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

NASA gravou acidentalmente a explosão de um cometa a aproximar-se do Sol

Astrónomos usaram dados do telescópio espacial TESS para estudar a explosão de um cometa durante a sua aproximação ao Sol. A investigação resultou num artigo publicado em novembro na revista científica Astrophysical Journal Letters. Foi a …

Objeto de Hoag é uma galáxia dentro de uma galáxia (que está dentro de outra galáxia)

Se observar atentamente a Constelação da Serpente poderá ver uma galáxia dentro de uma galáxia que, por sua vez, está dentro de outra galáxia. Este grande mistério do Universo é conhecido como Objeto de Hoag. Descoberto …

Parker Solar Probe lança nova luz sobre o Sol

Em agosto de 2018, a Parker Solar Probe da NASA foi lançada para o espaço, tornando-se pouco tempo depois a sonda mais próxima do Sol. Com instrumentos científicos de ponta para medir o ambiente em …

Encontrado no mar das Malvinas navio alemão da I Guerra Mundial 105 anos depois de naufragar

O naufrágio de um cruzador alemão da I Guerra Mundial foi identificado nas Ilhas Malvinas, onde foi afundado pela Marinha britânica há 105 anos. O SMS Scharnhorst foi o principal ativo da esquadra alemã na Ásia …

Boavista 1-4 Benfica | Águia goleia no xadrez do Bessa

O Benfica deu o pontapé de saída da 13ª jornada com uma vitória competente na visita ao Boavista, por 4-1. Num jogo potencialmente perigoso para as aspirações “encarnadas”, frente a um adversário com somente uma derrota …

Cientistas desenvolvem técnica para determinar o humor através da caligrafia

Uma equipa de cientistas estudou a biomecânica dos movimentos das mãos a escrever e a desenhar, e desenvolveu um método para avaliar as propriedades individuais da velocidade de escrita e da pressão do lápis no …

Quase seis mil denúncias de agressões sexuais em viagens da Uber nos EUA

A plataforma de transporte de passageiros Uber divulgou na quinta-feira um relatório, revelando quase seis mil denúncias de agressões sexuais a utilizadores, motoristas e terceiros nos Estados Unidos (EUA), em 2017 e 2018. No relatório de …

Polícia de Los Angeles vai usar dispositivo "ao estilo Batman" para prender suspeitos

A polícia de Los Angeles, nos Estados Unidos, vai adotar, no início do próximo ano, um novo dispositivo, conhecido como BolaWrap 100, que dispara um cinto de fibra sintética a uma velocidade de 200 metros …

Corriere dello Sport defende-se das acusações e garante ser "inimigo do racismo"

O jornal desportivo italiano Corriere dello Sport afirmou esta sexta-feira ser “inimigo do racismo”, defendendo-se das críticas motivadas pela manchete de quinta-feira, com o título “Black Friday” e ilustrada com os futebolistas negros Romelu Lukaku …

Alisadores e tintas para cabelo podem aumentar o risco de cancro da mama

Alisadores e tintas para cabelo são dois produtos comummente utilizados por mulheres. Um novo estudo sugere que estes podem aumentar o risco de cancro da mama, especialmente em mulheres negras. Muitos produtos capilares contêm compostos que …