/

Estado não quer pagar IMI a triplicar que cobra aos privados

4

As câmaras municipais estão impedidas de cobrar o Imposto Municipal sobre Imóveis a triplicar sobre os edifícios da administração central e dos institutos públicos em ruínas ou que estejam devolutos há mais de um ano.

A sanção agravada do imposto sobre imóveis é exigida aos proprietários privados e há cada vez mais municípios a exercer esse direito. Só que, na alteração à Lei das Finanças Locais, o Estado exclui-se desta punição, revela o Jornal de Notícias na sua edição impressa.

Ainda não são conhecidas previsões do aumento de IMI a ser arrecadado, mas no IVA estimam-se 72 milhões de euros a dividir por 278 concelhos.

A exclusão do pagamento de IMI a triplicar atingiu este ano oito mil proprietários, mais do que duplicou em relação a 2017.

A nova lei determina que em 2020 e 2021, 75% da receita será entregue ao município onde é produzida e os outros 25% vão ser divididos de forma solidária por todas as câmaras, por forma a compensar as autarquias de menor dimensão.

  ZAP //

4 Comments

  1. O Estado… é eufemismo !
    O Estado tem nome. Chama-se António Costa e demais ministros, a geringonça, e os partidos PS PCP e BE !
    É este grupo de malfeitores que esmifra os contribuintes, mas isenta o estado ( e o Robles ) de pagar os impostos como todos os outros.
    É gente de más contas, corruptos. Não são pessoas de bem, e os contribuintes precisam estar de sobreaviso com estes malfeitores.

    • Isto é uma comédia de comentários ahahah
      Então mas é qual é o problema de o estado não pagar impostos?
      Quem vai receber os impostos é o próprio estado!
      Pagar impostos ou não pagar vai dar ao mesmo!
      Cambada…

  2. Mas qual espanto?!… num país onde predomina uma profunda desigualdade social, tudo funciona com dois pesos e duas medidas. Impostos para ricos, impostos para pobres, saúde para ricos saúde para pobres, justiça para ricos justiça para pobres, pensões para ricos, pensões para pobres etc. etc…

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.