Estado paga 15 milhões de euros por ano a advogados

Teresa Alves de Azevedo / Facebook

Dia do Advogado 2016. Ao centro, o presidente do Conselho Regional de Lisboa da Ordem dos Advogados, António Jaime Martins

Os gastos do Estado com advogados quase que duplicaram nos últimos seis anos. Entre 2014 e 2016, os cofres públicos desembolsaram uma média de 15,2 milhões de euros por ano em contratos de assessoria jurídica.

Estes dados são avançados pelo Jornal de Notícias e pelo Dinheiro Vivo e assentam em dados do portal de contratos públicos Base, revelando que os gastos do Estado com advogados têm vindo a aumentar desde o triénio 2008/2010.

Entre 2014 e 2016, o Estado pagou 15,2 milhões de euros por ano, em média, em contratos de assessoria jurídica. Um valor que representa mais 4,9 milhões de euros do que no triénio anterior e que é quase o dobro do que se verificou entre 2008 e 2010, segundo o JN.

Entre 2014 e 2016, o Estado assinou uma média de 891 contratos com advogados, mais 168 do que entre 2011 e 2013, e mais 264 do que entre 2008 e 2010, segundo a mesma publicação.

E estes números podem não ilustrar a realidade completa, uma vez que alguns contratos podem não estar contabilizados, já que a análise teve em conta, apenas, as principais sociedades de advogados. Além disso, alguns serviços públicos não publicam os procedimentos contratuais no portal Base.

2015 e 2016 terão sido os anos em que o Estado mais gastou com advogados, respectivamente 18,4 milhões de euros em 300 contratos e 17,7 milhões em 358. Segundo o Dinheiro Vivo, para estes números contribuíram em grande parte o Banco de Portugal, o Metropolitano de Lisboa e várias empresas do Grupo Águas de Portugal.

Neste ano, até ao passado dia 17 de Novembro, já tinham sido “celebrados 270 contratos de aquisição de serviços externos de assessoria jurídica no valor global de 10,4 milhões de euros”, segundo o Dinheiro Vivo.

Em termos individuais, o destaque vai, de novo, para o Banco de Portugal que assinou um contrato de 1,5 milhões de euros com a Vieira de Almeida & Associados, aponta a publicação económica.

Esta sociedade de advogados surgirá à cabeça das que mais têm ganho em contratos com organismos públicos. Segundo o Dinheiro Vivo, só em 2015 é que foi ultrapassada nos ganhos pela Lipman Karas que auferiu três milhões de euros pela defesa da Metro de Lisboa na acção movida pelo banco Santander Totta.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. E não é por acaso que boa parte dos políticos são advogados!… essa praga de advogados mafiosos sempre mais preocupados em defender os interesses do seus (outros) clientes, é um dos maiores problemas da nossa classe politica!!

RESPONDER

Depois do Bayern, Barcelona também está atento a Luis Díaz

Luis Díaz continua a somar boas exibições e clubes interessados na sua contratação. Agora fala-se do desejo do Barcelona em contratar o colombiano em janeiro. Luis Díaz atravessa um momento de forma excecional ao serviço do …

Fuse Valley, Matosinhos

Está a nascer em Matosinhos a Silicon Valley portuguesa (e até Siza Vieira está "espantado")

O "Fuse Valley" promete ser a Silicon Valley portuguesa, em Matosinhos, num empreendimento inovador da Farfetch e da Castro Group que até deixa o ministro da Economia, Pedro Siza Vieira, "espantado". A abertura está prevista …

Portugal aguarda "luz verde" da EMA para avançar com terceira dose aos idosos

Portugal aguarda a autorização da Agência Europeia de Medicamentos para avançar com a administração da terceira dose da vacina contra a covid-19 a maiores de 65 anos. Com base nos resultados de dois grandes estudos científicos …

E depois de Merkel? Alemanha já sente falta da Chanceler que saiu da sombra para salvar o seu "delfim"

Angela Merkel tinha prometido ficar afastada das eleições legislativas deste domingo, na Alemanha, mas saiu da sombra para apoiar o seu "delfim", o candidato da CDU, Armin Laschet, que deverá disputar a vitória com o …

Já há refugiados afegãos a realizarem entrevistas de emprego em Portugal

Já há refugiados afegãos a realizarem entrevistas de emprego em Portugal, disse a secretária de Estado para a Integração e as Migrações, Cláudia Pereira. Em três semanas, chegaram 178 refugiados afegãos a Portugal. A secretária de …

Arranca hoje a conferência dos Trabalhistas - num clima de "guerra civil" entre Starmer e os Corbynistas

A proposta de Starmer de mudar a sistema de eleição do líder dos Trabalhistas tem suscitado muitas críticas, num partido que já estava profundamente dividido entre os membros mais conservadores e os membros leais a …

Multinacional oferece emprego qualificado em Portugal mas não tem candidatos

Um engenheiro de Mirandela regressou à terra para instalar na cidade transmontana o polo principal de uma nova multinacional na área da energia que está a recrutar, mas não consegue candidatos para emprego qualificado. Manuel Lemos …

Austrália, Japão, EUA e Índia reúnem-se "sem objetivos militares", mas China sente-se ameaçada

Estados Unidos, Austrália, Japão e Índia reuniram-se naquela que foi a primeira reunião do chamado Quad. A China sente-se ameaçada e avisa que o grupo está "fadado ao fracasso". Joe Biden liderou esta sexta-feira a primeira …

"Escândalo". FCSH acusada de abrir concurso à medida de Raquel Varela

A Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa está a ser acusada de abrir um concurso à medida da historiadora Raquel Varela. A polémica com a historiadora começou na segunda-feira, 20 de …

Descobertos cadáveres de guerreiros do século XIII. Podem ter sido enterrados pelo Rei Luís IX

Cientistas britânicos acreditam que os cadáveres dos guerreiros cristãos tenham sido enterrados por Luís IX, rei de França, no século XIII. Um grupo de arqueólogos internacionais encontrou no castelo de Sidon, no Líbano, valas comuns com …