Estado paga 15 milhões de euros por ano a advogados

Teresa Alves de Azevedo / Facebook

Dia do Advogado 2016. Ao centro, o presidente do Conselho Regional de Lisboa da Ordem dos Advogados, António Jaime Martins

Os gastos do Estado com advogados quase que duplicaram nos últimos seis anos. Entre 2014 e 2016, os cofres públicos desembolsaram uma média de 15,2 milhões de euros por ano em contratos de assessoria jurídica.

Estes dados são avançados pelo Jornal de Notícias e pelo Dinheiro Vivo e assentam em dados do portal de contratos públicos Base, revelando que os gastos do Estado com advogados têm vindo a aumentar desde o triénio 2008/2010.

Entre 2014 e 2016, o Estado pagou 15,2 milhões de euros por ano, em média, em contratos de assessoria jurídica. Um valor que representa mais 4,9 milhões de euros do que no triénio anterior e que é quase o dobro do que se verificou entre 2008 e 2010, segundo o JN.

Entre 2014 e 2016, o Estado assinou uma média de 891 contratos com advogados, mais 168 do que entre 2011 e 2013, e mais 264 do que entre 2008 e 2010, segundo a mesma publicação.

E estes números podem não ilustrar a realidade completa, uma vez que alguns contratos podem não estar contabilizados, já que a análise teve em conta, apenas, as principais sociedades de advogados. Além disso, alguns serviços públicos não publicam os procedimentos contratuais no portal Base.

2015 e 2016 terão sido os anos em que o Estado mais gastou com advogados, respectivamente 18,4 milhões de euros em 300 contratos e 17,7 milhões em 358. Segundo o Dinheiro Vivo, para estes números contribuíram em grande parte o Banco de Portugal, o Metropolitano de Lisboa e várias empresas do Grupo Águas de Portugal.

Neste ano, até ao passado dia 17 de Novembro, já tinham sido “celebrados 270 contratos de aquisição de serviços externos de assessoria jurídica no valor global de 10,4 milhões de euros”, segundo o Dinheiro Vivo.

Em termos individuais, o destaque vai, de novo, para o Banco de Portugal que assinou um contrato de 1,5 milhões de euros com a Vieira de Almeida & Associados, aponta a publicação económica.

Esta sociedade de advogados surgirá à cabeça das que mais têm ganho em contratos com organismos públicos. Segundo o Dinheiro Vivo, só em 2015 é que foi ultrapassada nos ganhos pela Lipman Karas que auferiu três milhões de euros pela defesa da Metro de Lisboa na acção movida pelo banco Santander Totta.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. E não é por acaso que boa parte dos políticos são advogados!… essa praga de advogados mafiosos sempre mais preocupados em defender os interesses do seus (outros) clientes, é um dos maiores problemas da nossa classe politica!!

RESPONDER

Cientistas investigam estranho gelo cor-de-rosa num glaciar dos Alpes italianos

Uma equipa de cientistas anunciou esta segunda-feira estar a tentar averiguar a origem de gelo cor-de-rosa num glaciar nos Alpes italianos. O fenómeno deverá ser provocada por algas que aceleram os efeitos das mudanças climáticas. A origem …

Especialistas de 32 países alertam OMS: covid-19 também se transmite pelo ar

Numa carta aberta à Organização Mundial de Saúde, 239 cientistas pedem que a organização reveja as recomendações que tem emitido, alertando para o facto de a covid-19 poder transmitir-se pelo ar. Numa carta dirigida à Organização …

Moreirense 0-0 Sporting | Nulo em jogo de pólvora seca

A 30ª jornada fechou no Minho com um nulo entre Moreirense e Sporting, que continua sem derrotas sob o comando de Rúben Amorim. A formação leonina poderia muito bem ter vencido em Moreira de Cónegos, pois …

Armazém flutuante. A China está a guardar petróleo no mar (e já se sabe porquê)

A China está a guardar uma quantidade épica de petróleo no mar. De acordo com a CNN, o país comprou tanto petróleo estrangeiro a preços baratos que formou um congestionamento maciço de navios-tanque no mar, …

Peregrinos em Meca proibidos de tocar ou beijar a Caaba por causa da covid-19

Os muçulmanos que vão participar na peregrinação a Meca não poderão tocar ou beijar a Caaba nem a "pedra negra", presentes na Grande Mesquita, local considerado como um dos mais sagrados pelo Islão, informaram as …

Países Baixos continuam a abater milhares de martas. 20 quintas afetadas pela pandemia

Esta segunda-feira, as autoridades holandesas abateram milhares de martas em mais duas fazendas onde foram detetados surtos de covid-19. Esta segunda-feira, as autoridades abateram milhares de martas em mais duas fazendas, sendo agora 20 as quintas …

Cientistas criam robô para fazer testes à covid-19 (e proteger os profissionais de saúde)

O Korea Institute of Machinery & Materials (KIMM) desenvolveu um novo robô de coleta remota de amostras que elimina o contacto direto entre os profissionais de saúde e os pacientes, potencialmente infetados com o novo …

"Não use desodorizante". A peculiar estratégia de Berlim para promover o uso de máscaras nos transportes públicos

"Não use desodorizante". Esta é a peculiar campanha adotada pela empresa que controla os transportes públicos em Berlim, na Alemanha, para promover o uso correto de máscaras, evitando assim novos casos de covid-19.  Tal como escreve …

Vírus pode ter estado adormecido antes de surgir na China, diz investigador de Oxford

O novo coronavírus pode ter estado adormecido algures no mundo antes de ter surgido na China, defendeu o investigador da Universidade de Oxford, Tom Jefferson, apontando para várias descobertas de amostras do vírus em Espanha, …

Federer sente falta de Wimbledon. "Deu-me tudo"

Roger Federer admitiu sentir a falta de Wimbledon, o torneio do "Grand Slam" que, se não tivesse sido cancelado devido à pandemia de covid-19, estaria a decorrer em Londres. O tenista suíço Roger Federer admitiu, esta …