Estado já gastou 10 milhões com assessores jurídicos no caso dos swaps

As contas das empresas públicas de transportes envolvidas no processo judicial dos “swaps” com o Banco Santander já vão em 10 milhões de euros gastos com assessores jurídicos e financeiros, uma factura que deverá crescer ainda mais.

Em causa está o processo judicial que envolve a Metro de Lisboa, a Metro do Porto, a Carris e a STCP, no âmbito do diferendo com o Banco Santander, depois de o governo de Passo Coelho ter determinado a anulação dos contratos “swap” assinados entre as partes.

O Estado português já foi condenado por essa decisão pelo tribunal de Londres responsável por avaliar o caso.

Assim, os referidos 10 milhões de euros podem ainda continuar a aumentar, nomeadamente, caso haja recurso da condenação.

Para já, segundo as contas feitas pelo Público, a Metro de Lisboa já gastou 4,1 milhões de euros em assessoria jurídica e financeira relacionada com o caso.

A conta da Metro do Porto ascende a 3,3 milhões de euros, enquanto a STCP soma 673,8 mil euros de gastos e a Carris 336,9 mil euros.

A isto acresce ainda o facto de o governo português poder vir a ser condenado a suportar os gastos do Santander com as respectivas assessorias no âmbito do caso.

ZAP

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

    • Pois, já as privadas são um espectáculo (BPN, BES, BANIF, PT, EDP, VW, Lidl, etc, etc)…
      .
      Mas isto só vem mostrar mais uma vez, como actua a máfia financeira internacional: ajudam a criar os problemas, para depois receberem milhões para (não) os resolverem!!

RESPONDER

Gana é o primeiro país a receber vacinas financiadas pelo Covax

O programa Covax já começou a fornecer as primeiras remessas de vacinas contra a covid-19. O Gana foi o primeiro país a receber doses. Gana deve receber o primeiro lote de vacinas contra o SARS CoV-2, …

"Como produtos de exportação". Filipinas querem trocar os seus enfermeiros por vacinas da Europa

As Filipinas estão a pedir ao Reino Unido e à Alemanha que forneçam centenas de milhares de vacinas contra a covid-19 em troca do envio de enfermeiros filipinos para ajudar na linha de frente da …

Despacho da ACT limita capacidade de intervenção dos inspetores do trabalho

Um despacho assinado pela inspetora-geral da Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT) está a limitar a capacidade de intervenção dos inspetores. A notícia é avançada esta quarta-feira pelo Jornal de Negócios, que escreve que o …

Só muda o preâmbulo. Decreto do novo estado de emergência já seguiu para o Parlamento

O novo decreto do estado de emergência já seguiu para o Parlamento. Marcelo Rebelo de Sousa só mudou o preâmbulo do documento. O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, publicou esta quarta-feira o decreto do …

Governo já está a desenhar um plano de desconfinamento. Rio quer desconfinar por regiões ou concelhos

Depois de uma primeira ronda de audiências, onde anunciou que o decreto do novo estado de emergência será igual ao da última quinzena, Marcelo Rebelo de Sousa recebeu, esta quarta-feira, o Bloco de Esquerda, o …

Serviços de inteligência desvalorizaram ameaça de invasão ao Capitólio

Os serviços de inteligência dos Estados Unidos subestimaram o perigo de invasão ao Capitólio, admitiram vários responsáveis durante uma audiência no Senado, realizada esta terça-feira. Depois da absolvição do antigo Presidente dos Estados Unidos, que estava …

Polícias que prestam serviço no 112 não recebem subsídio desde setembro

Os agentes e militares que fazem a triagem das chamadas do 112 não auferem a gratificação mensal pelo serviço prestado ao Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) desde setembro do ano passado. Segundo o Jornal de Notícias, …

Contrariando ordem judicial, Malásia deportou mais de mil pessoas para Myanmar

A Malásia entregou 1086 cidadãos que tinham fugido de Myanmar aos militares que organizaram o golpe de Estado de 01 de fevereiro, estando entre esses requerentes de asilo já registados oficialmente junto da Organização das …

Assassino da jornalista Daphne Caruana Galizia condenado a 15 anos de prisão

Vincent Muscat, um dos três homens acusados do assassínio, em outubro de 2017, da jornalista anticorrupção de Malta Daphne Caruana Galizia, foi condenado a uma pena de 15 anos de prisão pelo tribunal da La …

Venezuela avisa embaixadora da UE : tem 72 horas para abandonar o país

Isabel Brilhante Pedrosa, embaixadora da União Europeia, foi declarada persona non grata pelo Governo venezuelano e deverá abandonar o país. O Governo venezuelano notificou, esta quarta-feira, a embaixadora da União Europeia (UE), a portuguesa Isabel Brilhante …