Al-Baghdadi está vivo. Estado Islâmico divulga mensagem áudio do líder

(dr)

Abu Bakr al-Baghdadi, líder do grupo terrorista Estado Islâmico

Na mensagem de 46 minutos, Al-Baghdadi declara que continuará a lutar e saúda os seus jihadistas, apesar de terem perdido a cidade de Mossul, no Iraque.

O grupo extremista Estado Islâmico (EI) divulgou na quinta-feira o que afirma ser uma nova gravação áudio do seu líder, Abu Bakr al-Baghdadi, indicando assim que este poderá ainda estar vivo.

Na mensagem, Al-Baghdadi declara que continuará a lutar e saúda os seus jihadistas, apesar de terem perdido a cidade de Mossul, no norte do Iraque, libertada do seu controlo em julho, após uma operação de quatro meses das forças iraquianas, apoiadas por uma coligação internacional liderada pelos Estados Unidos.

A gravação de mais de 46 minutos foi transmitida no mercado al-Furqan, controlado pelo Estado Islâmico, e a voz soava como em anteriores mensagens áudio do dirigente, que só apareceu em público uma vez.

A última mensagem de Al-Baghdadi foi divulgada em novembro de 2016.

Muita controvérsia rodeia o clérigo sombrio que tem dirigido o Estado Islâmico desde que o grupo jihadista emergiu da Al-Qaeda, no Iraque.

As autoridades russas anunciaram em junho existir uma “elevada probabilidade” de Al-Baghdadi ter sido morto num ataque aéreo russo aos arredores da cidade síria de Raqqa, a capital de facto do grupo jihadista, mas os responsáveis norte-americanos posteriormente indicaram acreditar que ele ainda estava vivo.

O Estado Islâmico sofreu uma série de grandes reveses no Iraque e na Síria nos últimos meses, perdendo o controlo de vastas áreas de território que se encontravam sob o seu controlo em ambos os países.

“Essa provação é uma generosa dádiva de Deus”, afirmou Al-Baghdadi. No auge das suas conquistas territoriais, o Estado Islâmico controlava cerca de um terço da Síria e do Iraque.

Nesta última gravação, Al-Baghdadi tenta consolar os seguidores das suas recentes derrotas, dizendo que a principal prioridade dos muçulmanos é “satisfazer Deus“.

“A vitória contra os seus inimigos e o inimigo de Deus vem a seguir”, sustentou, elogiando aquilo que descreveu como “a corajosa defesa de Mossul”, feita pelos seus combatentes.

O dirigente também apontou como um sinal da continuidade da eficácia do grupo jihadista os atentados por si reivindicados na Europa, nos Estados Unidos e noutros pontos do mundo.

Fez igualmente um apelo aos apoiantes do grupo terrorista em todo o mundo para prosseguirem a sua jihad e instaram a maioria sunita da Síria a não aceitar ser governada pela minoria alauita do país, cuja fé deriva do Islão xiita.

As forças leais ao Governo sírio, os seus aliados e outras forças que combatem o Daesh “não durariam uma hora”, defendeu, sem a cobertura aérea fornecida pelos russos e os norte-americanos.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Ue mas os russos não tinham matado ele ! mas que cara de paus mais mentirosos, e quanto ao deus que esse genocida idiota fala e o capeta…

RESPONDER

José Maria Ricciardi diz que está disponível para "erguer o Sporting"

José Maria Ricciardi, um dos candidatos nas eleições de setembro de 2018, anunciou através das redes sociais que está disponível para "erguer o Sporting". Na página do Facebook "Ricciardi - Erguer o Sporting", José Maria Ricciardi …

Boris Johnson volta aos Comuns para aprovar Brexit em tempo recorde e sair dia 31 de outubro

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, vai tentar esta terça-feira aprovar a legislação necessária para poder garantir que o Reino Unido sai da União Europeia no dia 31 de outubro quer haja ou não consenso na …

Líbano. Governo corta metade dos salários de políticos em resposta aos protestos

Ao quinto dia de manifestações, o governo libanês respondeu com a aprovação de um pacote de emergência de reformas económicas que deixa cair a introdução de novos impostos e passa pela redução do défice. O primeiro-ministro …

Caso Griezmann. Barcelona paga 15 milhões pelo silêncio do Atlético (e fica com benefício futuro)

Escreve o jornal espanhol El Mundo que Barcelona e Atlético de Madrid já chegaram a acordo no "caso Griezmann". O clube catalão pagou 15 milhões de euros pelo silêncio dos colchoneros, ficando ainda com benefício …

Professor detido depois de ser acusado de agredir aluno “com enorme violência”

Um aluno do 8.º ano da Escola Secundária Rainha Dona Leonor, em Alvalade, em Lisboa, terá sido esta segunda-feira agredido por um professor durante uma aula. Segundo o relato da Associação de Encarregados de Educação dos …

Gabinetes dos novos membros do Governo custam 71 milhões de euros

O novo Governo terá 70 gabinetes no total, que representarão uma despesa anual de, pelo menos, 71 milhões de euros aos cofres públicos, mais sete milhões de euros do que o último. O primeiro-ministro, António Costa, …

Fim do cessar fogo na Síria. Turquia ameaça que milicianos curdos no terreno serão abatidos

O período de cessar-fogo de 120 horas acordado entre a Turquia e os Estados Unidos (EUA) para permitir que as milícias curdas saiam do nordeste da Síria termina esta terça-feira, pelas 19:00 (20:00 em Lisboa), …

Ministro adjunto cabo-verdiano encontrado morto no gabinete

O ministro adjunto do primeiro-ministro de Cabo Verde para a Integração Regional, Júlio Herbert, foi encontrado morto, esta segunda-feira, no seu gabinete, no Palácio do Governo, na Praia, confirmou fonte governamental. Elementos da Polícia Nacional cabo-verdiana …

"Risco de desvio significativo" nas contas do Governo. Bruxelas com reservas sobre esboço do OE2020

A Comissão Europeia (CE) pediu esta terça-feira ao Governo português que apresente uma versão atualizada do projeto orçamental para 2020 “tão cedo quanto possível”, observando que o ‘esboço’ recebido aponta para o risco de um …

Goldman Sachs. Funcionário acusado de divulgar informação em troca de dinheiro

Bryan Cohen, vice-presidente de um dos departamentos do Goldman Sachs, foi acusado de tirar proveito de um esquema que gerou alegadamente cerca de 2,3 milhões de euros em lucros ilegais. Nos últimos 18 meses, dois funcionários …