Espanha “roubou” água do Tejo durante a noite

O Governo espanhol procedeu a um transvase de água do Tejo, para regar os campos do sul do país, numa medida que foi posta em prática na calada da noite e de forma “ilegal”, segundo acusam associações ambientalistas. Há quem fale num verdadeiro “roubo de água”.

Os jornais Sol e Correio da Manhã avançam que este transvase da Cabeceira do Tejo para o rio Segura, no Levante espanhol, começou às 20h00 de 29 de Setembro passado e só terminou na madrugada do dia seguinte.

O transvase teve como objectivo levar água até aos campos do sul do país, nas regiões de Múrcia e Almeria, consideradas a “horta da Europa”, fruto das grandes produções agrícolas que têm sido usadas como “bandeira” do Governo espanhol para ilustrar as boas políticas económicas do país.

Este transvase Tejo-Segura foi “ilegal”, denunciou um elemento da Plataforma em Defesa dos Rios Tejo e Alberche, Miguel Ángel Sánchez. É que desde Maio de 2017 que não são permitidas transferências de águas entre os dois rios porque o nível de água das barragens está bastante abaixo dos mínimos estabelecidos.

Para contornar a situação, o que o Governo espanhol fez “foi disfarçá-lo, chamando-lhe cessão de direitos”, aponta ao jornal i o presidente da Associação de Municípios Ribeirinhos, Francisco Pérez Torrecilla, que representa 22 localidades nas margens do Tejo.

O transvase, autorizado pela Confederação Hidrográfica do Tejo (CHT), que gere o rio em Espanha, terá mesmo causado a demissão do ex-presidente da estrutura, Miguel Antolín, que “se terá recusado a dar ordem para accionar a transferência”, realça o Sol.

O seu sucessor no cargo, Juan Carlos de Cea, que acabou por autorizar o transvase, assegura a este semanário que a lei está a ser cumprida escrupulosamente.

“Portugal deveria denunciar Espanha de forma dura”

Este foco no “discurso legalista” é a estratégia recorrente do Governo espanhol, aponta ao Sol o elemento da Greenpeace Espanha Julio Barea. No caso do transvase Tejo-Segura, “está neste momento blindado por diferentes leis reais e decretos” de modo a que seja “intocável”, considera.

Já em declarações ao i, Barea destaca a “irracionalidade com que se está a gerir a política hídrica espanhola” e aponta que Espanha é “o país com mais denúncias em matéria ambiental da União Europeia”, nomeadamente quanto à questão das águas.

Barea vai mais longe e diz que “Portugal deveria denunciar Espanha de forma dura” perante os parceiros da União Europeia.

Num comunicado da Associação de Municípios Ribeirinhos, citado pelo site ElPeriodicoDeLaEnergia, fala-se declaradamente de “um roubo de água”, lamentando-se que o transvase Tejo-Segura “encarece a energia eléctrica para todos os espanhóis”.

“Estamos a subvencionar o benefício de uns poucos com o dinheiro de todos os espanhóis que, agora, vemos como a luz sobe cada vez mais e mais acrescenta à seca, quando os nossos reservatórios estão preparados para suportar até cinco anos com escassez de chuvas”, queixa-se a Associação de municípios das margens do Tejo.

Enquanto isso, e com os níveis de água a atingirem mínimos históricos, a política de transvases é vista como a única solução em várias zonas de Espanha, nomeadamente na Galiza.

Os rios galegos carregam 80% menos de água do que o habitual, nesta época do ano, refere o El País, frisando que na zona de Ourense, o caudal arrasta “34 metros cúbicos de água por segundo” quando o normal seriam 220 metros cúbicos.

SV, ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Os espanhóis tratam todos pela mesma bitola, veja-se o caso dos catalães e bascos, tudo à sua volta é tudo deles e as tais leis deles fazem quantas necessárias para justificarem as suas intenções e são estas que valem perante a UE e outros porque são ditadas por Madrid.

  2. Os espanhóis aproveitam a água embora pareça ser ilegal segundo se afirma para canais artificiais que construíram para sul para aproveitamento de rega, no entanto nós por cá e agora aconteceu certamente quando choveu parte dela que não ficou em albufeiras correu direitinha ao oceano quando poderia ser encaminhada para sul através de canais caso os houvesse, somos atrasados e teimamos sempre na mesma lastimando-nos depois pelas desgraças ocorridas.

  3. De Espanha nem bom vento, nem bom casamento.
    E já agora … nem boa água, nem má água !
    Os espanhóis têm tratado os portugueses como coitadinhos. Veja-se o caso de Almaraz…
    Espanha já deveria ter encerrado aquela Central Nuclear, mas resolve prolongar o seu tempo de vida e criar lá instalações para depósito de resíduos radioativos. Os socialistas portugueses reclamam. Os espanhóis concedem a construção das ditas instalações a Portugal e NUNCA MAIS se falou no assunto !!
    Eles sabem como corromper os governantes portugueses!

RESPONDER

Cinco anos depois, Volkswagen nega reembolso a 125 mil portugueses lesados

A marca alemã Volkswagen respondeu à Deco Proteste, cinco anos após o caso "dieselgate", informando que não irá indemnizar mais consumidores, tendo em vista os processos judiciais em curso. Segundo noticiou esta sexta-feira a Madremedia, em …

Novo recorde em cinco meses. Mais 780 casos por covid-19 em Portugal

Portugal regista mais seis mortos e 780 casos de infeção por covid-19 esta sexta-feira, de acordo com o boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Geral da Saúde (DGS). Os números revelados no boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde …

"Podemos chegar a 1.000 novos casos por dia". Costa pede cautela

No final da reunião de emergência com o gabinete de crise para o acompanhamento da evolução da covid-19 em Portugal, Costa deixou conselhos e pediu cautela. A reunião, convocada na quinta-feira por António Costa, surgiu …

13 de Outubro em Fátima "sim, mas sem peregrinos". Delegada de Saúde espera que a Igreja se "porte bem"

A delegada de Saúde Pública do Médio Tejo defende que as cerimónias religiosas do 13 de Outubro no Santuário de Fátima decorram "sem peregrinos", esperando que a Igreja se porte "tão bem" como aquando do …

Espanha acusa hackers chineses de roubarem informações de vacina contra coronavírus

O Centro Nacional de Inteligência (CNI) espanhol argumenta que hackers chineses terão, alegadamente, acedido a informações confidenciais sobre o desenvolvimento de uma vacina contra o novo coronavírus. A diretora do CNI, Paz Esteban, alerta para um aumento …

Tribunal de Loures. António Joaquim vai manter-se em liberdade

O Tribunal de Loures decidiu esta sexta-feira manter a medida de coação de termo de identidade e residência a António Joaquim, condenado pelo Tribunal da Relação pelo homicídio do triatleta Luís Grilo, após um pedido …

Mesmo com o aumento de infetados, diminuir a quarentena para 10 dias é uma hipótese

A DGS deverá decidir em breve se o período de quarentena pode ser reduzido de 14 dias para apenas 10 dias, mas não para todos os casos. Para ficar menos tempo isolado é necessário cumprir …

Porfírio Silva vê “papel positivo” na candidatura de Ana Gomes, mas critica farpas a Costa

O dirigente socialista Porfírio Silva considera que a candidatura presidencial de Ana Gomes pode ser positiva se não cair na "armadilha" de se centrar no ataque a António Costa e se não "atropelar" o Estado …

Operação Lex. Três juízes acusados de corrupção. Luís Filipe Vieira vai ser julgado por um crime

Os juízes Rui Rangel, Fátima Galante e Vaz das Neves e o presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira, estão entre os 17 acusados da Operação Lex. Em causa estão crimes de corrupção, abuso de poder, …

Em tempos difíceis, Von der Leyen diz que “sempre vi em Portugal um forte aliado"

Numa entrevista, Ursula von der Leyen disse que Portugal terá “a tarefa de liderar” com a recuperação da pandemia quando chegar à presidência do Conselho da UE em 2021. E promete uma proposta “mais humana …