Espanha tem plano para reduzir caudais. Rios portugueses em risco

Espanha está a avançar com a revisão dos Planos Especiais de Seca para as suas bacias hidrográficas. Uma das hipóteses em cima da mesa afeta Portugal.

Espanha está a realizar uma revisão dos Planos Especiais de Seca para as suas bacias hidrográficas, que, entre muitos pontos, prevê a redução dos caudais mínimos ecológicos e a deterioração temporária da qualidade da água em situações de seca prolongada.

Embora estes planos sejam para aplicar no país vizinho, os especialistas alertam que os efeitos se farão sentir em território nacional, tanto no que diz respeito à quantidade como à qualidade da água disponível.

No Plano Especial de Secas do Tejo, citado pelo Jornal de Notícias, pode ler-se que o objetivo desta revisão é “evitar ou minimizar os efeitos negativos da seca sobre o estado das massas de água, fazendo com que as situações de deterioração temporária das massas e caudais mínimos ecológicos menos exigentes estejam associados exclusivamente a situações naturais de seca prolongada”.

Baseando-se em indicadores sobre os níveis de precipitação, foi publicado um decreto que define e diferencia seca prolongada de escassez conjuntural.

De acordo com a informação que consta neste novo documento, uma unidade territorial espanhola só estará em seca prolongada quando atingir o limiar de 0,30. Quando esses 0,30 forem atingidos, a unidade poderá reduzir em 50% os caudais mínimos.

Luís Alegre, coordenador do grupo da Quercus dedicado à água, lembra ao JN que os planos de seca “podem vir a levar a uma diminuição da quantidade e qualidade”, já que em Portugal não há capacidade de monitorização de caudais.

O secretário de Estado do Ambiente assegura que o Governo tem a mesma preocupação. Contudo, realça quer o “bom relacionamento” quer o “bom nível de cumprimento em dez anos de aplicação da Convenção de Albufeira“.

A Convenção estabelece que Espanha é obrigada a cumprir os caudais mínimos, exceptuando que se for acionado o regime de excepção para situações de seca.

Inclusivamente, em novembro do ano passado, o ministro do Ambiente garantiu que Espanha estava a cumprir a Convenção de Albufeira, depois de a ZERO ter defendido a revisão e melhoria da Convenção, alertando que Espanha não tinha assegurado todos os caudais acordados para o Douro, Tejo e Guadiana.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Mas o que esperam de Espanha, bons acordos que não melindrem os portugueses? Entretanto e agora mesmo nesta altura que estamos com sorte em haver alguma chuva quanto milhões de hectolitros de água debitada pelos nossos rios irão parar ao mar sem qualquer proveito ou armazenamento? Quando abrirmos os olhos possivelmente já será demasiado tarde!.

RESPONDER

Matteo Salvini considera que pode ser candidato à Comissão Europeia

Matteo Salvini, líder da extrema-direita italiana disse que deveria ser candidato à presidência da Comissão Europeia caso se verifique a vitória de "uma coligação soberanista" nas próximas eleições europeias. “É verdade. Amigos de diferentes países europeus …

Ryanair revela vídeo. Fotografia de tripulantes a dormir no chão foi encenada

Um vídeo divulgado pela Ryanair confirmou que a fotografia dos tripulantes portugueses a dormir no chão foi encenada. A imagem foi denunciada pelo Sindicato Nacional do Pessoal de Voo da Aviação Civil (SNPVAC). De acordo com …

Jornalista saudita. Arábia transferiu 100 milhões para os Estados Unidos

A Arábia Saudita transferiu 100 milhões de dólares para os EUA nesta terça-feira, no mesmo dia em que o secretário de estado norte-americano Mike Pompeo chegou à capital Riade para discutir os contornos da morte …

Benfica contratou russos para investigar e-mails

O Benfica contratou uma empresa de cibersegurança e um escritório de advogados russos para identificar os responsáveis das empresas onde estão alojados os e-mails confidenciais divulgados pelos blogues anónimos. De acordo com a página de jornal …

Demissão de Rovisco Duarte terá sido imposta por novo ministro da Defesa

Rovisco Duarte apresentou a sua demissão ao ministro da Defesa, tendo sido João Gomes Cravinho quem o "empurrou" para a saída, avança o Observador. Esta quarta-feira de manhã, o Chefe de Estado Maior do Exército, Rovisco …

Centeno pode ter mais 150 milhões para aumentos na função pública

O ministro das Finanças já disse e repetiu que só tem 50 milhões de euros para aumentar os salários da função pública em 2019. No entanto, esta verba faz plano de um plano mais generoso, …

Governo muda as regras do jogo. Reforma antecipada só para quem aos 60 tem 40 anos de descontos

O Governo quer limitar, a partir de outubro do próximo ano, o acesso à reforma antecipada aos trabalhadores que começaram a descontar para a Segurança Social antes dos 20 anos. O Governo vai alterar o regime …

Vistos Gold representam um "sério risco de segurança" para a União Europeia

A comissária europeia da Justiça, Vera Jourova, criticou esta terça-feira os Estados-membros que têm a prática de atribuir 'vistos gold' a cidadãos extracomunitários ricos, instando-os a assegurar que a cidadania europeia não é concedida a …

Espanha em alerta vermelho por uma das piores tempestades da última década

Espanha está em alerta vermelho por causa da aproximação de duas tempestades, uma oriunda do Mediterrâneo e outra do Atlântico. O instituto de meteorologia espanhol prevê acumulação de chuva que pode ultrapassar os 100 litros …

Governo quer substituir manuais gratuitos depois de três utilizações

Os manuais escolares gratuitos, que no próximo ano serão distribuídos a um 1,2 milhões de alunos do 1.º ao 12.º ano, deverão ser utilizados três vezes e depois substituídos por novos, afirmou o secretário de …