Espanha pondera recolher obrigatório em todo o país. Esperam-se semanas “muito difíceis”

Mário Oliveira / SEMCOM

Salvador Illa, ministro da saúde de Espanha, referiu que o governo está a estudar um recolhimento obrigatário no país, como forma de travar a propagação do novo coronavírus que nos últimos dias tem feito infetado milhares de pessoas. No caso de ser aprovada pelo Congresso, a medida terá a duração de 15 dias.

As declarações de Illa surgem depois do responsável pela Saúde da comunidade Madrid afirmar que está a ponderar pedir ao Governo central que declare o recolher obrigatório para limitar as deslocações em determinadas horas do dia.

Enrique Ruiz Escudero, responsável pela Saúde em Madrid, sublinhou que na situação em que o país se encontra “qualquer opção que envolva restrição de atividade ou de mobilidade deve ser estudada”.

Em conferência de imprensa, Salvador Illa alertou os espanhóis que as próximas semanas vão ser “muito difíceis”, pois “a segunda onda já não é uma ameaça, mas uma realidade”, afirmou ministro, citado pelo El Mundo.

O Ministro da Saúde relembra que se trata de uma “situação preocupante”, embora reconheça diferenças regionais. Contudo, considera que “o vírus não viaja sozinho” e que por isso é necessário “reduzir a mobilidade e os contactos com o esforço de todos”. Neste sentido, está então em estudo a possibilidade de um recolher obrigatório para limitar as deslocações em todo o território espanhol.

No entanto, Salvador Illa diz que este tipo de medidas requer “um estado de alarme”, pois só desta forma será possível legalmente limitar o direito fundamental dos cidadãos de se deslocarem livremente quando e onde quiserem.

“Vamos analisar o estado de alarme com a comunidade de Madrid e com outras que também têm abordagens semelhantes no conjunto interterritorial”. O ministro quer saber se o PP estaria disponível para apoiar o executivo Pedro Sánchez em decretar o estado de alarme geral.

Antes de mais, o Ministério da Saúde está a preparar um plano de atuação conjunta para todo o país. “O Governo não pretende substituir as comunidades, mas sim coordená-las”, esclareceu Illa.

O Governo central vai reunir-se hoje com os responsáveis de saúde das comunidades autónomas, que têm competências para tomar decisões nas áreas onde atuam, esperando-se que do encontro saia algum tipo de resposta comum para enfrentar a pandemia.

Também durante a conferência de imprensa, Salvador Illa informou que o Conselho de Ministros autorizou a compra antecipada de 3,5 milhões de doses de vacinas, que deverão começar a chegar já em dezembro, caso o fármaco da AstraZeneca/Oxford passe com sucesso os testes de segurança.

Segundo as projeções do governo espanhol, as vacinas adquiridas, por serem de dose dupla, vão poder ser administradas a 15 milhões de espanhóis, entre os meses de dezembro e junho.

ZAP //

 

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Portugal regista 677 novos casos de covid-19 e cinco mortes

Portugal registou, este domingo, 677 novos casos e cinco mortes na sequência da infeção por covid-19, de acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde, Portugal …

Estudo mostra como diferentes espécies de polvos coexistem no mesmo ambiente

Existem mais de 300 espécies de polvos a viver em diversos habitats que abrangem recifes de coral, leitos de ervas marinhas, planícies de areia e regiões de gelo polar. Mas de que forma cefalópodes tão …

As máquinas estão "muito longe" de serem mais inteligentes (mas muito perto de agir como pessoas)

A especialista em inteligência artificial Daniela Braga considera que as máquinas estão "muito longe" de substituírem totalmente os humanos ou serem mais inteligentes, mas estão "muito perto" de interagirem como as pessoas. "Acho que estamos muito …

Secreto e lucrativo, o mercado de venda de "fezes de cachalote" pode também ser violento

O âmbar cinza é altamente raro, mas também altamente valioso. Usada na indústria dos perfumes, o mercado deste material pode ser muito perigoso. Deixa na pele uma resina oleosa e tem um cheiro a tabaco, madeira, …

Empresa norueguesa garante que pode "parar" furacões antes que estes se tornam destrutivos

Especialistas ambientais advertem que o sistema de "cortina de bolhas" proposto pela empresa pode provocar efeitos indesejados. A OceanTherm, uma startup norueguesa, assegura que a sua nova tecnologia pode evitar que as tempestades tropicais se tornem …

Afeganistão: Familiares consideram "insuficientes" pedido de desculpas dos EUA

Familiares dos civis afegãos mortos por "engano" durante um ataque de um avião não tripulado 'drone' norte-americano no final de agosto em Cabul consideraram este sábado "insuficiente" o pedido de desculpas de Washington, numa entrevista …

Descoberta de pegadas fossilizadas em Espanha revela a existência de um "berçário" de elefantes

Pegadas fossilizadas foram encontradas numa praia no sul da Espanha e mostram o que pode ter sido o berçário de uma espécie extinta de elefantes. O local costeiro, situado na região de Huelva, estava normalmente coberto …

Morreu aos 98 anos o historiador, sociólogo e crítico de arte José-Augusto França

O historiador, sociólogo e crítico de arte José-Augusto França morreu este sábado, aos 98 anos, na casa de saúde de Jarzé, perto da cidade francesa de Angers, disse à Lusa a pintora Emília Nadal, sua …

Ventura: "Não vejo outra possibilidade senão a ministra da Saúde ou pedir desculpa ou ser afastada"

O Chega vai questionar formalmente o Governo pelo “facto de a ministra da Saúde ter utilizado um carro do Estado” para ir a uma ação de campanha no Porto na sexta-feira, anunciou este sábado André …

Ouvir 30 segundos de uma sonata de Mozart pode reduzir ataques de epilepsia

Ouvir a Sonata para Dois Pianos em Ré Maior (K448), de Wolfgang Amadeus Mozart, durante pelo menos 30 segundos, ajuda a reduzir a atividade elétrica cerebral associada à epilepsia resistente a medicação. Os resultados também sugerem …