Espanha pondera recolher obrigatório em todo o país. Esperam-se semanas “muito difíceis”

Mário Oliveira / SEMCOM

Salvador Illa, ministro da saúde de Espanha, referiu que o governo está a estudar um recolhimento obrigatário no país, como forma de travar a propagação do novo coronavírus que nos últimos dias tem feito infetado milhares de pessoas. No caso de ser aprovada pelo Congresso, a medida terá a duração de 15 dias.

As declarações de Illa surgem depois do responsável pela Saúde da comunidade Madrid afirmar que está a ponderar pedir ao Governo central que declare o recolher obrigatório para limitar as deslocações em determinadas horas do dia.

Enrique Ruiz Escudero, responsável pela Saúde em Madrid, sublinhou que na situação em que o país se encontra “qualquer opção que envolva restrição de atividade ou de mobilidade deve ser estudada”.

Em conferência de imprensa, Salvador Illa alertou os espanhóis que as próximas semanas vão ser “muito difíceis”, pois “a segunda onda já não é uma ameaça, mas uma realidade”, afirmou ministro, citado pelo El Mundo.

O Ministro da Saúde relembra que se trata de uma “situação preocupante”, embora reconheça diferenças regionais. Contudo, considera que “o vírus não viaja sozinho” e que por isso é necessário “reduzir a mobilidade e os contactos com o esforço de todos”. Neste sentido, está então em estudo a possibilidade de um recolher obrigatório para limitar as deslocações em todo o território espanhol.

No entanto, Salvador Illa diz que este tipo de medidas requer “um estado de alarme”, pois só desta forma será possível legalmente limitar o direito fundamental dos cidadãos de se deslocarem livremente quando e onde quiserem.

“Vamos analisar o estado de alarme com a comunidade de Madrid e com outras que também têm abordagens semelhantes no conjunto interterritorial”. O ministro quer saber se o PP estaria disponível para apoiar o executivo Pedro Sánchez em decretar o estado de alarme geral.

Antes de mais, o Ministério da Saúde está a preparar um plano de atuação conjunta para todo o país. “O Governo não pretende substituir as comunidades, mas sim coordená-las”, esclareceu Illa.

O Governo central vai reunir-se hoje com os responsáveis de saúde das comunidades autónomas, que têm competências para tomar decisões nas áreas onde atuam, esperando-se que do encontro saia algum tipo de resposta comum para enfrentar a pandemia.

Também durante a conferência de imprensa, Salvador Illa informou que o Conselho de Ministros autorizou a compra antecipada de 3,5 milhões de doses de vacinas, que deverão começar a chegar já em dezembro, caso o fármaco da AstraZeneca/Oxford passe com sucesso os testes de segurança.

Segundo as projeções do governo espanhol, as vacinas adquiridas, por serem de dose dupla, vão poder ser administradas a 15 milhões de espanhóis, entre os meses de dezembro e junho.

ZAP //

 

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

O cenário "é de guerra" e o medo é de a perder. Temido admite que "estamos muito próximos do limite"

Após uma visita ao Hospital Garcia de Orta, que alertava no sábado para um "cenário de pré-catástrofe", Marta Temido admitiu que o Serviço Nacional de Saúde, os operadores sociais e privados estão em "extremo sobreesforço". Marta …

Discutir sobre temas controversos requer mais atividade cerebral do que concordar

Uma nova investigação da Universidade de Yale, nos Estados Unidos, confirmou aquilo que o senso comum já vaticinava: discutir sobre temas controversos requer muito mais atividade cerebral do que simplesmente concordar. De acordo com a nova …

Estado de emergência vai manter-se até março. Marcelo admite confinar mais o país

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, esteve este domingo no Hospital Santa Maria, em Lisboa, onde admitiu confinar mais o país devido à pressão nos hospitais. Em declarações aos jornalistas, Marcelo Rebelo de Sousa, …

"São dores de crescimento". CNE admite problemas no voto antecipado, mas promete solução no futuro

Domingo foi dia de voto antecipado para 246.880 eleitores, um número recorde desde que esta modalidade foi introduzida no país. As longas filas e alguns ajuntamentos, numa altura em que o país vive um novo …

Costa convoca Conselho de Ministros extraordinário. Café ao postigo em risco (e ATL até 12 anos podem reabrir)

O Governo convocou um Conselho de Ministros extraordinário para decidir novas medidas de confinamento. Em cima da mesa estará a hipótese de acabar com o café ao postigo e a possível abertura dos ATL até …

Sérgio Oliveira, Luis Díaz e Evanilson testam positivo e vão falhar clássico

Os três jogadores azuis e brancos testaram positivo à covid-19, este domingo, e falham assim o jogo frente ao Sporting na meia-final da Taça da Liga. De acordo com o jornal A Bola, os jogadores do …

Papagaios, lémures, golfinhos e cães. Há vários animais que se auto-medicam

Há vários animais que, à semelhança do Homem, procuram determinadas substâncias na natureza para tratar a dor, prevenir o sofrimento ou simplesmente para se sentirem melhor - é uma espécie de auto-medicação do mundo animal.  Este …

Morreu Phil Spector, o produtor de “Let it Be” dos The Beatles

O produtor Phil Spector, um dos mais conhecidos da indústria discográfica desde a década de 1960, criador da designada "parede de som", morreu no sábado aos 81 anos, informaram este domingo os serviços prisionais …

Quão escuro é o Universo? Mais do que pensávamos, apurou a New Horizons

Novas medições levadas a cabo pela sonda espacial não tripulada da NASA New Horizons mostram que o Universo não é tão escuro como pensávamos. A escuridão do Universo é um fenómeno conhecido e estudado, sendo …

Listrada ou com manchas? Encontrados ventos e correntes na anã castanha mais próxima

Uma equipa de investigadores liderada pela Universidade do Arizona, nos Estados Unidos, encontrou bandas e listras na anã castanha mais próxima da Terra. A descoberta sugere a existência de processos que agitam a atmosfera da …