Espanha. Pedro Sánchez considera que terminaram as negociações com o Podemos

ZIPI / EPA

O primeiro-ministro espanhol e líder do PSOE, Pedro Sánchez, com o líder do Podemos, Pablo Iglesias

O presidente em exercício do governo espanhol, Pedro Sánchez (do PSOE), afirmou esta segunda-feira que acabaram as negociações com o partido de extrema-esquerda Podemos para a formação de um governo em Espanha.

Numa entrevista esta manhã à rádio Cadena Ser, Pedro Sánchez disse que o líder do Podemos, Pablo Iglesias, “deu por rompidas as negociações” e acusou-o de usar a consulta interna agendada para esta quinta-feira como forma de “justificar o seu voto contrária à investidura”, avançou o Observador.

Os socialistas liderados por Pedro Sánchez ganharam as eleições legislativas de 28 de abril, conseguindo eleger 123 deputados num total de 350 que compõem o Congresso dos Deputados. Ou seja, sem capacidade para formar governo.

Depois de os partidos da direita (Ciudadanos, PP e Vox) terem anunciado que vão votar contra a formação de um governo socialista, o PSOE precisa necessariamente do apoio do Podemos (que elegeu 42 deputados) e de algumas forças regionais de esquerda para garantir a recondução.

Os últimos dias têm sido marcados por um aumento da intensidade das negociações, mas as reuniões entre Pedro Sánchez e Pablo Iglesias têm acabado todas num impasse.

O Podemos exige a formação de um governo de coligação, que inclua ministros daquela formação de extrema-esquerda, mas Pedro Sánchez tem recusado a possibilidade de incluir dirigentes do Podemos no executivo – até à semana passada.

Na última sexta-feira, o PSOE cedeu cargos ministeriais ao Podemos, desde os ministros da extrema-esquerda que tivessem um perfil “técnico e não político”. Pablo Iglesias torceu o nariz e convocou, para a próxima quinta-feira, um referendo interno.

Cerca de 190 mil pessoas vão poder votar na forma como o Podemos se deverá posicionar nesta discussão: se deve exigir um governo de coligação com representação proporcional aos votos dentro ou se basta o apoio do Podemos a um governo exclusivamente socialista.

Para Pedro Sánchez, este referendo interno é uma “mascarada” e uma estratégia para se justificar perante o seu eleitorado. O líder do PSOE disse, na entrevista à Cadena Ser desta segunda-feira, que Pablo Iglesias recusou “a incorporação de pessoas qualificadas da coligação Unidas Podemos no conselho de ministros”.

“É a primeira vez em 40 anos que o candidato a presidente do governo faz uma proposta deste tipo e recebe a resposta de que é uma idiotice”, afirmou Pedro Sánchez. “A sua consulta interna rompeu as negociações, porque vão usar esta consulta adulterada para justificar o seu não à investidura pela segunda vez”.

TP, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

"Lupin". Livros originais regressam aos mais vendidos com série na Netflix

Novo fenómeno da Netflix, a série francesa Lupin estreou a bater recordes no ecrã… e não só. Com o sucesso da adaptação moderna da história clássica do ladrão Arsène Lupin, os livros originais voltaram aos …

Escavações revelam canibalismo azteca durante invasão espanhola

Centenas de invasores espanhóis capturados na localidade azteca de Tecoaque em 1520 terão sido sacrificados e devorados pelos indígenas, motivando um posterior massacre ordenado pelo "conquistador" Hernan Cortés. Um estudo publicado pelo Instituto Nacional de Antropologia …

A carrinha NV350 da Nissan inaugura uma nova forma de teletrabalho

O teletrabalho pode tornar-se menos aborrecido graças à Nissan. A fabricante japonesa apresentou a sua carrinha NV350 através do YouTube, na semana passada. A empresa destacou a principal caraterística deste veículo: pode ser formatado para …

Hospitais estão no limite. Modelos computacionais podem ajudar a manter as portas abertas

Modelos computacionais podem ser aplicados para ajudar a fazer uma melhor gestão das camas disponíveis para o internamento de doentes infetados com o novo coronavírus. A covid-19 está a causar pressão nos serviços de saúde em …

Guardas diabólicas. Mulheres comuns pertenceram à SS (e torturaram outras em campo de concentração)

Prosseguir, torturar e matar judeus não foi uma ação impulsionada apenas por homens. Na altura da Segunda Guerra Mundial foram muitas as mulheres que se juntaram à SS para fiscalizar e realizar tarefas nos campos …

Sp. Braga 2-1 Benfica | Braga bate Benfica no jogo aéreo e volta à final da Taça da Liga

O Sporting de Braga venceu esta quarta-feira o Benfica por 2-1, com dois golos de cabeça, e vai defender o título na Taça da Liga em futebol na final de sábado, frente ao Sporting, em …

EUA. Com medo da covid-19, homem esconde-se em aeroporto durante três meses

Com receio de ir para casa devido à covid-19, um homem de 36 anos ficou durante três meses no Aeroporto Internacional O'Hare, em Chicago, nos Estados Unidos (EUA), sem ser descoberto. De acordo com um artigo …

Congeladores em vez de assentos. Empresa remodela avião para transportar vacinas contra a covid-19

O transporte de vacinas contra a covid-19 acabou de se tornar mais fácil graças a uma empresa aeronáutica italiana que remodelou uma avião para o efeito. A empresa italiana Tecnam normalmente fabrica peças de aeronaves para fabricantes, além …

Netanyahu tem a seringa com que foi vacinado contra a covid-19 exposta no seu escritório

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, guardou a seringa com que foi vacinado contra a covid-19. O objeto está agora exposto no seu escritório no interior de uma caixa de vidro com uma base em …

Presidente da Câmara de Pedrógão Grande acusado de 11 crimes

O presidente da Câmara de Pedrógão Grande foi acusado de 11 crimes na sequência dos incêndios de junho de 2017, sete de homicídio por negligência e quatro de ofensa à integridade física por negligência. Numa informação …