Espanha. Pedro Sánchez considera que terminaram as negociações com o Podemos

ZIPI / EPA

O primeiro-ministro espanhol e líder do PSOE, Pedro Sánchez, com o líder do Podemos, Pablo Iglesias

O presidente em exercício do governo espanhol, Pedro Sánchez (do PSOE), afirmou esta segunda-feira que acabaram as negociações com o partido de extrema-esquerda Podemos para a formação de um governo em Espanha.

Numa entrevista esta manhã à rádio Cadena Ser, Pedro Sánchez disse que o líder do Podemos, Pablo Iglesias, “deu por rompidas as negociações” e acusou-o de usar a consulta interna agendada para esta quinta-feira como forma de “justificar o seu voto contrária à investidura”, avançou o Observador.

Os socialistas liderados por Pedro Sánchez ganharam as eleições legislativas de 28 de abril, conseguindo eleger 123 deputados num total de 350 que compõem o Congresso dos Deputados. Ou seja, sem capacidade para formar governo.

Depois de os partidos da direita (Ciudadanos, PP e Vox) terem anunciado que vão votar contra a formação de um governo socialista, o PSOE precisa necessariamente do apoio do Podemos (que elegeu 42 deputados) e de algumas forças regionais de esquerda para garantir a recondução.

Os últimos dias têm sido marcados por um aumento da intensidade das negociações, mas as reuniões entre Pedro Sánchez e Pablo Iglesias têm acabado todas num impasse.

O Podemos exige a formação de um governo de coligação, que inclua ministros daquela formação de extrema-esquerda, mas Pedro Sánchez tem recusado a possibilidade de incluir dirigentes do Podemos no executivo – até à semana passada.

Na última sexta-feira, o PSOE cedeu cargos ministeriais ao Podemos, desde os ministros da extrema-esquerda que tivessem um perfil “técnico e não político”. Pablo Iglesias torceu o nariz e convocou, para a próxima quinta-feira, um referendo interno.

Cerca de 190 mil pessoas vão poder votar na forma como o Podemos se deverá posicionar nesta discussão: se deve exigir um governo de coligação com representação proporcional aos votos dentro ou se basta o apoio do Podemos a um governo exclusivamente socialista.

Para Pedro Sánchez, este referendo interno é uma “mascarada” e uma estratégia para se justificar perante o seu eleitorado. O líder do PSOE disse, na entrevista à Cadena Ser desta segunda-feira, que Pablo Iglesias recusou “a incorporação de pessoas qualificadas da coligação Unidas Podemos no conselho de ministros”.

“É a primeira vez em 40 anos que o candidato a presidente do governo faz uma proposta deste tipo e recebe a resposta de que é uma idiotice”, afirmou Pedro Sánchez. “A sua consulta interna rompeu as negociações, porque vão usar esta consulta adulterada para justificar o seu não à investidura pela segunda vez”.

TP, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Os Simpsons podem ter previsto o surto do novo coronavírus da China

A série de televisão animada "Os Simpsons" é conhecida por ter feito profecias que, com o passar do tempo, se tornaram mesmo realidade. Agora, os fãs do programa parecem ter encontrado um episódio que prediz …

Identificada nova espécie de dinossauro que viveu há mais de 150 milhões de anos

Paleontólogos identificaram, nos Estados Unidos, uma nova espécie de dinossauro do género dos alossauros, que viveu há mais de 150 milhões de anos. A espécie, que tem o nome de Allosaurus jimmadseni, foi identificada a partir …

Escorpião com 436 milhões de anos foi dos primeiros animais a pisar a Terra

Cientistas descobriram um escorpião com 436 milhões de anos que terá sido um dos primeiros animais da Terra a migrar dos habitats aquáticos para os terrestres. Foram encontrados dois fósseis da espécie num antigo mar tropical …

Bruno de Carvalho disposto a liderar SAD do Sporting com Varandas

O ex-presidente do Sporting admitiu, esta sexta-feira, estar disposto a liderar a SAD do clube, mesmo com Frederico Varandas como presidente. No seu comentário semanal na Rádio Estádio, Bruno de Carvalho disse estar disposto a regressar …

A Inteligência Artificial teria resolvido o mistério da fuga de Alcatraz

Um programa de Inteligência Artificial (IA) poderia ter resolvido o mistério da fuga dos irmãos irmãos John e Clarence Anglin e Frank Morris da prisão de Alcatraz, que foi considerada uma das mais seguras dos …

Mais de 30 militares dos EUA ficaram com lesões cerebrais após ataque iraniano

Mais de 30 militares norte-americanos ficaram com lesões cerebrais traumáticas na sequência do ataque iraniano na base militar de Ain al-Assad, no Iraque. 34 militares norte-americanos ficaram com lesões cerebrais traumáticas na sequência do ataque levado …

Homem que torturou suspeitos de planear o 11 de setembro diz que o voltaria a fazer

James Mitchell torturou os cinco suspeitos de terem planeado o ataque de 11 de setembro de 2001. Em tribunal, disse que não tem remorsos e que o voltaria a fazer. James Mitchell foi o psicólogo responsável …

Belenenses e Belenenses SAD chegam a acordo para suspender ações judiciais

A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) anunciou, esta sexta-feira, que foi alcançada uma suspensão das ações judiciais entre o Belenenses e a Belenenses SAD. Em comunicado publicado na sua página oficial, a FPF informou que o …

Amazon quer que os clientes paguem com as mãos

A gigante tecnológica Amazon quer que os  clientes comprem e efetuem o pagamento com um aceno da mão em vez de passar um cartão numa máquina. De acordo com o Wall Street Journal, que cita fontes …

59 autarcas constituídos arguidos na Operação Éter

O Ministério Público constituiu 74 arguidos, 59 dos quais autarcas e ex-autarcas de 47 câmaras do Norte e Centro, no processo da investigação às Lojas Interativas da Turismo do Porto e Norte, realizada no âmbito …