Com mais de 400 mil casos, Espanha anuncia novas medidas para combater pandemia

partyofeuropeansocialists / Flickr

O primeiro-ministro espanhol, Pedro Sánchez

O primeiro-ministro espanhol ofereceu, esta terça-feira, o apoio do Governo às regiões que decretem o estado de emergência para conter a pandemia e a mobilização de dois mil militares para as auxiliar no rastreio de contágios.

“O Governo de Espanha vai colocar à disposição das comunidades efetivos das Forças Armadas para o rastreio” de contágios do novo coronavírus, disse o primeiro-ministro, Pedro Sánchez, numa declaração depois do Conselho de Ministros, precisando que podem ser mobilizados dois mil militares para esse fim.

O chefe do Executivo espanhol sublinhou também que as regiões podem decidir aplicar o estado de emergência em parte ou em todo o respetivo território, limitando nomeadamente a circulação, no que terão todo o apoio do Governo central, com todos os meios materiais, digitais e jurídicos.

“Se um presidente autonómico considera que necessita deste instrumento […], o Governo de Espanha está disposto a dar-lhe essa capacidade“, disse Sánchez, ressalvando, contudo, que “falar de estado de alerta não é falar de confinamento” e evocando as diferentes fases de desconfinamento que foram aplicadas no país após o pico da pandemia.

A falta de meios humanos nas comunidades autónomas, competentes em matéria de saúde, tem sido apontada como uma das razões do forte aumento de novos casos de covid-19.

“A evolução da curva da pandemia é preocupante e é preciso travá-la“, admitiu Sánchez, acrescentando, contudo, que Espanha continua “longe da situação de meados de março” e que “não deve criar-se um medo que paralise” o país.

O primeiro-ministro espanhol apelou aos espanhóis para que descarreguem a aplicação RadarCovid para facilitar o trabalho de rastreio. “Com 20% de downloads [da população total], reduziríamos a curva de contágio em 30%”, disse o socialista, citado pelo semanário Expresso.

Espanha, que na segunda-feira ultrapassou os 400 mil casos, regista nas últimas semanas um aumento de casos de infeção, tendo atingido, na quarta-feira passada, o número mais elevado de novos casos desde o final de maio (3.715), com Madrid, Aragão e a Catalunha como as regiões atualmente mais afetadas. A pandemia já fez mais de 28 mil mortos no país.

Um especialista ouvido pela agência francesa AFP considera que Espanha se encontra numa situação “crítica” no combate à pandemia, uma vez que regista a pior taxa de novas infeções da Europa Ocidental.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Médico sírio acusado na Alemanha de crimes contra a humanidade

Um médico sírio foi acusado na Alemanha de crimes contra a humanidade por supostamente torturar e matar pessoas em hospitais militares no seu país de origem, informaram os promotores na quarta-feira. O Ministério Público Federal de …

Justiça climática. Vamos todos sofrer com as alterações climáticas, mas não de forma igual

A recente onda de calor na América do Norte é mais um exemplo de que apesar de ser um problema global, as alterações climáticas não vão afectar todos igualmente e podem exacerbar injustiças sociais e …

Os exemplos que Portugal deve seguir (e evitar) nas últimas etapas da pandemia

No plano apresentado pela equipa de Raquel Duarte comparam-se as estratégias opostas adotadas por Israel e Reino Unido, com a segunda a merecer nota negativa por parte dos investigadores. Os dados foram lançados na reunião que …

Jogos da Taça da Liga de sábado adiados para domingo para poderem ter público

O presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) anunciou, esta quinta-feira, que os jogos da Taça da Liga agendados para sábado vão ser adiados para domingo, para que possam ter público nas bancadas. "A Liga, …

Dinamarca enfrenta acção legal por querer repatriar refugiados sírios

O governo dinamarquês quer repatriar sírios naturais de Damasco depois de um relatório mostrar que há zonas da Síria onde a segurança melhorou. A decisão está a ser criticada por activistas e o caso pode …

Pela primeira vez, foi observada luz por detrás de um buraco negro

Um estudo divulgado esta quarta-feira revelou a primeira observação direta da luz por detrás de um buraco negro, através da deteção de pequenos sinais luminosos de raios-X, confirmando a Teoria da Relatividade Geral, de Einstein. Segundo …

Cheias atingem campos no Bangladesh. Pelo menos seis refugiados Rohingya mortos

Pelo menos seis refugiados Rohingya morreram após as cheias inundarem os campos de refugiados em Bangladesh nos últimos dias, destruindo os abrigos de bambu e plástico e deixando pelo menos 5.000 desabrigados, informou o Alto-comissariado …

Defesa de Salgado alega diagnóstico preliminar de Alzheimer do ex-banqueiro

A defesa do antigo presidente do BES, que está a ser julgado por três crimes de abuso de confiança no âmbito da Operação Marquês, pediu ao tribunal uma perícia médica devido ao seu diagnóstico preliminar …

Três norte-americanos emitem carbono suficiente para matar uma pessoa, revela estudo

O estilo de vida de três norte-americanos leva a uma emissão de carbono suficiente para matar uma pessoa, revelou um novo artigo, concluindo ainda que as emissões de uma única usina a carvão podem causar …

Terceira dose da vacina da Pfizer aumenta "fortemente" a proteção contra a variante Delta

Farmacêutica norte-americana pretende submeter um novo pedido de autorização de emergência para a administração da terceira dose ao regulador, depois de já ter visto um pedido anterior ser recusado por falta de evidências científicas. Depois de …