“Não haverá outro igual”. Espanha faz juras de amor a Ronaldo

Alejandro Garcia / EPA

O futebolista português marcou uma “era dourada” no Real Madrid e ruma aos italianos da Juventus com o estatuto de “inigualável”, como destacam os jornais espanhóis um dia depois de a transferência ter sido oficializada.

Esta terça-feira, tornou-se oficial: Cristiano Ronaldo assinou um contrato com a Juventus válido por quatro anos, com o clube italiano a pagar ao Real Madrid 100 milhões de euros.

“A Juventus comunica que chegou a acordo com o Real Madrid para a aquisição a título definitivo dos direitos desportivos do futebolista Cristiano Ronaldo a troco do pagamento de 100 milhões de euros, pagos em duas épocas”, lê-se no comunicado do campeão italiano, que desembolsa ainda 12 milhões relativos ao mecanismo de solidariedade e gastos acessórios. Ronaldo vai receber um salário de 30 milhões de euros por ano.

O negócio realizou-se durante a tarde, depois de o presidente da ‘Juve’, Andrea Agnelli, se ter encontrado com o jogador na Grécia, país onde está a passar férias.

Depois de nove temporadas ao serviço do Real Madrid, o internacional português explicou, numa carta aberta publicada ontem no site do clube espanhol, que viveu na capital os anos mais felizes da sua vida.

“Mas chegou o momento de sair e pedi ao Real Madrid para que me deixasse transferir. O Real conquistou o meu coração e da minha família. Quero agradecer aos companheiros de equipa, fisioterapeutas, ao presidente e aos adeptos porque fizeram tudo para que nada me faltasse. Foram nove anos apaixonantes. Refleti muito e cheguei a esta decisão. Hala Madrid”.

Entretanto, o clube de Madrid partilhou um vídeo de despedida ao jogador português, intitulado de “Obrigado, Cristiano Ronaldo”, no qual mostra os melhores momentos dos nove anos que passou na capital espanhola.

Juras de amor em Espanha

Não haverá outro igual. Vai-se Cristiano, a lenda dos 451 golos”, destaca o jornal Marca, numa única manchete, ilustrada com tantas bolas quantos tentos marcou o avançado pelos merengues e com a fotografia do golo marcado à Juventus, em Turim, em abril último, com um pontapé de bicicleta.

No interior, o Marca fala do “7Fim de uma era” e conta os passos para a transferência consumada na terça-feira, enaltecendo ainda a “carta de amor” do português e do “ouro puro” que este representou para o clube.

O também desportivo AS recorre ao italiano para se despedir do capitão da seleção portuguesa “Ciao, Cristiano, foi bonito enquanto durou”, numa capa em que surge Ronaldo em gozo de férias e com uma parte da sua carta de despedida.

Igualmente em italiano, o Mundo Deportivo oferece o protagonismo ao português, com a expressão ‘CR Sette’, enquanto o Sport promove Ronaldo à capa, mas por a transferência ocorrer a pedido do jogador e por o Real Madrid ficar sem referências, depois da sua saída e da de Zinedine Zidane. No interior, o Sport dá conta da transferência com o título ‘CR7 dinamita Madrid’.

“Cristiano vai para a Juventus depois de marcar uma época dourada em Madrid“, foi o destaque oferecido pelo generalista El País à mudança do português, após nove temporadas no clube madridista, enquanto o El Mundo destaca a saída por vontade de Ronaldo, numa chamada de capa ilustrada por uma caricatura.

Sporting encaixa 2,25 milhões de euros com transferência

O Sporting vai encaixar 2,25 milhões de euros relativos à transferência do futebolista para a Juventus e decorrentes do período de formação no clube lisboeta, ao abrigo do mecanismo de solidariedade da FIFA.

A aquisição de Ronaldo pelo clube campeão de Itália por 100 milhões de euros significa, de acordo com o regulamento, que terá de pagar cinco milhões de euros, o equivalente a 5% do valor de transferência, aos clubes pelos quais o jogador passou entre os 12 e os 23 anos.

O Nacional, clube em que Cristiano Ronaldo estava quando cumpriu o 12.º aniversário, terá direito a 0,25% desse montante, ou seja, 250 mil euros, enquanto o Sporting, no qual o avançado esteve seis épocas, tem direito a 0,25% por cada uma das três primeiras e 0,5% por cada uma as restantes, totalizando 2,25 milhões de euros.

O Manchester United, para o qual o capitão da seleção portuguesa se transferiu em 2003 por 15 milhões de euros, vai receber os restantes 2,5 milhões de euros do mecanismo de solidariedade, depois de ter cedido os direitos de Cristiano Ronaldo ao Real Madrid, em 2009, por 94 milhões de euros. Dessa transferência, o Sporting encaixou 2,4 milhões.

Aos 33 anos, o capitão da seleção portuguesa vai defender o quarto clube na carreira sénior, depois de Sporting (2002/03), Manchester United (2003/04 a 2008/09) e Real Madrid (2009/10 a 2017/18).

Cinco vezes vencedor da Bola de Ouro, em 2008, 2013, 2014, 2016 e 2017, Cristiano Ronaldo estava ligado contratualmente até 30 de junho de 2021 ao emblema ‘merengue’, ao serviço do qual conquistou quatro Ligas dos Campeões, dois Mundiais de Clubes, duas Supertaças Europeias, dois campeonatos, duas Taças do Rei e duas Supertaças de Espanha.

A Juventus domina o historial do campeonato italiano, com 34 títulos de campeão, sete dos quais conquistados ininterruptamente desde 2011/12 – os quatro últimos sob o comando do atual treinador, Massimiliano Allegri.

Ronaldo vai ser o sétimo português a juntar-se ao clube de Turim, depois de Rui Barros, Paulo Sousa, Dimas, Jorge Andrade, Tiago e João Cancelo, contratado neste defeso ao Valência.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

E se a vacina contra a covid-19 se chamasse Trumpcine? O "sir" sugeriu e Donald Trump gostou

No fim de semana passado, durante um encontro do Comité Nacional Republicano, o ex-Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse que alguém sugeriu que as vacinas disponíveis contra a covid-19 deveriam receber o seu nome. …

O custo da paz mundial é bastante inferior ao custo da guerra

Um recente relatório do Instituto de Economia e Paz (IEP) conclui que o custo dos países com a violência é bem superior ao custo com a paz mundial. O Instituto de Economia e Paz estima que, …

Malta vai pagar aos turistas que visitarem a ilha durante o verão

Numa altura em que pandemia não tem dado tréguas ao setor do turismo, Malta anunciou um conjunto de medidas com o objetivo de encorajar os viajantes a visitarem o país e a ficarem hospedados nos …

Pentágono confirma que filmagens de OVNI em forma de pirâmide são autênticas

Uma nova série de imagens e vídeos de OVNIs (Objetos Voadores Não Identificados) filmados pela Marinha dos Estados Unidos foi agora confirmada como autêntica pelo Pentágono. Enquanto muitas pessoas geralmente se referem a avistamentos misteriosos …

Irão vai aumentar produção de urânio enriquecido em resposta ao “terrorismo nuclear” de Israel

O Irão justificou esta quarta-feira a decisão de enriquecer urânio a 60% como resposta ao “terrorismo nuclear” e à “maldade” israelita, referindo-se ao alegado ataque contra a central de Natanz, no domingo. “A decisão de enriquecer …

Possibilidade de ser reinfetado baixa 84% para quem já teve covid-19

Um novo estudo indica que a infeção prévia por SARS-CoV-2 protege a maioria dos indivíduos contra a reinfecção durante uma média de sete meses As probabilidades de reinfeção não descem até zero, mas um novo estudo, …

Bolsonaro diz que confinamentos transformaram o Brasil num "barril de pólvora"

Jair Bolsonaro, presidente do Brasil, alertou esta quarta-feira que o país se tornou "um barril de pólvora" devido às medidas restritivas adotadas por governadores e prefeitos para tentar conter a disseminação da covid-19. "O Brasil está …

Valentina poderia ter sobrevivido se socorrida, afirma médico legista

O médico responsável pela autópsia de Valentina, a criança de nove anos que morreu após graves agressões, admitiu hoje ao Tribunal de Leiria que a menina poderia ter sobrevivido, "com sequelas", se tivesse sido socorrida. A …

Marcelo admite confinamentos locais, fala em "reta final" e aponta à "recuperação social"

O Presidente da República afirmou esperar que o estado de emergência esteja a caminhar para o fim, sem dar como certo que esta seja a sua última renovação, e admitiu confinamentos locais para conter a …

Caso Marquês: Distribuição do processo investigado. Recursos só chegam ao Tribunal da Relação em 2022

O Conselho Superior da Magistratura (CSM) vai averiguar se há novos elementos que justifiquem uma alteração do seu entendimento de que não houve irregularidades na distribuição, na fase de investigação da Operação Marquês, ao juiz …