Escritora francesa Anne Bert morreu por suicídio assistido na Bélgica

Anne Bert / Twitter

A escritora francesa Anne Bert que morreu aos 59 anos, a 2 de Outubro de 2017, por suicídio assistido.

Diagnosticada em 2015 com uma doença degenerativa incurável, a escritora francesa Anne Bert morreu, esta segunda-feira, por eutanásia, na Bélgica, para onde tinha viajado propositadamente para se sujeitar ao suicídio assistido.

Anne Bert, conhecida pela sua escrita erótica, tinha transformado o seu suicídio programado numa batalha política, com vista a aprovar em França uma lei semelhante à que existe na Bélgica, um dos poucos países do mundo que permite a eutanásia.

Nesta segunda-feira, a escritora de 59 anos morreu numa unidade de cuidados paliativos, na Bélgica, depois de receber uma injecção letal num suicídio assistido.

A francesa sofria de Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA), doença degenerativa incurável que afecta o cérebro e a espinal medula, levando, gradualmente, à paralisação dos membros e do aparelho respiratório.

A escritora manifestou publicamente, e por diversas vezes, o desejo de ter uma morte assistida, lamentando que a doença “canibal” que a afectava, como dizia, tinha já afectado os movimentos dos seus braços.

“Já não posso alimentar-me ou deitar-me sozinha, às vezes não consigo engolir, vivo como um animal“, tinha desabafado em Setembro.

Na mesma altura, tinha anunciado que ia partir para a Bélgica para ir lá morrer, aproveitando a lei da eutanásia daquele país e deixando muitas críticas à chamada “Lei Claeys-Leonetti”, sobre o fim de vida, que foi aprovada pelo Governo francês em 2015.

Esta lei francesa determina que os pacientes podem ser alvo de uma “sedação profunda e contínua”, para evitar o sofrimento até ao fim da vida, mas apenas nos casos dos doentes terminais, não admitindo a administração de medicamentos que possam provocar directamente a morte.

Anne Bert criticou a lei como “um engano gigantesco” criado só para lançar “pó para os olhos” dos doentes. Uma Lei que “responde mais às preocupações dos médicos do que aos direitos dos pacientes que desejam não chegar ao termo das suas doenças incuráveis ou aceitar sofrimentos insuportáveis”, lamentou numa carta aberta enviada aos candidatos presidenciais, aquando das recentes eleições francesas.

“Adormecer um doente para o deixar morrer de fome e de sede é realmente mais respeitoso para com a vida do que pôr-lhe termo com a administração de um produto letal?”, perguntava na mesma carta.

Eu quero morrer em paz, antes de ser torturada, passar a fronteira para fugir do proibido”, escreve Anne Bert no livro que vai ser publicado esta quarta-feira, depois da sua morte, como estava previsto, segundo cita o Le Parisien, antecipando a obra.

Neste livro de despedida, a escritora também escreve que a decisão do suicídio assistido não se trata de coragem, mas de “uma escolha”. “A minha livre escolha. E é muito mais doce do que o que me estava prometido”, conclui Anne Bert.

Susana Valente SV, ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Esperemos que a eutanásia e o suicídio assistido sejam aprovados em Portugal, o mais brevemente possível. Pessoalmente, são actos que gostaria de evitar, mas para quem o desejar fazer (incluindo eu mesmo, se for caso disso), é melhor ter a possibilidade de uma morte indolor do que cometer um suicídio violento, indigno e extremamente doloroso, para quem morre e para quem fica.

    • Concordo Joca. Mas duvido que em Portugal sejam legalizados..porque somos muito modernos para algumas situações (ex.: o aborto) e somos muito antiquados para outras (ex.: a eutanásia). É mais “humano” deixar as pessoas a sofrer até chegar a hora, quando a morte é inevitável..enfim

RESPONDER

Juventus: FC Porto deverá ter Dybala pela frente (durante 30 minutos)

Uma das figuras do campeão italiano pode reduzir a lista longa de lesionados no plantel. E o regresso deverá acontecer contra o campeão português. Paulo Dybala continua fora dos jogos da Juventus mas há uma data …

A Via Láctea pode estar cheia de "Terras" (com oceanos e continentes)

Uma equipa de investigadores da Universidade da Dinamarca acredita que a Via Láctea pode estar cheia de planetas semelhantes à Terra, com oceanos e continentes. Há muito tempo que os astrónomos vasculham o vasto Universo na …

Podem as leis da Física refutar a existência de Deus?

Se existe um Deus que criou todo o universo e todas as leis da Física, Deus segue as suas próprias leis? Ou pode Deus substituir as suas leis, como viajar mais rápido do que a …

Covid-19. Perda de olfato e paladar pode durar até cinco meses

A perda dos sentidos do olfato e do paladar pode durar até cinco meses depois da infeção por covid-19, segundo um estudo preliminar dado a conhecer esta terça-feira, sendo os resultados definitivos apresentados em abril, …

Na Florida, duas mulheres disfarçaram-se de idosas para serem vacinadas contra a covid-19

Na Florida, duas mulheres disfarçaram-se de idosas para conseguirem receber a segunda dose da vacina contra a covid-19, mas foram "apanhadas". De acordo com a CBS News, duas mulheres foram "apanhadas" a tentar obter as segundas …

O Rei Leão. Teoria que nasceu no TikTok sugere que Mufasa foi vítima de canibalismo

Christian Jones, um fã do filme de animação O Rei Leão, partilhou no TikTok uma teoria intrigante sobre a história da Disney. No filme O Rei Leão, o leão patriarca Mufasa é assassinado e substituído pelo seu …

Gérard Depardieu indiciado por violação e agressão sexual

Gérard Depardieu foi acusado de "violação" e "agressão sexual" de uma jovem atriz e bailarina em Paris, atos que terão ocorrido nos dias 7 e 13 de agosto de 2018. O ator francês Gérard Depardieu foi …

Uma experiência artística imersiva. Abriu em Las Vegas um supermercado psicadélico

A mercearia mais excecional dos Estados Unidos já abriu. O Omega Mart baseia-se numa experiência artística imersiva, criada pela empresa de artes e entretenimento Meow Wolf, e está agora oficialmente aberto no complexo de artes …

A imensa erupção do Etna surpreendeu até quem estuda vulcões

Há mais de uma semana que o vulcão Etna tem vindo a expelir lava, cinzas e rochas vulcânicas. Aquele que é considerado o vulcão mais ativo da Europa foi o protagonista dos últimos dias na …

Fotógrafo descobre raro pinguim amarelo na Geórgia do Sul

O pinguim amarelo foi fotografado na Geórgia do Sul, em dezembro de 2019, e as fotografias do animal estão agora a correr o mundo. Especialistas estão divididos sobre a causa desta condição rara. Este raro pinguim …