Escritor-fantasma de Sócrates e blogger admitem contrato fictício com Rui Mão de Ferro

André Kosters / Lusa

O alegado autor da tese de mestrado de José Sócrates, Domingos Farinho, admitiu nunca ter trabalhado para Rui Mão de Ferro apesar de ter formalizado com o empresário uma prestação de serviços de “consultadoria jurídica”.

De acordo com o Público, o professor na Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa e antigo assessor no governo de Sócrates, disse nesta segunda-feira, no Tribunal Central de Instrução Criminal, em Lisboa, que nunca referiu o nome de José Sócrates nos contactos com Rui Mão de Ferro, administrador de várias empresas de Carlos Santos Silva, amigo do antigo primeiro-ministro.

O professor, que o Ministério Público entende ser o escritor-fantasma de Sócrates, recusou responder a algumas perguntas invocando o direito de não se auto-incriminar. Isto porque os cerca de 55 mil euros que recebeu entre dezembro de 2013 e outubro de 2014 foram pagos em nome da sua mulher, Jane Kirkby.

Assim, o Ministério Público está não só a avaliar se a prestação de serviços para Rui Mão de Ferro era fictícia, como também se houve crime de peculato por estar a receber dinheiro de Sócrates em nome da mulher apesar de ter um contrato de regime de exclusividade com a faculdade.

Numa situação equivalente, mas numa investigação independente, está o blogger António Manuel Costa Peixoto. Afirmou ter assinado um contrato de prestação de serviços com Rui Mão de Ferro — apesar de nunca ter trabalhado para ele —, disse nunca ter falado de Sócrates neste processo, usou o filho António Mega Peixoto para passar recibos em seu nome e invocou o direito de não se auto-incriminar.

António Peixoto era funcionário na Câmara Municipal de Oeiras quando, alegadamente, terá recebido dinheiro do antigo primeiro-ministro por intermédio de Rui Mão de Ferro. O regime de exclusividade a que estava sujeito, justificam que tenha optado por fazer o contrato de prestação de serviços em nome do filho.

Os 79 mil euros pagos entre 2012 e 2014 terão servido, entre outras coisas, para pagar as intervenções de Miguel Abrantes (pseudónimo de António Manuel Costa Peixoto) no blogue “Câmara Corporativa”.

As publicações de Miguel Abrantes era conhecidas por atacarem quem criticasse as medidas do governo de Sócrates. “Redigia e publicava nesse blogue textos nos quais veiculava as posições pessoais de José Sócrates, de acordo com os interesses políticos deste”, lê-se no despacho do MP.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Pela primeira vez, os norte-americanos querem mais imigração - e não menos

Pela primeira vez, os norte-americanos querem ver aumentar a imigração no seu país, escreve o Business Insider citando uma sondagem da Gallup. De acordo com os números apresentados pelo jornal norte-americano, 34% dos cidadãos dos …

Porto 5-0 Belenenses | Segunda parte demolidora no Dragão

O FC Porto respondeu de forma categórica à vitória do Benfica sobre o Boavista por 3-1 na noite de sábado. Na recepção ao Belenenses, os “azuis-e-brancos” golearam por expressivos 5-0, com quatro golos a serem apontados …

Foi exposto o primeiro núcleo exoplanetário. Pode pertencer a gigante gasoso "planeta falhado"

Astrónomos da Universidade de Warwick descobriram o núcleo sobrevivente de um gigante gasoso em órbita de uma estrela distante, oferecendo uma visão sem precedentes do interior de um planeta. O núcleo, que é do mesmo tamanho …

As águas profundas provocam terramotos e tsunamis (e já se sabe como)

Uma nova investigação vincula diretamente o ciclo da água na Terra com a produtividade magmática e a atividade sísmica. A água (H2O) e outros elementos voláteis (como o CO2 e o enxofre) que circulam nas profundezas …

Cidade japonesa acaba de proibir a utilização de telemóveis enquanto se caminha

A cidade japonesa de Yamato acaba de aprovar uma proposta de lei que proíbe as pessoas de utilizarem telemóveis enquanto caminham. A cidade, localizada num subúrbio de Tóquio, entende que os telemóveis são um risco …

MIT apagou base de dados popular que ensinou IA a ser racista e sexista

O Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), nos Estados Unidos, viu-se obrigado apagar uma base de dados de treinamento de Inteligência Artifical (IA) depois de esta ensinar vários algoritmos a usar insultos racistas e sexistas. …

Escola Básica e fábrica de Paços de Ferreira encerradas, com nove casos positivos

A Escola Básica n.º 2 e a Fábrica de Lacados Abrelac, em Paços de Ferreira, Porto, foram encerradas após diagnosticados nove casos de covid-19 para “prevenção” e para “interromper as cadeias de transmissão”, disseram hoje …

Mais nove mortes e 328 casos confirmados em Portugal

Portugal regista hoje mais nove óbitos por covid-19, em relação a sábado, e mais 328 casos de infeção confirmados, dos quais 254 na região de Lisboa e Vale do Tejo, segundo os dados da Direção-Geral …

Cientistas criam miniatura de ondas de choque de supernovas (e quase desvendam um mistério)

Esta versão em miniatura das ondas de choque das supernovas pode ter ajudado os cientistas a chegar muito perto da resolução de um antigo mistério cósmico. Uma equipa de investigadores do Departamento de Energia do Centro …

Na Indonésia, são os recém-licenciados quem mais vai sofrer com o impacto económico da covid-19

A covid-19 continua a desacelerar a economia na Indonésia e pode causar graves impactos nos recém-licenciados que entram no mercado de trabalho pela primeira vez. Na Indonésia, o crescimento económico diminuiu para 2,97% durante o primeiro …