Escócia ameaça com independência do Reino Unido se o Brexit avançar

Scottish Government / Flickr

Nicola Sturgeon, primeira-ministra da Escócia

A independência da Escócia do Reino Unido está “claramente à vista”, alerta a primeira-ministra escocesa, Nicola Sturgeon, realçando que o ‘Brexit’ e a “incompetência” do governo britânico reforçaram esse desejo de construir um país independente.

Durante o seu discurso de encerramento do congresso anual do Partido Nacionalista Escocês (SNP), realizado em Glasgow, Nicola Sturgeon realçou que está “mais confiante do que nunca de que a Escócia será independente“.

A primeira-ministra referiu que a vitória do ‘Brexit’ no referendo de 2016 e a gestão das negociações para a saída da União Europeia do executivo conservador de Theresa May, “mostraram os motivos pelos quais a Escócia precisa ser independente”.

“Penso no quanto poderíamos fazer mais, livres do caos e da incompetência de Westminster”, salientou Nicola Sturgeon, acrescentando que a esperança será maior quando a Escócia “tiver o seu futuro nas mãos e se torne num país independente”.

“Temos de mostrar às pessoas que com os poderes da independência, podemos concretizar plenamente o vasto potencial do nosso país”, acrescentou.

Colocando a independência como “o oposto do Brexit”, a primeira-ministra escocesa notou que a saída da União Europeia representa “o virar para dentro, levantando a ponte levadiça, recuando do mundo”. “A independência é sobre ser aberto, sobre olhar para fora, aspirando por desempenhar o nosso papel integral no mundo em redor “, referiu Nicola Sturgeon.

Em 2014, 55% dos escoceses escolheram permanecer no Reino Unido num referendo, mas admite-se a possibilidade de realizar uma segunda consulta pública.

A líder escocesa sublinhou que os 35 membros do seu partido no Parlamento britânico, em Westminster, vão apoiar a realização de um novo referendo sobre o ‘Brexit” se esta hipótese surgir, mas disse que não há “garantias” de que uma outra votação possa levar a um resultado diferente do de 2016.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

9 COMENTÁRIOS

  1. Outra vez, Escócia?… Já pareces Pedro e os Lobos. Já quando foi a votação disseram isso e não vi nada.
    Não há meio de acabarem com esta pantominice do Brexit. A May não faz novo referendo porque tem medo de que isso rebente com o partido conservador de vez e crie tumultos sociais entre os brexiteers ressabiados. A Sturgeon ameaça, ameaça… Mas o referendo de independência da Escócia também ficou prás calendas Gregas.

    Epá… Digam mas é de uma vez que isto Brexit era para os apanhados, que é a melhor maneira de descalçar a bota.

    • A Escócia esteve muito perto da independência, só não obtiveram por a GB ofereceu mais direitos e porque a união Europeia lhes proibiu o acesso directo por culpa da pressão inglesa.
      Basicamente se obtivessem independência estariam automaticamente fora da Europa e teriam de iniciar o processo todo outra vez, assim que votaram não para ficar na Europa e agora …

      • Isso!!
        A Escócia só não saiu do Reino (des)Unido porque, no referendo, foram “condicionados” a votar no “remain” (porque, se saíssem, ficariam fora da UE) – agora o RU sai da EU e (claro que) volta tudo à “estaca zero”!…
        Portanto, isto é completamente natural, lógico e previsível!!

  2. Não sei como pode a Srª. Sturgeon avançar para um novo referendo sobre a independência, se para tal necessita do aval de Westminster. Ora Westminster já disse que não aprovaria legislação que permitisse a Escócia avançar para um novo referendo.
    O Reino Unido vai deixar a UE e a Escócia deixará a UE com ele quer queira ou não porque o seu povo desperdiçou a oportunidade que teve de falar pela sua voz.

    • Pois mas quando falaram as variáveis eram outras. O amigo parece esquecer-se que muitos terão votado a favor da permanência no Reino Unido precisamente porque se saíssem do Reino Unido teriam de sair também da União Europeia!!! A maioria, ainda que por poucos votos, quis permanecer na União Europeia e no Reino Unido. Mas agora o Reino Unido vai sair da União Europeia. Logo um novo referendo é totalmente legítimo e está totalmente justificado.
      Anda distraído o amigo!

    • Errado!!
      Não necessitam de “aval” nenhum; antes pelo contrário!!
      Porque, como é sabido, os escoceses SÓ votaram na “permanência” para ficarem na UE; se agora o Reino (des)Unido vai sair da UE, é fácil concluir que eles tem toda a legitimidade para mandar o RU ir dar uma volta!…

  3. Fernando Pessoa
    Primeiro: O DOS CASTELOS
    Primeiro

    O DOS CASTELOS

    A Europa jaz, posta nos cotovelos:

    De Oriente a Ocidente jaz, fitando,

    E toldam-lhe românticos cabelos

    Olhos gregos, lembrando.

    O cotovelo esquerdo é recuado;

    O direito é em ângulo disposto.

    Aquele diz Itália onde é pousado;

    Este diz Inglaterra onde, afastado,

    A mão sustenta, em que se apoia o rosto.

    Fita, com olhar esfíngico e fatal,

    O Ocidente, futuro do passado.

    O rosto com que fita é Portugal.

RESPONDER

Bairros de lata são incubadoras de covid-19, mas ninguém ajuda os milhões que lá vivem

Bairros de lata, como as favelas, são consideradas incubadores de covid-19. No entanto, pouca atenção lhes tem sido dada na resposta à pandemia. Tendo devastado algumas das cidades mais ricas do mundo, a pandemia do novo …

Morreu Saturn, o jacaré que sobreviveu a um bombardeamento da II Guerra (e que se diz que pertenceu a Hitler)

Saturn, um jacaré norte-americano de 84 anos, morreu esta sexta-feira no jardim zoológico de Moscovo, na Rússia, anunciou a instituição na sua conta de Facebook, dando conta que o animal morreu de velhice. O réptil …

Antiviral Remdesivir pode ser eficaz no combate à covid-19

O antiviral Remdesivir é eficaz contra a covid-19 caso seja administrado antes dos pacientes necessitarem de ventilação mecânica, indica um ensaio internacional com este medicamento, coordenado pelo Hospital Can Ruti, em Badalona, Barcelona, Espanha. Segundo um …

Há uma misteriosa ilha em Nova Iorque que quase ninguém pode visitar (e está abandonada)

A menos de 1,6 quilómetros de Manhattan, em Nova Iorque, localiza-se uma misteriosa ilha abandonada há mais de meio século. É preciso ter autorização do New York City Department of Parks and Recreation para visitar …

Israel não vai desperdiçar "oportunidade histórica" para anexar a Cisjordânia

O primeiro-ministro israelita Benjamin Netanyahu voltou a defender hoje a anexação de partes da Cisjordânia nos próximos meses e em prosseguir este polémico plano, apesar do crescente coro de condenações de diversos aliados. Os palestinianos, e …

Zlatan Ibrahimovic lesiona-se e deixa carreira em risco

No treino com vista ao regresso da Liga italiana, Zlatan saiu a coxear do centro de treinos, com os milaneses a explicarem que exames vão determinar se se trata de lesão no gémeo ou tendão …

Há uma orquestra presa num palácio da Alemanha há 75 dias

Um grupo de músicos bolivianos, que pertencem à Orquestra Experimental de Instrumentos Nativos, está confinado no Palácio Rheinsberg, na Alemanha, há cerca de 75 dias devido à pandemia de covid-19. No início de março, os membros da …

Bolsonaro diz ter imagem negativa no exterior porque a imprensa "é de esquerda"

O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, disse hoje que a sua imagem no exterior é negativa porque a imprensa mundial é de esquerda, enquanto falava com apoiantes junto ao Palácio da Alvorada, em Brasília. "A imprensa …

Líderes vodu do Haiti preparam templos para tratar infetados com covid-19

Líderes de vodu do Haiti pediram aos padres da religião afro-caribenha para criar um remédio secreto que servisse de tratamento contra o novo coronavírus. Aos religiosos foi também pedido que preparassem as câmaras sagradas de …

Centros comerciais e lojistas dizem-se preparados para reabrir em junho

Os centros comerciais e lojistas asseguram estar preparados para reabrir em pleno em 1 de junho, apelando à não discriminação face aos restantes espaços de retalho, mas pedem medidas que travem o impacto da pandemia …