Escócia espera regressar à União Europeia como nação independente

Scottish Government / Flickr

Nicola Sturgeon, primeira-ministra da Escócia

A primeira-ministra escocesa espera que a Escócia consiga a independência e possa aderir à União Europeia, sublinhando que o Brexit foi contra a vontade dos escoceses expressa em referendo em 2016.

“Estamos agora a passar por um Brexit duro contra a nossa vontade, no pior momento possível, no meio de uma pandemia e recessão económica”, lamentou Nicola Sturgeon numa intervenção na página oficial do seu partido pró-independência, o SNP, dois dias após a saída do Reino Unido do mercado único europeu e da união aduaneira.

A primeira-ministra reiterou a sua determinação em realizar um novo referendo sobre a independência escocesa, após o que perdeu em 2014, quando 55% dos escoceses disseram “não” à separação do Reino Unido.

A decisão de convocar o referendo cabe ao primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, que o recusa firmemente. No entanto, uma grande vitória do SNP nas eleições locais de maio próximo aumentaria a pressão sobre Londres para aceitar uma nova consulta.

De acordo com a última sondagem realizada para o jornal The Scotsman, em meados de dezembro, 58% dos escoceses apoiam agora uma rutura com o Reino Unido, um número sem precedentes.

“Como membro independente da União Europeia, a Escócia seria um parceiro e poderia construir pontes – não apenas para a construção de uma economia mais forte e uma sociedade mais justa, mas para facilitar as relações entre a UE e o Reino Unido”, argumentou Sturgeon.

Enquanto os britânicos no seu conjunto votaram 51,9% a favor do Brexit em 2016, 62% dos escoceses manifestaram-se contra a saída da UE.

“Durante os nossos quase 50 anos de filiação, temos beneficiado enormemente das liberdades do mercado único, incluindo a liberdade de circulação. Mais de 230 mil pessoas de toda a Europa fizeram da Escócia a sua casa”, disse Sturgeon, explicando que “são amigos e família” e que querem “realmente que eles fiquem”.

“[Com a saída da UE, “os nossos cidadãos estarão menos seguros e o seu direito de trabalhar, estudar e viver noutros locais da Europa será cerceado”, lamentou, salientando que dois mil escoceses participaram, no ano passado, no programa de intercâmbio universitário Erasmus, que o Governo britânico abandonou e substituiu pelo seu próprio programa internacional.

“Não queríamos partir e esperamos juntar-nos a vocês logo que sejamos um parceiro igual”, concluiu Sturgeon.

O Brexit tornou-se efetivo às 23h00 de dia 31 de dezembro, quase um ano depois de o Reino Unido ter oficialmente deixado a União Europeia, a 31 de janeiro de 2020, na sequência do referendo popular de 2016.

Um novo Acordo de Comércio e Cooperação, concluído em 24 de dezembro, entrou em vigor às 23h00 (a mesma hora em Londres e meia-noite em Bruxelas), para suceder ao período de transição pós-Brexit, durante o qual o Reino Unido manteve acesso ao mercado único e o respeito pelas regras europeias.

Rompidos os últimos laços de uma relação de quase 50 anos, o acordo garante o acesso mútuo dos produtos aos dois mercados sem quotas nem taxas aduaneiras, mas passam a existir uma série de barreiras comerciais, como mais controlos aduaneiros e burocracia nas transações económicas.

O Reino Unido deixa de estar sujeito ao Tribunal Europeu de Justiça e passa a determinar a política nacional de imigração, que agora vai tratar os europeus como qualquer cidadão estrangeiro. Os britânicos perdem a liberdade de circulação na UE e o acesso a vários programas comunitários.

Lusa // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Autarcas e bombeiros exigem que Governo mantenha SIRESP a funcionar

As declarações do presidente da Altice Portugal de que o SIRESP ia "acabar a 30 de junho" fizeram soar os alarmes. Autarcas e bombeiros querem que o Governo mantenha a rede de emergência. Na quarta-feira, em …

Carlos Carreiras anuncia "vacina portuguesa" e causa mal-estar no Governo

O presidente da Câmara de Cascais afirmou que, "em completa articulação com o Governo", garantiu a compra e inclusive a cedência da patente de uma vacina para produzir na Área Metropolitana de Lisboa. Esta quarta-feira, num …

Pela primeira vez, Japão admite cancelar Jogos Olímpicos

O Japão admitiu pela primeira vez esta quinta-feira que o cancelamento dos Jogos Olímpicos, adiados desde o verão passado e com arranque marcado para 23 de julho, continua a ser uma hipótese em cima da …

Ataque de Sócrates ao PS é uma "tremenda injustiça". Costa não é um "traidor", diz Ana Catarina Mendes

A líder parlamentar do PS, Ana Catarina Mendes, criticou as declarações de José Sócrates que, em resposta a Fernando Medina, atacou a direção do partido. Em entrevista à TVI, na noite desta quarta-feira, José Sócrates respondeu …

Guardiola iguala recorde de Mourinho na Liga dos Campeões

Pep Guardiola igualou o recorde de presenças nas meias-finais da Liga dos Campeões. O espanhol tem agora as mesmas oito presenças de José Mourinho. Há muito tempo que Pep Guardiola enfrentava dificuldades nos quartos de final …

Responsável pela acusação da Operação Marquês fica fora da lista de promoções do MP

O procurador Rosário Teixeira, responsável pela acusação da Operação Marquês, não figura entre os candidatos da lista de promoções do Ministério Público — e já recorreu da decisão. O Conselho Superior do Ministério Público (CSMP) aprovou …

Investigação a ligações entre PJ e Doyen só ouviu 2 testemunhas antes de ser arquivada

A investigação a alegadas ligações entre um inspetor da PJ e representantes da Doyen, foi arquivada após apenas terem sido ouvidas duas testemunhas. A denúncia sobre estas alegadas ligações chegou da então eurodeputada Ana Gomes. Foi …

Depois de Benfica e Sporting, Beto também interessa ao FC Porto

Depois do interesse de Benfica e Sporting, o FC Porto também está atento a Beto, o avançado do Portimonense que tem dado cartas esta temporada. Se pensava que esta ia ser uma corrida de dois cavalos …

Depois de uma emergência a contragosto, decidem-se as medidas para a 3.ª fase do desconfinamento

Esta quinta-feira, o Conselho de Ministros decide se o desconfinamento avança na próxima segunda-feira. Em causa está o avanço da terceira fase como previsto, a estagnação dos concelhos de maior risco na segunda fase ou …

"O culpado sou eu". Abel Ferreira perde Supertaça sul-americana nos penáltis

O Palmeiras, de Abel Ferreira, falhou na quarta-feira a conquista da Supertaça sul-americana de futebol, ao perder com o Defensa y Justicia no desempate por grandes penalidades (3-4), depois do desaire por 2-1 nos 120 …