Erupção vulcânica submarina origina nova ilha no Oceano Pacífico

Lauren Dauphin / NASA Earth Observatory

A erupção originada pelo Home Reef. em setembro de 2022

Uma nova ilha surgiu no Sudoeste do Oceano Pacífico após a erupção de um vulcão submerso, a 10 de setembro.

Apenas onze horas após o vulcão entrar em erupção, uma nova ilha surgiu acima da superfície da água, informou a NASA, que capturou imagens através de satélites.

A ilha recém-nascida cresceu rapidamente, de acordo com a agência espacial norte-americana. Em 14 de setembro, pesquisadores dos Serviços Geológicos de Tonga estimaram que esta tinha 4.000 metros quadrados. Em 20 de setembro, já contava com 24.000 metros quadrados.

A nova ilha fica no monte submarino Home Reef nas Ilhas Centrais de Tonga, a Sudoeste da Ilha Late.

O vulcão Home Reef ainda estava em erupção na sexta-feira, de acordo com uma publicação dos Serviços Geológicos de Tonga. Mas a sua atividade “representa um baixo risco para a Comunidade de Aviação e para os moradores de Vava’u e Ha’apai”, dois grupos de ilhas no centro de Tonga, declarou a NASA.

A agência acrescentou que não havia “cinza visível nas últimas 24 horas”, mas que “todos os marinheiros” devem “navegar além de 4 quilómetros do Home Reef até novo aviso”.

De acordo com o Science Alert, a última vez que o Home Reef originou uma nova ilha foi em 2006. Desde 1852, isso aconteceu em cinco ocasiões, tendo algumas das ilhas atingindo entre 50 e 70 metros de altura.

O Home Reef situa-se numa região do Oceano Pacífico conhecida como zona de subducção Tonga-Kermadec. A formação das placas Kermadec e Tonga começou há cerca de 4 a 5 milhões de anos. A placa do Pacífico desliza rapidamente sob estas, a uma velocidade de cerca de 24 centímetros por ano.

A fossa formada entre Kermadec e Tonga e a placa do Pacífico abriga a segunda fossa mais profunda do mundo, com cerca de 10.800 metros, bem como a cadeia mais longa de vulcões submersos.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.