Erro da Segurança Social está a prejudicar pensionistas

Manuel de Almeida / Lusa

O ministro do Trabalho, da Solidariedade e da Segurança Social, José António Vieira da Silva

A Segurança Social está a calcular de forma errada as reformas de alguns pensionistas, pagando valores inferiores ao devido, por causa de uma má interpretação da legislação, como alerta o Tribunal de Contas.

O parecer do Tribunal de Contas (TdC) à Conta Geral do Estado de 2017 e da Segurança Social, divulgado quarta-feira, aponta que as pensões de invalidez do regime especial e as pensões antecipadas, em situações de desemprego de longa duração, estão a ser pagas abaixo dos valores devidos, conforme dá nota a Rádio Renascença.

No caso das pensões de invalidez do regime especial, o erro da Segurança Social (SS) verifica-se “sempre que a pensão ultrapasse 12 vezes o Indexante de Apoios Sociais (IAS)”, refere a Rádio. Em causa está uma má interpretação da legislação, segundo o TdC.

Relativamente às pensões antecipadas, a SS “reconhece o erro e garante que vai corrigir os cálculos”, nota a Renascença.

Já no caso das pensões mínimas garantidas, o problema prende-se com o facto de a SS estar a fazer as contas do Estado por baixo. O TdC alerta que os cálculos devem ser feitos de modo a favorecer o beneficiário.

“É necessário estar vigilante”

Durante a apresentação do parecer sobre a Conta Geral do Estado de 2017, o presidente do TdC, Vítor Caldeira, alertou também para riscos na sustentabilidade das Finanças Públicas associados “ao volume da dívida pública” e ao peso das pensões.

“É necessário estar vigilante pelas expectativas estarem altas” sobre um possível excedente primário e devido à possível “subida das taxas de juro” e à “conjuntura externa”, sublinhou Vítor Caldeira.

Em 2017, a receita efectiva “atingiu mais de 74 mil milhões de euros e a despesa efectiva os 77 mil milhões“, o que fez com que a redução do défice, de 2,8 mil milhões de euros, se traduzisse numa redução “na ordem dos 40%”, disse o presidente do TdC.

Relativamente à SS, Vítor Caldeira salientou o desempenho “também positivo”, com receitas superiores a 32 mil milhões de euros e “custos efectivos suportados na ordem dos 29 mil milhões”.

Em termos de encargos com responsabilidades contingentes relativos a medidas de resolução, foram de 3,8 mil milhões de euros, “sendo que os apoios públicos ao sector financeiro atingiram 2,9 mil milhões de euros”, disse.

A dívida pública consolidada, “apesar de ter descido” em termos de percentagem do Produto Interno Bruto (PIB), “em termos nominais cresceu 235,7 mil milhões de euros”, afirmou ainda.

A Conta Geral do Estado apresenta “um número significativo de omissões”, já que “não reflecte todo o universo de informação financeira que deveria”, realçou Vítor Caldeira, salientando as necessidades de “todas as unidades do perímetro” do Estado serem tidas em conta, bem como “todo o ‘stock‘ da dívida”, e de ser feito um “inventário do património do Estado”.

O parecer do TdC emite “um juízo com reservas ao nível da legalidade, da correcção financeira e do controlo interno”, formulando 60 recomendações para “suprir deficiências”, 18 das quais são novas para 2017 e as restantes 42 reiteradas.

O Tribunal analisou ainda que o Orçamento do Estado de 2017 foi alterado significativamente ao longo do ano, o que agravou o défice da administração central em 972 milhões de euros.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

  1. estou farto desta geringonça, é tudo mas tudo ao deus dará, fora com esta gente que não sabem o que andam a fazer, a não ser para ganhar votos fazem tudo, vão para a venezuela que é onde pertençem.

    • Não sei se a resposta era para mim, mas “Portugal” escreve-se com letra maiúscula e “pertencem” não leva cedilha!!
      Mais respeito pela Língua Portuguesa que também faz parte do património do país!

RESPONDER

Fogos na Sertã dominados. Chamas ainda descontroladas em Vila de Rei e Mação

O Comandante do Agrupamento Centro Sul da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil, Belo Costa, disse esta manhã de domingo, que as Forças Armadas estão no terreno com máquinas de rastos, bem como a …

Cemitérios verdes. Especialista britânico sugere enterrar mortos à beira da estrada

O especialista britânico sugere que se use os espaços ao lado das estradas, ferrovias e passeios como "corredores funerários" amigos do ambiente. Uma vez que a ciência ainda não encontrou forma de nos tornar imortais, encontrar …

Consumo de proteínas e laticínios pode ajudar a reduzir risco de diabetes

Cientistas associaram um maior consumo de proteínas e laticínios a um menor risco de diabetes. Em contrapartida, alimentos ricos em calorias foram ligados a um maior risco de diabetes. A diabetes é um problema de saúde …

Médicos alertam: técnica de tapar a boca com fita-cola para dormir melhor é perigosa

Chama-se "buteyko" e consiste em encontrar formas de respirar melhor pelo nariz, entre as quais fechar a boca enquanto dormimos. A tendência está a gerar um debate entre os médicos, que consideram esta técnica perigosa. Foi …

Incentivos financeiros ajudam pessoas a deixar de fumar

Fumar mata um em cada dois fumadores ávidos, mas desistir leva a grandes melhorias na saúde, aumento da esperança de vida e poupança de custos com cuidados de saúde. Pagar às pessoas para pararem de …

Há uma coisa simples que podemos fazer para combater as alterações climáticas: falar sobre o problema

A preocupação com as alterações climáticas pode ser muitas vezes um fardo solitário, mas a verdade é que não precisa de ser assim. De acordo com um novo estudo, simplesmente falar sobre o assunto com …

Em busca das duas princesas alemãs. Vaticano analisa ossários após encontrar túmulos vazios

Os trabalhos começaram esta manhã no cemitério que fica dentro das muralhas do Vaticano e foram analisados os restos dos dois ossários, explicou o porta-voz interino da Santa Sé, Alessando Gisotti. Os ossários estavam perto dos …

Miguel Pinto Lisboa é o novo presidente do Vitória de Guimarães

Miguel Pinto Lisboa foi eleito, este sábado, o novo presidente do Vitória de Guimarães, avança a imprensa portuguesa. Os números ainda não são oficiais, mas as primeiras projeções indicam que o candidato de 47 anos da …

Incêndios em Castelo Branco e Santarém. Há quatro bombeiros feridos, um em estado grave

Dois incêndios em Castelo Branco estão a mobilizar mais de 500 operacionais e 15 meios aéreos. Há estradas cortadas e aldeias evacuadas. Dois incêndios em povoamento florestal, todos no distrito de Castelo Branco, um no município …

"É contra a vontade de Deus". Família que se recusou a pagar impostos é condenada na Austrália

Uma família cristã australiana recusou-se a pagar impostos, alegando que é "contra a vontade de Deus". Em tribunal, o juiz obrigou a pagar 1,3 milhões de euros. Em 2017, na Tasmânia, uma família cristã não pagou …